• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2008.tde-23042009-091225
Documento
Autor
Nome completo
Regina de Sousa Bolina Matos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Liberti, Edson Aparecido (Presidente)
Miglino, Maria Angélica
Oliveira, Flavia de
Título em português
Efeitos da biomembrana de látex natural (Hevea brasiliensis) em pele de ratos Wistar submetidos à lesão térmica corporal por escaldamento
Palavras-chave em português
Biomembrana
Cicatrização
Colágeno
Pele
Queimadura
Resumo em português
Recentemente, pesquisadores têm descrito resultados promissores oriundos da Biomembrana de Látex Natural (BML). Estudos vêm sendo desenvolvidos para comprovar as características indutoras de neovascularização e regeneração tecidual que foram atribuídas a esse material. Entretanto, a biocompatibilidade tem sido considerada um dos mais importantes itens para validar um biomaterial para sua aplicação em humanos. A proposta deste estudo foi investigar qualitativa e quantitativamente os efeitos deste biopolímero, confeccionado à partir da extração de látex vegetal oriundos da árvore da borracha, Hevea brasiliensis, em pele de ratos escaldados. Foram usados 22 ratos, Wistar machos, com pesos entre 200 e 300g, divididos em três grupos: Controle negativo - normais (GI), Controle positivo - queimados (GII) e Tratados com a BML (GIII). A lesão térmica foi realizada por escaldamento (LTE), padronizada pelo peso corpóreo e usando água quente (85ºC for 10 segundos), e a ortoeutanásia dos animais ocorreu nos períodos de 4 e 14 dias pós-lesão. Os animais foram mantidos sob as mesmas condições de alojamento, alimentação, temperatura, umidade e luz. O grupo GIII apresentou melhor cicatrização comparado àqueles do grupo GII. Observou-se que as fibras colágenas e elásticas apresentaram-se em uma rede melhor organizada no grupo GIII e observou-se, ainda, que o número de vasos também foi maior neste grupo. Como vistos em estudos anteriores, a BML favoreceu a cicatrização em áreas queimadas e a neoangiogênese, sugerindo que este biomaterial é um promissor recurso terapêutico para a cicatrização da pele, particularmente nos casos em que a revascularização tecidual seja importante.
Título em inglês
Effects of the natural latex biomembrane (Hevea brasiliensis) in Wistar rat skin submitted to body thermal injury by scalding
Palavras-chave em inglês
Biomembrane
Burn
Cicatrization
Collagen
Skin
Resumo em inglês
Recent investigations have described promising results obtained with the Natural Latex Biomembrane (BML). Several studies had been performed to prove the inductive characteristics of vascularization and tissue regeneration that has been attributed to this material. However biocompatibility has been considered one of the most important items to validate a biomaterial for its application in human beings. The aim of this study was to investigate qualitatively and quantitatively the effects of a biopolymer based on vegetal latex extracted from the Hevea brasiliensis rubber tree in scalded rat skin. Twenty two male Wistar rats weighing between 200 300 g, were divided in three groups: Negative control - normal (GI), Positive control - scalded (GII), and Treated with the BML (GIII). The thermal burn standardized with the body weight, was made using hot water (85ºC for 10 seconds). Euthanasia was performed at 4, and 14 days pos-burn. Animals were kept under the same conditions of accommodation, feeding, temperature, humidity, and light. The burn area with satisfactory healing was greater in GIII than in GII. Collagen and elastic fibers could be seen in a very organized fashion in GIII group, in a similar arrangement that GI. The number of vessels was higher in GIII that others groups. Similar to earlier studies, the BML seemed to benefit cicatrization and neoangiogenesis in the burn skin, suggesting that this biomaterial might be a new type of therapeutic resource for skin burn replacement, especially in cases of desirable tissue revascularization.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-04-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.