• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Doctoral Thesis
DOI
10.11606/T.10.2012.tde-13112013-180616
Document
Author
Full name
Camila Ercolini Barroso
E-mail
Institute/School/College
Knowledge Area
Date of Defense
Published
São Paulo, 2012
Supervisor
Committee
Kfoury Junior, José Roberto (President)
Agreste, Fernanda Rodrigues
Machado, Marcello
Rici, Rose Elí Grassi
Vidotti, Ana Paula
Title in Portuguese
Aspectos quantitativo e biomolecular da vascularização do timo em gatos
Keywords in Portuguese
Microambiente tímico
Sistema linfóide
Timo
Vascularização
VEGF
Abstract in Portuguese
O sistema linfoide é composto de órgãos linfoides primários e secundários. O timo é um órgão linfoide primário responsável pela maturação, diferenciação e seleção da linhagem linfocitária do tipo T que é responsavel pela imunidade celular do individuo. Para cumprir estas funções, o timo possui uma disposição peculiar das suas células epiteliais morfologicamente distintas e de suas estruturas vasculares. Seus vasos sanguíneos possuem um papel na oxigenação tecidual e no processo de migração das células precursoras de linfócitos T para o interior do parênquima tímico e por isso apresentam uma arquitetura típica caracterizada por vasos de grande calibre, localizados na junção cortico-medular e uma fina rede de ramos e anastomoses que se estendem para o córtex. Este processo de estruturação e arquitetura vascular ainda possui sua base molecular desconhecida, assim como os mecanismos que provocam a involução do órgão. O VEGF é um fator angiogênico que atua na formação vascular e na modulação de funções relacionadas à vascularização, sendo um importante marcador da angiogênese. A fim de se melhor compreender o comportamento vascular na formação e involução tímica, propôs-se avaliar a expressão gênica e proteica deste fator durante fases de desenvolvimento e involução do órgão, além da quantificação da vascularização do timo pela técnica estereológica, análise do parênquima tímico pela técnica de microscopia eletrônica de varredura e análise dos tipos celulares presentes em cada estágio etário. Para tal utilizou-se amostras de timo de gato em quatro estágios de desenvolvimento fetal (35, 45, 55, 65), e dois estágios pós-natal (6 meses e 1 ano) para a realização da imuno-histoquímica, PCR em tempo real e MEV,e para a técnica estereológica 2 estágios pós-natal (6 meses e 1 ano). Na microscopia eletrônica de varredura foram observados os timócitos de diferentes tamanhos, em estágios de maturação distintos. As proteinas do VEGF-A e dos receptores Fit-1 e KDR foram identificadas no timo de gatos em todas as fases do desenvolvimento foram localizadas no citoplasma de células epiteliais e no interior dos corpúsculos tímicos. A expressão do mRNA no período de 1 ano de idade a expressão do mRNA do VEGF e seus receptores tem um aumento significativo, coincidindo com a diminuição do Nvasc e do Nv(vasc) podendo causar um estado de hipóxia no órgão levando a um aumento compensatório de sistema VEGF. A curva de crescimento vascular obedece a um padrão de desenvolvimento e involuçãio do órgão.
Title in English
Quantitative and biomolecular aspects of the thymus vascularization in cat
Keywords in English
Lymphoid system
Thymic microenvironment
Thymus
Vascularization
VEGF
Abstract in English
The lymphoid system is composed by primary and secondary lymphoid organs. The thymus is a primary lymphoid organ responsible for maturation, differentiation and selection of the lymphoid T cell lineage that is responsible for cellular immunity. To accomplish these functions has a peculiar arrangement with morphologically distinct epithelial cells and vascular structures. The blood vessels have a role in tissue oxygentation and the migration of T cells into the thymic parenchyma, therefore they presents large vessels in cortico-medullary junction and a fine network branches to the cortex. This process has its molecular basis unknown as well as the involution process of the thymus. VEGF is an angiogenic factor that plays a role in the formation and modulation of vascular functions, being an important marker of angiogenesis. We proposed to evaluate the gene and protein of VEGF during the thymus development and involution, stereological quantification and scanning electronic microscopy. Samples of cat´s thymus from 35, 45, 55, 65 days of development and 6 months and 1 year of age. In scanning electronic microscopy different stages maturation thymocytes were observed. Protein expression of VEGF and its receptors were identified in all development stages in epithelial cells, endothelial cells and thymic corpuscles. The VEGF mRNA expression and its receptors in 1 year old animals was significantly increased, coinciding with the decreasing Nvasc and the Nv(vasc) causing a hypoxic condition in the thymus resulting in a compensatory increase of VEGF system. The vascular growth curve follows a pattern of development and involution of the organ.
 
WARNING - Viewing this document is conditioned on your acceptance of the following terms of use:
This document is only for private use for research and teaching activities. Reproduction for commercial use is forbidden. This rights cover the whole data about this document as well as its contents. Any uses or copies of this document in whole or in part must include the author's name.
Publishing Date
2014-02-10
 
WARNING: Learn what derived works are clicking here.
All rights of the thesis/dissertation are from the authors
Centro de Informática de São Carlos
Digital Library of Theses and Dissertations of USP. Copyright © 2001-2021. All rights reserved.