• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Livre Docencia
Documento
Autor
Nome completo
Helena Rinaldi Rosa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Banca examinadora
Tardivo, Leila Salomao de La Plata Cury (Presidente)
Abrão, Jorge Luis Ferreira
Barbieri, Valeria
Santos, Manoel Antonio dos
Vaisberg, Tania Maria Jose Aiello
Título em português
Desenho da figura humana em crianças: indicadores emocionais, evidências de validade e precisão
Palavras-chave em português
Avaliação Psicológica
Desenho de figuras humanas
DFH-III de Wechsler
Indicadores Emocionais de Koppitz
Indicadores Maturacionais de Koppitz
Resumo em português
A avaliação psicológica infantil é uma das maiores demandas sociais para a Psicologia na atualidade, tendo em vista as queixas trazidas sobre as crianças nas diversas áreas de atuação do psicólogo. Um dos instrumentos mais empregados nessa avaliação é o Desenho da Figura Humana - DFH - que possui diversos sistemas de pontuação e avaliação. Um dos mais conhecidos e utilizados internacionalmente é o proposto por Koppitz (1968), com critérios objetivos e de relativa facilidade de correção, em que é verificada a presença de Indicadores Maturacionais para avaliação do desenvolvimento da criança e de Indicadores Emocionais para determinar comprometimentos nessa área. No Brasil, foi desenvolvida a proposta de Wechsler, DFH-III, com tabelas para a população brasileira, critérios objetivos e exemplos para a avaliação. A presente pesquisa tem como objetivos: investigar se os critérios propostos por Koppitz para avaliação maturacional e emocional das crianças discriminam as mesmas, com e sem problemas emocionais; apresentar estudos de estudos de validade convergente dos sistemas de avaliação propostos por Koppitz e por Wechsler; e investigar a fidedignidade do teste para ambos os sistemas de avaliação do DFH pela estabilidade temporal do instrumento. Foram feitos três estudos, com a participação de 169 crianças, na faixa etária de 6 a 11 anos, que foram encaminhadas para atendimento psicoterápico com queixas diversas, comparadas com um grupo controle de 169 escolares de mesma idade, sem queixas emocionais, pareado com o primeiro grupo; foram comparadas também 22 crianças com problemas de aprendizagem e 55 crianças com Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade. O estudo de comparação dos dois sistemas de avaliação, Koppitz e DFH-III, contou com uma amostra de 623 crianças, sem distúrbios de comportamento severos, deficiência física ou mental. Para o estudo da fidedignidade, empregou-se uma amostra de 28 escolares de 6 e 7 anos. A aplicação foi individual ou em pequenos grupos, nas escolas ou nas clínicas de atendimento, sem prejuízo das atividades escolares ou clínicas. As crianças realizaram dois desenhos, o da figura masculina e o da feminina. Os resultados revelaram evidências de validade convergente e concorrente, de ambos os sistemas de avaliação, com maior poder para o DFH-III. A precisão mostrou-se adequada, na faixa etária estudada. A pesquisa com os resultados obtidos trouxe contribuições científicas e na prática clínica. Apresenta-se sugestões de investigações que podem ser realizadas, em especial uma continuidade dos estudos da autora com uma proposta de desenvolvimento do Desenho da Figura Humana com Histórias
Título em inglês
Drawing of the Human Figure in children: emotional Indicators, evidences of Validity and Accuracy
Palavras-chave em inglês
Drawing of Human Figure
Koppitz
Psychological Assessment
Wechsler's DFH-III
Resumo em inglês
Psychological evaluations in children is one of the most important social needs in Psychology nowadays, mainly due to the innumerous complaints brought by parents and children themselves which require reliable and accurate methods of assessment. One of the main tools in children's assessment is the Drawing of the Human Figure - DHF - which allows can be evaluated by different score systems. One of the most well-known and internationally used is the method proposed by Koppitz (1968), which establishes objective criteria and is easy to correct. It includes developmental scales, which are used to evaluate children's development, and emotional indicators, which are used to determine emotional problems. In Brazil, there is the Wechsler method, named DFH-III, which also includes objective itens and is accompanied by examples. The DFH-III has been validated in a Brazilian population. The present study's objectives were to investigate whether the criteria proposed by Koppitz for maturational and emotional evaluation of children discriminate the same, with and without emotional problems. To compare the two evaluation systems, Koppitz and DFH-III, in a sample of 623 children, without severe behavior disorders, physical or mental disability, and to establish the concurrent validity of the DFH. Three studies were carried out comparing a group of 169 children, aged 6 to eleven years old, who have had psychological treatment for various reasons, with a control group of 169 students, paired by age, presenting no emotional problems. The study also compared 22 children with learning problems and 55 children with Attention Deficit Hyperactivity Disorder to 22 and 55 paired control children respectively. Finally, the present research investigated the reliability of the test for both DFH assessment systems, investigating the temporal stability of the instrument. The results were favorable both to the convergent and discriminant validity of both assessment systems, with greater sensitivity found in the DFH-III. We expect to contribute to the quality of the tools employed in the evaluation of children, specifically the Drawing of the Human Figure, which we believe can be used with greater reliability and accuracy in the professional practice. We intend to continue our research with the Drawing of the Human Figure but adding stories to the drawings
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Rinaldi_LD.pdf (1.16 Mbytes)
Data de Publicação
2019-04-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.