• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Lara Carolina Mario
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Miglino, Maria Angélica (Presidente)
Calderón, Mariano Del Sol
Nishiyama, Ana Claudia Oliveira Carreira
Rodrigues, Claudia de Oliveira
Turco, Marcelo Pitelli
Título em português
Isolamento, expansão e caracterização de células progenitoras renais derivadas de mesonefro e metanefro de gato doméstico (Felis catus)
Palavras-chave em português
Doença crônica renal
Embriologia
Morfologia
Rim
Terapia celular
Resumo em português
A doença renal crônica (DRC) é amplamente encontrada em felinos. É caracterizada pela deficiência estrutural e funcional dos rins e pela perda gradual e definitiva do número de néfrons funcionais, com posterior redução da taxa de filtração glomerular. A DRC é uma enfermidade de difícil tratamento devido às limitações terapêuticas existentes, as quais apenas minimizam os danos causados aos pacientes. A inexistência de qualquer tratamento específico para a DRC fortalece a necessidade de investimento em pesquisas e em terapias inovadoras aplicadas, incluindo a terapia celular. Em gatos, muitos modelos já foram preconizando com o uso de diversos tipos de celulares, tais como, derivados da medula óssea, âmnio, e tecido adiposo. Porém até o presente momento, nenhum desses estudos obtiveram sucesso significativo no tratamento dessa enfermidade. Observando portanto, a carência de uma terapia celular especifica para a DRC, e sabendo que muito estudos estão sendo realizados com o uso células progenitoras, ou seja, células as quais já estão destinadas a serem um tecido ou órgão específico, este trabalho buscou mediante estudo das células derivadas de mesonefro e metanefro de gatos domésticos em diferentes estágios gestacionais, uma nova fonte para terapia celular, afim de testar qual destes diferentes tipos celulares seria o melhor para tratamento das doenças renais. Desta forma, embriões e fetos de gato foram coletados da campanha de castração eletiva realizada na cidade de Embu das Artes, São Paulo. Os mesonefros e metanefros foram dissecados e postos em cultivo celular. Na sequência foram realizados testes de viabilidade e metabolismo celular, análise de proteínas específicas mediante a técnica de citometria de fluxo, potencial tumorigênico, e diferenciação celular para células adipogênicas, condrogênicas e osteogênicas. Foi observado que estas células possuíam plasticidade e clonicidade celular, apresentavam expressões positivas para marcadores renais e expressão negativa para proteínas do complexo principal de histocompatibilidade, também não apresentaram formação tumorigênicas e possuíam a capacidade de se diferenciar em diversos tecidos, tais como adipócitos, osteócitos e condrócitos. Portanto podemos concluir que estas novas linhagens celulares apresentam todas as caraterísticas necessárias para tornarem-se um novo modelo em terapia celular para gatos com DRC. Dentre estas quatro linhagens, elegemos a as células provenientes de metanefro de final do período gestacional com as melhores características dentre as demais, pois apresentam maiores expressões de proteínas específicas renais, além apresentarem uma estrutura renal mais concisa e mais bem estabelecida.
Título em inglês
Isolation, expansion and characterization of renal progenitor cells derived of mesonephro and metanefro from domestic cat (Felis catus)
Palavras-chave em inglês
Cell therapy
Chronic renal disease
Embryology
Kidney
Morphology
Resumo em inglês
Chronic kidney disease (CKD) is widely found in felines. It is characterized by structural and functional deficiency of the kidneys and by the gradual and definitive loss of the number of functional nephrons, with subsequent reduction of the glomerular filtration rate. CKD has difficult treatment. This is because there are some therapeutic limitations, which only minimize the harm caused to patients. The lack of any specific treatment for CKD strengthens the need for investment in research and innovative applied therapies, including cell therapy. In cats, many models have been advocating the use of several types of cells, such as bone marrow, amnion, and adipose tissue. However, until now, none of these studies have been significantly successful in treating this disease. Therefore, the lack of a specific cellular therapy for CKD, and knowing that a lot of studies are being performed with the use of progenitor cells, that is, cells that are already destined to be a specific tissue or organ. The aim of this study was to study the mesonephrine and metanephric cells of domestic cats at different gestational stages, a new source for cellular therapies, in order to test which of these different cell types would be the best for renal diseases. In this way, embryos and cat fetuses were collected from the elective castration campaign held in the city of Embu das Artes, São Paulo. The mesonephros and metanephros were dissected and placed in cell culture. Cell viability tests, specific protein analysis using flow cytometry, tumorigenic potential, and cell differentiation for adipogenic, chondrogenic, osteogenic and endothelial cells were performed. It was observed that these cells had cellular plasticity and clonicity. They also had positive expressions for renal markers and negative expression for main histocompatibility complex proteins. But they did not present tumorigenic formation and had the capacity to differentiate in diverse tissues, such as adipocytes, osteocytes, chondrocytes and endothelial cells, precursors of renal vasculogenesis. Therefore, we can conclude that these new cell lines have all the necessary characteristics to become a new model in cell therapy for cats with CKD. Among these four strains, we chose cells from metanephros at the end of the gestational period with the best characteristics among the others, since they present higher specific renal protein expression, in addition to presenting a more concise and well-established renal structure.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-10-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.