• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Livre Docencia
DOI
10.11606/T.46.2012.tde-17092012-143527
Documento
Autor
Nome completo
Paschoal Ernesto Americo Senise
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Banca examinadora
Hauptman, Heinrich (Presidente)
Feigl, Fritz
Ferri, Mário Guimarães
Lourenco, Oscar Bergstron
Maffei, Francisco João Humberto
Título em português
Sobre a reação entre ions de cobalto(II) e ions azoteto
Palavras-chave em português
Autoxidação de Co(II)
Espectrofotometria
Reação cobalto azoteto
Reações químicas
Redox induzida de S(IV)
Soluções aquosas
Resumo em português
1 - É descrita a reação entre ions de cobalto e ions azoteto. Verifica-se que a coloração violeta de soluções aquosas pode passar a azul pela adição de alcoois ou de acetona, de maneira semelhante ao que ocorre na conhecida reação de VOGEL, entre ions tiociânicos e de cobalto. 2 - São estudadas as características principais da reação, tanto em solução aquosa, como em meio aquoso-orgânico, sendo o efeito de vários fatores controlado, principalmente por via espectrofotométrica. Das propriedades observadas destacam-se, em contraste com a reação de VOGEL, a não extractibilidade da côr por solventes orgânicos e a auto-oxidabilidade das soluções. 3 - A natureza das soluções aquosas é pesquisada por métodos espectrofotométricos diversos e em condições diferentes, sendo provada a existência do ion complexo [Co(N3)]+ como primeiro produto da reação e demonstrada a possibilidade de formação de compostos mais ricos em N3-, com indicações que levam a admitir uma proporção máxima de 1:4 de Co++ para N3-. 4 - Soluções aquoso-acetônicas, estabilizadas com ácido ascórbico, são submetidas à análise espectrofotométrica, provando-se a existência nas soluções azuis de um ion complexo de Co++ e N3-, na proporção de 1:4. 5 - São isolados de soluções aquosas, mediante o emprego de sais de fosfônio e de arsônio, os compostos [Co(N3)4] [(C6H5)4P]2 e [Co(N3)4] [(Co6H5)4As]2 e é provada a identidade dos espectros de absorção dessas substâncias em solução acetônica com os das soluções azuis, mencionadas no item anterior. 6-É determinado o valor aproximado da constante de estabilidade do cation [Co(N3)]+ por meio de dois métodos espectrofotométricos independentes. 7 - É examinado o fenômeno da oxidabilidade das soluções de ions de cobalto(II) contendo excesso de ions N3- e é aplicado o método da variação contínua no estudo espectrofotométrico de soluções oxidadas, tendo como solventes água-álcool metílico e água-acetona. São obtidos resultados diferentes nos dois casos, mas que mostram a possibilidade de formação de vários complexos, na proporção de cobalto para azoteto de 1:3, 1:4, 1:5 e 1:6. 8 - É isolado, de soluções oxidadas, com o auxílio de cloridrato de quinina, um composto que à análise revela a fórmula [Co(N3)6] [C20H25N202]3. 9- É focalizada a ação de sulfitos como aceleradores da oxidação de soluções de ions Co++ e N3-, explicando-se o fenômeno em termos de uma oxidação induzida pela auto-oxidação do SO2. 10 - São discutidas algumas possibilidades de aplicação analítica e elaboradas provas de toque para a identificação microanalítica de cobalto e de sulfitos, baseadas no processo citado no item precedente.
Título em inglês
On the reaction between cobalt(II) and azide ions
Palavras-chave em inglês
Aqueous solutions
Autoxidation
Chemical reactions
Co(II)
Cobalt azide reaction
Induced redox of S(IV)
Spectrophotometry
Resumo em inglês
Abstract not available.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-10-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.