• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.10.2005.tde-21062006-145642
Documento
Autor
Nombre completo
Antônio Chaves de Assís Neto
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2005
Director
Tribunal
Miglino, Maria Angélica (Presidente)
Ambrosio, Carlos Eduardo
Mattos, Rodrigo Costa
Papa, Paula de Carvalho
Watanabe, Yeda Fumie
Título en portugués
Desenvolvimento placentário em bovinos obtidos por gestações naturais e por fecundação in vitro
Palabras clave en portugués
Alantóide
Âmnio
Cório
Placenta
Saco vitelino
Resumen en portugués
O objetivo deste estudo foi caracterizar morfologicamente o desenvolvimento inicial da gestação bovina proveniente de monta natural, com idades compreendidas entre 15 a 70 dias, e de fecundação in vitro (FIV) com 35 dias, com ênfase no desenvolvimento placentário inicial, e diferenciação das estruturas extra embrionárias. Para tanto, foram utilizados 141 conceptos, provenientes de monta natural, e sete conceptos obtidos pela técnica de FIV. Após as coletas, os conceptos foram dissecados, mensurados macroscopicamente e fotodocumentados. As membranas extra-embrionárias foram cortadas em fragmentos de 5 cm2, e, em seguida fixadas em paraformoldeído 4%, para análise por microscopia de luz, e glutaraldeído 2,5%, para utilização em microscopia eletrônica de varredura e transmissão. As membranas extra-embrionárias e fetais apresentaram graus variáveis de desenvolvimento ao longo dos períodos analisados. O aparecimento macroscópico da vascularização do alantóide, sua tentativa de se fundir com o cório e o aparecimento efetivo dos primeiros cotilédones em desenvolvimento, foram eventos observados em embriões a partir de 1,9±0,27 cm de "Crown-Rump" (CR) (30 a 40 dias da gestação). O CR médio, o peso do embrião, o peso do saco gestacional e os comprimentos do cório e âmnio aumentaram gradativamente com o evoluir da gestação. O epitélio alantoidiano apresentou um dimorfismo celular a partir de 0,9 cm de CR (15 a 20 dias de gestação), porém, mostrou-se imaturo até o feto atingir o comprimento de 7,2 cm de CR (60 a 70 dias da gestação). O trofoblasto apresentou células mononucleadas e células gigantes binucleadas em diferentes níveis ao longo da gestação. O saco vitelino persistiu até 70 dias de gestação, e o seu epitélio apresentou indícios de atividade funcional até 50 dias de gestação. De todos os parâmetros mensurados na análise macroscópica, somente o comprimento o CR e o saco vitelino apresentaram diferença significativa entre os conceptos de monta natural e de FIV. Nos conceptos de monta natural, o comprimento do saco vitelino foi de 5,53 cm, em média, e nos conceptos de FIV, de apenas 1,07 cm. Todavia, faz-se necessário analisar um número maior de animais submetidos a FIV para corroborar a diferença encontrada nestas medidas. Os resultados sugerem ainda a existência de uma placenta vitelínica ativa, importante para a manutenção da gestação, que se estabelece temporariamente entre a placenta coriovitelínica e alantovitelínica transitória e a placenta cório-alantóide definitiva.
Título en inglés
Development placental in bovines obtained by natural gestation and by in vitro fertilization
Palabras clave en inglés
Allantois
Amnion
Chorion
Placenta
Yolk sac
Resumen en inglés
The main goal of this study was to describe morphology and the early gestational development of 15 to 70 day-old bovine embryos obtained by natural mating and 35 day-old bovine embryos obtained by in vitro fertilization (IFV) technique. One hundred and forty-one concepts originated by natural mating and seven by IVF technique were used. All concepts were dissected, macroscopically measured and photographed. Extraembryonic membranes were cut in 5 cm2 fragments and fixed in 4% paraformoldehyde for light and Scanning Electron Microscopy (SEM) and in 2.5% glutaraldehyde for Transmition Electron Microscopy (TEM). Ali membranes showed different stages of development during analyzed periods. The beginning of allantois macroscopic vascularization, the attempt of fusion between allantois and chorium membranes and the effective development of the first cotyledons were observed in 30-to-40 day-old embryos with 1.9± 0.24 cm of Crown-Rump (CR) length. The average CR, the embryos and gestational sac weight, the chorion and amnion length increased during gestation. The allantoic epithelia showed a cellular dimorphism with 0.9 em CR, however, the maturation has not happened until the foetal length of 7.2 em CR. The trophoblast showed different levels of mononucleate cells and binucleate giant cells. The yolk sac persisted until 70 days of gestation and the epithelium seemed functionally activated until 50 days of gestation. The CR and yolk sac size were the only measured macroscopic parameter showingdifference between natural mating and FIV concepts. Yolk sac size presented average values of 5.53 cm and 1.07 cm for natural mating and FIV concepts, respectively. Therefore, it is necessary to analyze a higher number of FIV embryos to corroborate that observed yolk sac size difference. All results obtained in this study suggest the existent of an active vitelline placenta, important to the gestational maintenance and temporarily establish between the transitory choriovitelline placenta and the permanent chorioallantoic placenta.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
CAPA.pdf (13.74 Mbytes)
significa que el fichero sólamente puede ser acceder dentro da la Universidad de São Paulo.
Fecha de Publicación
2007-04-19
 
ADVERTENCIA: El material descrito abajo se refiere a los trabajos derivados de esta tesis o disertación. El contenido de estos documentos es responsabilidad del autor de la tesis o disertación.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.