• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.10.2020.tde-28062019-151816
Documento
Autor
Nome completo
Elaine Renata Motta de Almeida
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Hueza, Isis Machado (Presidente)
Camargo, Jaci Clea de Carvalho
Gotardo, André Tadeu
Título em português
Avaliação da possível utilização de anti-inflamatórios em substituição aos antibióticos como promotores de crescimento em frangos de corte
Palavras-chave em português
Aditivo alimentar
Avicultura
Bactérias multirresistentes
Resumo em português
Os antimicrobianos utilizados como aditivos zootécnicos melhoradores de desempenho têm sido banidos da pecuária, pois estão relacionados à ocorrência de resistência bacteriana. O mecanismo de ação é ainda desconhecido. Acredita-se que promovam diminuição da inflamação do trato gastrointestinal. Assim, o uso de anti-inflamatórios não esteroidais (AINE) poderia promover o melhor desempenho das aves? Elegeu-se neste estudo três AINE: ibuprofeno (IBF), salicilato de sódio (SS) e meloxicam (MLX), para avaliação da melhoria no desempenho das aves, e seus possíveis efeitos tóxicos. Para tal, foram utilizados 40 frangos de corte de 1 dia de idade (DI) distribuídos em 4 grupos (n=10/grupo/AINE) a saber: grupo controle (CO) e 3 tratados com IBF, SS ou MLX, com as doses de 2,5; 5,0 ou 10,0 mg/kg de IBF ou de SS, e nas doses de 0,1; 0,2 ou 0,4 mg/kg de MLX, adicionados na ração, diariamente, por 42 dias. Avaliou-se o consumo de ração (CR) e o ganho de peso (GP), bem como o hemograma, bioquímica sérica, e histopatologia das aves. Em relação ao GP e ao CR, não foram encontradas diferenças entre todos os grupos estudados. Nas aves tratadas com o IBF, aos 21 DI houve eosinopenia apenas no grupo de 5,0 mg/kg, enquanto que aos 42 DI houve leucopenia e linfopenia no grupo de 10,0 mg/kg e diminuição de heterófilos nos grupos de 2,5 e 5,0 mg/kg. Aos 21 DI houve diminuição da ALT; aumento da albumina (ALB) e diminuição da globulina (GLOB) no grupo de 10,0 mg/kg. O ácido úrico aumentou aos 21 e 42 DI nos grupos de 5,0 e 10,0 mg/kg, e aos 42 DI houve diminuição da fosfatase alcalina (FA) no grupo de 2,5 mg/kg e aumento de LDH no grupo de 5,0 mg/kg. Nas aves tratadas com SS, aos 21 DI houve diminuição da AST e ALT dos grupos de 2,5 e 10,0 mg/kg; aumento da GGT e FA, ambas no grupo de 10 mg/kg, e aumento da ALB no de 2,5 mg/kg, enquanto que aos 42 DI houve diminuição na GGT, proteína e GLOB, nos grupos de 5,0 e 10,0 mg/kg. Nas aves do MLX, aos 21 DI, houve diminuição da hemoglobina no grupo de 0,4 mg/kg, linfopenia nos grupos de 0,1 e 0,4 mg/kg e aumento de heterófilos no grupo de 0,4 mg/kg. Ainda aos 21 DI houve diminuição da ALT em todos os grupos; aumento da FA no grupo 0,1 mg/kg; diminuição da glicose no grupo de 0,2 mg/kg e aumento da creatinina no grupo tratado com 0,4 mg/kg, enquanto que aos 42 DI houve aumento da glicose em todos os grupos; aumento da proteína dos grupos de 0,2 e 0,4 mg/kg; aumento da ALB no grupo de 0,2 mg/kg e aumento da GLOB nos grupos de 0,2 e 0,4 mg/kg. Assim, apesar do não comprometimento do GP e do CR, todos os AINE não promoveram melhora no desempenho das aves. Ainda, com os resultados obtidos do hemograma, bioquímica sérica e histopatologia, pode-se concluir que os AINE nas doses empregadas não promoveram toxicidade nas aves.
Título em inglês
Evaluation of the possible use of anti-inflammatory drugs in place of antibiotics as growth promoters in broiler chickens
Palavras-chave em inglês
Feed additive
Multiresistant bacteria
Poultry
Resumo em inglês
Antimicrobials used as performance enhancing zootechnical additives (PEZAs) have been banned from animal husbandry due to their relation with the occurrence of bacterial resistance. This mechanism of action is still unknown. It is believed to decrease gastrointestinal tract inflammation. Thus, could the nonsteroidal anti-inflammatory drugs (NSAIDs) use promote better performance in chickens? Three NSAIDs were chosen: ibuprofen (IBF), sodium salicylate (SS) and meloxicam (MLX), to evaluate the improvement in chickens' performance and their possible toxic effects. For this purpose, 40 1- day-old broiler chickens were used and divided into 4 groups (n=10/group/NSAIDs), namely: control group (CO) and 3 treated with IBF, SS or MLX, of 2,5; 5,0 or 10,0 mg/kg IBF or SS doses, and of 0,1; 0,2 or 0,4 mg/kg MLX doses, added to the feed daily for 42 days. Feed intake (FI) and weight gain (WG), as well as blood counts, serum biochemistry, and histopathology were evaluated. Regarding WG and FI, no differences were found between all the groups studied. The IBF-treated birds, at 21 days exhibited eosinopenia only in the 5,0 mg/kg group, while at 42 days there were leucopenia and lymphopenia in the 10,0 mg/kg group and heterophiles decreased in the 2,5 and 5,0 mg/kg groups. At 21 days there was ALT decrease; albumin increase (ALB) and globulin (GLOB) decrease in the 10,0 mg/kg group. Uric acid increased at 21 and 42 days in the 5,0 and 10,0 mg/kg groups, and at 42 days there was alkaline phosphatase (AF) decrease in the 2,5 mg/kg group and LDH increase in the 5,0 mg/kg group. In chickens treated with SS, at 21 days, there were AST and ALT decreases in the 2,5 and 10,0 mg/kg groups; GGT and AF increases in the 10,0 mg/kg group, and ALB increase in the 2,5 mg/kg group, while at 42 days there were GGT, protein and GLOB decreases, in the 5,0 and 10,0 mg/kg groups. In chickens treated with MLX, at 21 days there was hemoglobin decrease in the 0,4 mg/kg group, lymphopenia in the 0,1 and 0,4 mg/kg groups and heterophiles increases in the 0,4 mg/kg group. Still at 21 days, all groups showed ALT decrease; AF increase in the 0,1 mg/kg group; glucose decrease in the 0,2 mg/kg group and creatinine increase in the 0,4 mg/kg group, whereas at 42 days all groups showed glucose increase; protein increased in the 0,2 and 0,4 mg/kg groups; ALB increased in the 0,2 mg/kg group and GLOB increased in the 0,2 and 0,4 mg/kg groups. Thus, despite the non-compromising WG and FI, all NSAIDs did not improve the performance of the birds. Still, with the results obtained from the hemogram, serum biochemistry and histopathology, it can be concluded that NSAIDs at doses used did not promote toxicity in broiler chickens.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-02-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.