• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2012.tde-23102013-095347
Documento
Autor
Nome completo
Rosely Gioia Martins Di Chiacchio
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Matushima, Eliana Reiko (Presidente)
Godoy, Silvia Neri
Knöbl, Terezinha
Título em português
Avaliação sanitária de capivaras (Hydrochoerus hydrochaeris) de vida livre presentes na região da Cantareira - zona norte de São Paulo
Palavras-chave em português
Hydrochoerus hydrochaeris
Saúde pública
Zoonoses
Resumo em português
Animais silvestres constituíram sempre um problema de saúde pública pois podem servir de reservatórios para agentes etiológicos de doenças infecciosas com potencial zoonótico. As capivaras (Hydrochoerus hydrochaeris), animais comuns no Brasil, têm sido responsáveis tanto pela transmissão da febre maculosa (Rickettsia rickettsii) por meio do Amblyomma cajennense como também pela transmissão de leptospirose, leishmaniose, raiva, doença de Chagas, além de enterobactérias, doenças fúngicas e parasitárias. O objetivo deste estudo foi avaliar a sanidade das capivaras. Trinta e uma capivaras, sob contenção físico-química e identificadas com microchip, foram submetidas a coletas de amostras de sangue, swab retal, fezes e pelos. Observou-se anemia microcítica normocrômica e eosinofilia em todos os animais. Os exames bioquímicos revelaram discreta hipoalbuminemia, sugestiva de desnutrição. As pesquisas sorológicas foram negativas. Não foi isolada Salmonella sp. nas fezes, mas identificou-se Escherichia coli 19(61,3%), com resultado negativo para sorotipos patogênicos. A análise coproparasitológica revelou Protozoophaga sp. (58%), Strongyloides spp (9,7%), Viannella spp. (22,6%) e ovos e larvas de Ancylostomídeos (9,7%). Não foram isolados fungos dermatófitos nos pelos, apenas bolores oportunistas. Os animais revelaram-se livres de infecções de caráter zoonótico, porém medidas preventivas sanitárias deverão ser adotadas.
Título em inglês
Health assessment of free-ranging capybaras (Hydrochoreus hydrochaeris) at Cantareiras region North of São Paulo
Palavras-chave em inglês
Hydrochoerus hydrochaeris
Public health
Zoonosis
Resumo em inglês
Wild animals are known to play an important role in public health, as they may act as reservoirs for potentially zoonotic infectious agents. Capybaras (Hydrochoerus hydrochaeris), very common animals in Brazil, have been associated with the transmission of spotty fever (Rickettsia rickettsii) by Amblyomma cajannense, leptospirosis, leishmaniasis, rabies and Chagas disease, as well as enterobacterial, fungal and parasitic diseases. The aim of this study was to determine their health status. Thirty-one capybaras were physically and chemically restrained, identified with microchips, and blood, rectal swabs, feces and hair samples were collected. Microcytic normochromic anemia and eosinophilia were observed in all animals; serum chemistry revealed mild hypoalbuminemia, which was considered suggestive of malnutrition. Serology for infection diseases was negative. Salmonella sp. was not isolated from the feces however, Escherichia coli strains were retrieved from 19 animals (61,3%), negative for pathogenic serotypes. Coproparasitology revealed Protozoophaga sp. (58%), Strongyloides spp (9,7%), Viannella spp (22,6%) and Ancylostomid eggs and larvae (9,7%). No dermatophytes fungi were isolated from the hair samples, only molds. The animals were free from potentially zoonotic agents however, preventive sanitary measures should be implemented.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-10-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.