• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Livre Docencia
Documento
Autor
Nome completo
Geraldo José de Paiva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1993
Banca examinadora
Chiarottino, Zelia Ramozzi (Presidente)
Ades, Cesar
Beisiegel, Celso de Rui
Negrao, Lisias Nogueira
Sevcenko, Nicolau
Título em português
Itinerários religiosos de acadêmicos: um enfoque psicológico.
Palavras-chave em português
Academia
Ciência e religião
Psicologia da religião
Resumo em português
Com o recurso de referências cognitivas, para o plano do consciente, e psicanalíticas, para o plano do inconsciente, foram discutidas, mormente sob o signo do conflito, as relações que, do ponto de vista epistemológico e principalmente do ponto de vista psicológico, estabelecem acadêmicos avançados entre ciência e religião. Foram abordados, através de entrevista semi-estruturada, 26 docentes, com o título mínimo de doutor, em RDIDP, da Universidade de São Paulo: 10 da área de ciências exatas (físicos), 8 da área de biociências (zoólogos) e 8 da área de ciências humanas (historiadores). Os principais resultados apontaram (a) a inexistência de conflito epistemológico entre ciência e religião; (b) a inexistência de conflito psicológico entre ciência e religião no plano do consciente; (c) a ocorrência de diversos conflitos psicológicos no plano do inconsciente, que não derivam, contudo, especificamente, do status acadêmico dos entrevistados; (d) um processo de secularização em marcha, entendido como desafiliação da instituição religiosa mas não como rejeição do religioso. Os resultados foram comparados com os apresentados em pesquisas com acadêmicos de outros países.
Resumo em inglês
The relationships that advanced academics establish between science and religion, on the epistemological and psychological points of view, were discussed, specially under the concept of conflict, within a cognitive frame of reference, on the conscious level, and a psychoanalytical frame, on the unconscious level. 26 academies, from the three main scientific areas of knowledge, with at least a Ph.D. or a Sc.D. degree, working full-time at the University of São Paulo, 10 physies, 8 zoologists and 8 historians, were approaehed by means of a semi-struc. tured interview. The main results showed (a) there is no epistemological conflict between science and religion; (b) there is no psychological conflict between science and religion on the conscious level; (c) there are several psychological conflicts between science and religion on the unconscious level, not attributable, however, to the academic status of the interviewees; (d) there is a process of secularization underway, considered as a disaffiliation from the religious institution, but not as a rejection of religion.The results were compared to those obtained in similar researches with academics of other countries.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2006-04-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.