• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.10.2020.tde-08012020-131800
Documento
Autor
Nome completo
Antonio Alexandre Speri Alves
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Barreto, Rodrigo da Silva Nunes (Presidente)
Nogueira, Renata Avancini Fernandes
Oliveira, Lilian de Jesus
Título em português
Placenta bovina de clones descelularizada como fonte de scaffolds biológicos
Palavras-chave em português
Descelularização
Medicina regenerativa
Placenta bovina de clones Matriz extracelular
scaffold biológico
Resumo em português
A bioengenharia de tecidos visa o desenvolvimento de órgãos, ou partes deles, para que diretamente ou indiretamente atue na cura de doenças agudas e/ou crônicas. Sua finalidade não é apenas substituir, mas também recuperar a funcionalidade perdida, fornecendo elementos necessários para a reparação ou estimulando a capacidade de regeneração intrínseca do organismo, resultando numa possível redução de filas de transplantes. A utilização de órgãos ou fragmentos descelularizados scaffolds como fonte de biomateriais vem crescendo amplamente, entretanto a escassez de órgãos humanos para tal processo ainda é um grande desafio. Trabalhos recentes têm estudado a utilização de scaffolds originados de órgãos de diferentes espécies visando sua implantação, além da utilização de scaffolds xenólogos. Neste contexto, os scaffolds biológicos de origem animal, como a placenta de bovinos descelularizada, seriam promissores para esse uso, visto suas características vasculares, composição e fácil obtenção. O presente trabalho tem como objetivo desenvolver um scaffold biológico de origem placentária bovina de animais clonados, comparando tanto a origem placentária como a idade gestacional. As amostras das placentas bovinas de animais clonados foram obtidas por remoção cirúrgica no centro de reprodução assistida In Vitro Brasil e as placentas controle em frigoríficos e abatedouros conveniados. Tanto as amostras de transferência nuclear de células somáticas (TNCS) como as amostras controles foram submetidas a análises histológica, microscopia eletrônica por varredura, quantificação estereológica e quantificação de DNA. Os resultados obtidos com o processo descelularização, confirmaram a eficácia do protocolo e a preservação da matriz extracelular e vasos sanguíneo. Tanto as placentas bovinas de animais clonados, como as placentas bovinas de animais não clonados descelularizada, demonstra-se uma fonte viável na elaboração de scaffolds biológicos independentemente da idade e fonte gestacional.
Título em inglês
Decelularized bovine clone placenta as a biological scaffolds source
Palavras-chave em inglês
Biological scaffolds
Bovine placenta
Decellularization
Extracellular Matrix
Regenerative medicine
Resumo em inglês
The tissue bioengineering aimed to develop organs, or parts of them, that directly or indirectly act on the healing of acute and/or chronic diseases. Its purpose is not only to replace but also to recover lost functionality by providing the necessary elements for repairing or by stimulating the body's intrinsic regeneration capacity, resulting in a possible reduction of transplanting lists. The use of decellularized organs or fragments (scaffolds) as a source of biomaterials has been growing widely, but the scarcity of human organs for this process is still a great challenge. Recent works have studied the use of scaffolds originating from organs of different species aiming their implantation, besides the use of xenologous scaffolds. In this context, biological scaffolds from animal origin, such as the decellularized bovine placenta, could be promisor due to vascular characteristics, composition and availability. The present work aims to develop a biological scaffold from bovine placenta of cloned animals, comparing both placental origin and gestational age. The bovine placenta samples from cloned animals were obtained by surgical removal at the assisted reproduction center "In Vitro Brasil" and the control placenta samples were from slaughterhouses. Both the TNCS and the control samples were submitted to histological analysis, scanning electron microscopy, stereological quantification and DNA quantification. Partial results obtained with the decellularization process confirmed the protocol efficacy and the preservation of the extracellular matrix and blood vessels. Differences between ages and gestational sources are still in progressing analysis. Therefore, the decellularized bovine placenta demonstrates a viable source in the elaboration of biological scaffolds regardless of age and gestational source.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-02-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.