• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.10.2012.tde-28062013-120433
Documento
Autor
Nome completo
Carlos Alberto Palmeira Sarmento
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Miglino, Maria Angélica (Presidente)
Branco, Érika Renata
Prada, Irvenia Luiza de Santis
Rabbani, Said Rahnamaye
Reis, Francisco Prado
Título em português
Utilização de células tronco da medula óssea de fetos caninos em cães adultos com lesão medular crônica toracolombar
Palavras-chave em português
Cão
Célula-tronco
Medula-espinhal
Resumo em português
As lesões medulares acometem anualmente milhares de pessoas e animais em todo o mundo, causando diversos prejuízos econômicos e psicológicos. As principais causas das lesões medulares são traumas automobilísticos e doenças do disco intervertebral. Muito embora a medicina esteja bastante avançada no campo da neurocirurgia, a cura para esse tipo de lesão ainda esta longe de ser obtida. O avanço das pesquisas no campo da terapia celular em lesões medulares surge como uma esperança para os pacientes crônicos. Neste trabalho buscamos avaliar a reposta do tratamento com células-tronco de medula óssea fetal canina em cães com lesão medular crônica toracolombar. Nosso trabalho se baseia em parâmetros clínicos, comportamentais, de imagem e fisioterápicos. Antes de adentrar no experimento, todos os cães foram submetidos a vários exames pré-operatórios (hemograma, exames bioquímicos, eletrocardiograma) para então serem encaminhados para o exame de ressonância nuclear magnética visando um diagnostico mais preciso da lesão. Após esse exame, os cães foram avaliados por fisioterapeutas veterinários que não pertenciam ao nosso grupo de pesquisa para se estabelecer uma pontuação no teste comportamental de Olby. Os animais também tiveram alguns outros reflexos testados (dor profunda, reflexo de panículo). Após a primeira avaliação, os animais foram submetidos à procedimento cirúrgico de descompressão da medula espinhal e aplicação de células-tronco da medula óssea fetal canina. Durante o procedimento foram injetados 1x106 células diretamente em 3 pontos distintos da medula espinhal. Após o procedimento os cães foram encaminhados para a fisioterapia, e por 3 meses, foram submetidos a diversos exercícios de reabilitação com o intuito de potencializar um possível efeito benéfico da terapia celular. Durante a fisioterapia, os animais foram filmados com o intuito de acompanhar a sua evolução, e após o termino da fisioterapia foram novamente avaliados pelos fisioterapeutas. Ao final do experimento 7 animais foram operados e os resultados obtidos demonstraram um aumento do reflexo de marcha em 6 deles. O único animal que não apresentou essa melhora da marcha foi aquele acometido por outra patologia associada à compressão medular. Esses resultados nos levam a sugerir uma ação benéfica da terapia celular em cães portadores de lesão medular crônica. Por outro lado sugere continuar recrutando animais com o objetivo de aprimorar as técnicas utilizadas, para conseguir resultados cada vez melhores.
Título em inglês
The use of fetus boné marrow stem cells in adult dogs with chronic spinal cord compression
Palavras-chave em inglês
Dog
Spinal cord
Stem cell
Resumo em inglês
Spinal cord injuries annually involve thousands of people and animals worldwide, causing economic and psychological damages. The main causes of spinal cord injuries are vehicular traumas and intervertebral disc diseases. Although medicine is very advanced in neurosurgery field, the cure for this type of injury is still far from being achieved. Research progresses in cell therapy for spinal cord injuries appear to be a hope for chronic patients. In this article we aimed to evaluate clinical responses to the treatment using canine fetal bone marrow stem cells in dogs with thoracolumbar chronic spinal cord injury. Our study was based on the evaluation of clinical signs, animal behavior, imaging and physiotherapy aspects. Before clinical-surgery trial, all dogs underwent to preoperative tests as hemogram, blood chemistry, electrocardiogram and to nuclear magnetic resonance exam, in order to stablish more accurate diagnosis of the injury. Following clinical exams, Olby score was determined by evaluating animal behavior. Olby tests were performed by external scientific research group, composed by veterinary phisiotherapists, in order to guarantee blind evaluation. Animals were also tested to deep pain and panniculus reflexes. s, After being evaluated, animals underwent surgical spinal cord decompression and to a 1x106 stem cells injection in three different sites of the spinal cord. After the procedure, dogs were referred to physiotherapy for three months, undergoing to a variety of rehabilitation exercises in order to improve cell therapy hypothetical benefic effect. During therapy, animals were filmed in order to monitor their evolution, and after the end of physiotherapy they were re-evaluated by physiotherapists. At the end of the experiment, 7 animals were operated and had resulted in an increase of reflex motion in 6 of them. The only animal that showed no such improvement was the one whos had other pathology associated with the spinal cord compression, these results lead us to believe in a beneficial action of cell therapy in dogs with chronic spinal cord injury and suggests continue recruiting animas with the aim of improving the techniques used to achieve better results.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-09-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.