• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.10.2012.tde-09082013-101909
Documento
Autor
Nome completo
Elmer Alexander Genoy Puerto
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Matushima, Eliana Reiko (Presidente)
Dias, José Luiz Catão
Godoy, Silvia Neri
Guimarães, Marcelo Alcindo de Barros Vaz
Zacariotti, Rogério Loesch
Título em português
Causa de morte de animais silvestres oriundos de uma área de resgate: implicações na conservação
Palavras-chave em português
Causa de morte
Conservação
Fauna silvestre
Hidrelétrica
Programa de Monitoramento e Resgate
Resumo em português
No Brasil, no transcorrer da última década tem-se aumentado a produção de energia renovável. Dessa forma, empreendimentos visando produção e distribuição de energia tem sido desenvolvidos, exemplo disto são as Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs). Perda e fragmentação de habitat são consideradas fatores negativos para a conservação in situ, sendo que podem colocar em perigo de extinção numerosas espécies de vertebrados terrestres. Durante a construção de hidrelétricas, esses dois eventos podem ocorrer em um espaço de tempo curto e abranger pequenas ou grandes extensões de habitat natural dessas espécies. Dentro do âmbito ambiental, essas obras demandam a criação e desenvolvimento de programas de monitoramento e conservação, visando diminuir o impacto sobre as populações silvestres que ocorrem na área diretamente afetada pelo empreendimento, resultando no óbito de numerosos indivíduos durante o desenvolvimento das etapas desse programa. Sendo assim, visando entender quais são os fatores que podem levar à perda de um animal silvestre nesses programas se projetou acompanhar entre 2008 e 2010 as etapas do programa de monitoramento e conservação e as do centro de triagem de animais selvagens (CETAS) da PCH Anhanguera, que foi construída no nordeste do Estado de São Paulo. Vertebrados terrestres e aves que vieram a óbito foram submetidos à necropsia e amostras dos principais órgãos e lesões representativas foram fixadas em formalina 10% e posteriormente processadas para avaliação histopatológica. Ao final do exame necroscópico, laudo macroscópico foi elaborado e quando possível foi determinada a causa de morte. Havendo impossibilidade da determinação da causa de morte, resultados dos exames complementares foram aguardados. Foram avaliados 486 animais, entre anfíbios (81), aves (12), mamíferos (164) e répteis (229) em três momentos: monitoramento, resgate na supressão da vegetação e centro de triagem de animais silvestres. As causas de morte estiveram associadas a processos não infecciosos (64,82%), seguido por causa indeterminada (22,43%), eutanásia (9,26%), suspeita de infeccioso (2,26%) e processos infecciosos (1,23%). Acidentes por objetos contundentes durante supressão que causaram trauma foram relevantes em répteis durante a supressão (χ2= 23.3490; ρ= 0.0000). Ataques por contactantes ou predação e acidentes (afogamento e hipotermia) acontecidos nas armadilhas de captura foram significativas causas de morte para mamíferos durante o monitoramento (χ2= 25.5620; ρ= 0.0003). Para anfíbios, as eutanásias induzidas na supressão em decorrência de injúrias graves em tecidos moles e de tecido muscular esquelético foram a causa de morte que mais afetou esse grupo (χ2= 8.2437; ρ= 0.0041). A conservação da fauna durante um programa faunístico de um empreendimento está associada ao manejo adequado dessas populações em campo e centros de triagem. Aumento da captura prévia nas áreas a serem suprimidas, das vistorias nas armadilhas de captura e propensão por uma destinação oportuna dos indivíduos capturados facilitaria a sobrevivência da fauna acometida pelo empreendimento.
Título em inglês
Cause of death of wildlife from a rescue area: conservation implications
Palavras-chave em inglês
Cause of death
Conservation
Dam
Monitoring and rescue program
Wildlife
Resumo em inglês
In the course of the last decade Brazil has increased the production of renewable energy. Thus, projects aiming energy production and distribution have been developed such as Small Hydro Power Stations (SHPS). Loss and fragmentation of habitat are considered negative factors for in situ conservation, and can put many endangered species of terrestrial vertebrates. During the construction of dams, these two events may occur in a short space of time and cover small or large tracts of natural habitat of these species. Within an environmental framework these enterprise create and develop conservation programs in order to reduce the impact on wild populations that occur in the influence area project. Commonly, many individuals may die during the stages of the program. In order to understand what are the factors that can lead to loss of wild animals in these programs, monitoring, rescue and triage center activities, of the program of the SHP Anhanguera, were accompanied between 2008 and 2010. Dam and reservoir were built in the northeastern of São Paulo State, Brazil. Post-mortem examinations were performed in terrestrial vertebrates and birds that died. Samples of major organs were collected and representative lesions were fixed in 10% formalin and later processed to pathological evaluation. At the end of the necropsy, macroscopic report was prepared and, if possible, it was determined the cause of death. Were not possible laboratory tests were awaited. It was evaluated 486 animals, including amphibians (81), birds (12), mammals (164) and reptiles (229) in three phases: monitoring, rescue in forest clearing and triage center. Causes of death were associated with non-infectious processes (64.82%), followed by unknown causes (22.43%), euthanasia (9.26%), suspected infection (2.26%) and infectious processes (1,23%). Accidents caused by blunt objects that resulted in trauma during removal forest were relevant in reptiles (χ2 = 23.3490, ρ = 0.0000). Attacks by predators or contacted and accidents (drowning and hypothermia) that occurred in the traps capture were significant causes of death of mammals during monitoring (χ2 = 25.5620, ρ = 0.0003). For amphibians, euthanasia induced due to severe soft tissue and skeletal muscle injuries in the suppression, were the cause of death that most affected this group (χ2 = 8.2437, ρ = 0.0041). The conservation of wildlife fauna during a conservation program of a hydroelectric enterprise is linked to the appropriate management of these populations in the affected areas and triage centers. Increase of previous captures in the areas of vegetal suppression, check of traps capture and opportune destination of captured animals facilitate the survival of wildlife affected by the project.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-10-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.