• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.10.2012.tde-24092012-152524
Documento
Autor
Nome completo
Caio Biasi Mauro
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Borelli, Vicente (Presidente)
Lima, Ana Rita de
Machado, Marcello
Pereira, Joao Gilberto Lopes
Prada, Irvenia Luiza de Santis
Título em português
Aspectos comparativos entre os tipos de vascularização ventricular e do nó sinoatrial em corações de cães
Palavras-chave em português
Caninos
Sistema de condução
Vascularização cardíaca
Resumo em português
Utilizamos nesta pesquisa 40 corações de cães adultos, 17 machos e 23 fêmeas, de idades variadas, que não portavam macroscopicamente nenhuma afecção cardíaca. Os corações tiveram as artérias coronárias injetadas, separadamente, com Neoprene Látex 450, corado com pigmento vermelho, e posteriormente dissecados. Em todas estas preparações verificamos que na vascularização dos ventrículos predominava a artéria coronária esquerda que fornecia os ramos interventriculares paraconal e subsinuoso. Já, a região ocupada pelo nó sinoatrial ficava mais frequentemente (17 vezes 42,5%) na dependência do ramo proximal atrial esquerdo ou de colateral deste vaso, oriundo do ramo circunflexo esquerdo, ou deste vaso associado ao ramo distal atrial direito (8 vezes 20%), procedente do ramo circunflexo direito. Com menor frequência (14 vezes 30%), a área tomada pelo nó sinoatrial, encontramos apenas colaterais do ramo circunflexo direito, mais exatamente somente o ramo distal atrial direito (10 vezes 25%), apenas o ramo proximal atrial direito (3 vezes 7,5%) ou ainda exclusivamente o ramo intermédio atrial direito (1 vez 2,5%). Em um único caso (1 vez 2,5%) no território do nó sinoatrial observamos apenas colateral do ramo circunflexo esquerdo, isto é o ramo distal atrial esquerdo. A análise destes resultados permite concluir, que nesta espécie não existe qualquer tipo de relação entre o tipo de vascularização dos ventrículos e a irrigação do nó sinoatrial.
Título em inglês
Comparative apects among the vascularization types of both ventricular and sinoatrial node in dogs
Palavras-chave em inglês
Canine
Cardiac vascularization
System of conduction
Resumo em inglês
In this research we analyzed 40 hearts of adult dogs, males and females with different ages, which had no cardiac disease. The hearts had the coronary arteries inject using Neoprene Latex 450, stained by red pigment and then were dissected. In the ventricular vascularization the left coronary artery was predominant and it gave rise to the branches paraconal interventricular and subsinuous. The region occupied by the sinoatrial node was most frequently (17 times 42.5%) in the dependence of the left atrial proximal branch or in the collateral of that vessel, coming from the left circumflex branch, or this vessel associated to the right atrial distal branch (8 times 20%). With less frequency (14 times 30%), in the area occupied by the sinoatrial node, we found only the collaterals of the right circumflex branch, rather only the right atrial distal branch (10 times 25%), only the right atrial proximal branch (3 times 7.5%) or exclusively through the right atrial intermediary branch (1 time 2.5%). In just one case (Once 2.5%) in the area of the sinoatrial node we observed only the collateral of the left circumflex branch, i.e. the left atrial distal branch. According to our results we concluded that in this specie there are no relation between the type of vascularization of the ventricles and the irrigation of the sinoatrial node.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
CAIO_BIASI_MAURO.pdf (3.13 Mbytes)
Data de Publicação
2014-09-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.