• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2013.tde-06022014-084920
Documento
Autor
Nome completo
Graziella Ulbricht Benvenga
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Oliveira, Trícia Maria Ferreira de Sousa (Presidente)
Baldani, Cristiane Divan
Keid, Lara Borges
Título em português
Ocorrência de Leishmania spp. em cães, gatos e equinos no Estado de São Paulo
Palavras-chave em português
Leishmania spp.
Cães
Equinos
Gatos
Suabe conjuntival
Resumo em português
Cães, gatos e equinos domésticos podem ser importantes reservatórios de agentes infecciosos potencialmente zoonóticos, podendo-se destacar entre eles as leishmanioses. Por esse motivo, torna-se necessário aprimorar o conhecimento sobre essas enfermidades, estudando mais detalhadamente sua ecoepidemiologia, importante fonte de informações para a tomada de decisões com relação ao controle das mesmas. O presente estudo objetivou verificar a ocorrência de Leishmania spp. em cães, gatos e equinos procedentes de regiões endêmicas e não endêmicas do estado de São Paulo, por meio dos testes diagnósticos Imunofluorescência Indireta (RIFI) e Reação em cadeia pela Polimerase (PCR) e objetivou também comprovar a eficácia da PCR realizada com DNA extraído de amostras de suabe da conjuntiva ocular de gatos e equinos. Foram encontrados cães infectados por Leishmania spp. em Itapecerica da Serra, São Lourenço da Serra e São Paulo, com freqüências de 3,12% (1/32) (PCR de suabe), 10% (1/10) (PCR de suabe) e 1,72% (02/116) (PCR de suabe) / 6,89% (08/116) (PCR de sangue), respectivamente. As amostras analisadas dos gatos provenientes dos municípios de Pirassununga e São Lourenço da Serra, foram positivas para Leishmania spp., com frequências de 28,57% (02/07) (PCR de suabe) / 28,57% (02/07) (RIFI) e 33,33% (1/3) (RIFI) respectivamente. Equinos infectados por Leishmania spp. foram verificados nas cidades de Bragança Paulista e Ilha Solteira, com frequências de 100% (14/14) (PCR de sangue) e 90% (36/40) (PCR de suabe)/ 100% (40/40) (PCR de sangue)/ RIFI 2,5% (01/40) respectivamente. Os resultados demonstram a presença de Leishmania spp infectando cães, gatos e equinos no Estado de São Paulo e que o suabe de conjuntiva ocular foi capaz de detectar gatos e equinos infectados. A coleta de amostras da conjuntiva ocular mostrou-se de fácil execução em felinos, mas nem tanto em equinos, quando comparado à coleta de sangue.
Título em inglês
Occurrence of Leishmania spp. in dogs, cats and horses of São Paulo State
Palavras-chave em inglês
Leishmania spp.
Cats
Conjunctival swab
Dogs
Horses
Resumo em inglês
Domestic dogs, cats and horses can be important reservoirs of potential zoonotic agents, as leishmaniasis diseases. Therefore it is necessary improving knowledge on these diseases by studying the ecoepidemiology of leishmaniasis, which is an important source to make decisions on the disease control. The present study aimed to verify the occurrence of Leishmania spp. in dogs, cats and horses from endemic and non-endemic regions from São Paulo State using diagnostics tests as Indirect Immunofluorescence Test (RIFI) and Polymerase Chain Reaction (PCR), and to study the efficacy of the PCR protocol on DNA extracted from ocular conjunctival swab samples from cats, dogs and horses. Leishmania spp. was found in dogs from Itapecerica da Serra, São Lourenço da Serra and São Paulo with frequencies of 3,12% (1/32) (swab PCR), 10%(1/10) (swab PCR) and 1,72% (02/116) (swab PC)/ 6,89% (08/116) (blood PCR) respectively. The cats samples analyzed from Pirassununga and São Lourenço da Serra were positive for Leishmania spp. showing frequencies of 28,57%(02/07) (swab PCR)/ 28,57%(02/07) (RIFI) and 33,33%(1/3) (RIFI) respectively. Leishmania spp. infected horses were detected in Bragança Paulista and Ilha Solteira cities with frequencies of 100% (14/14) (blood PCR) and 90% (36/40) (swab PCR)/ 100% (40/40) (blood PCR)/ RIFI 2,5% (01/40) respectively. Results demonstrated the presence of Leishmania spp infection in dogs, cats and horses from São Paulo and that is possible detect Leishmania spp. DNA in ocular conjunctival swab from infected cats and horses. Colect samples from ocular conjuntiva is more easily made in felines than horses, when compared to blood sample collection.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-02-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.