• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Livre Docencia
DOI
10.11606/T.44.2019.tde-25032019-153506
Documento
Autor
Nome completo
Luiz Eduardo Anelli
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Banca examinadora
Almeida, Renato Paes de (Presidente)
Barreto, Alcina Magnolia Franca
Basso, Juliana de Moraes Leme
Carvalho, Ismar de Souza
Fernandes, Antonio Carlos Sequeira
Título em português
Ações para o ensino e divulgação científica em Paleontologia
Palavras-chave em português
Divulgação científica
Educação
Ensino
Extensão
Paleontologia
Resumo em português
A Universidade está entre as mais importantes fontes pelas quais emana a cultura de uma nação. Ambiente promotor e facilitador da pesquisa, tem ainda como propósito a criação, o ensino e a extensão do conhecimento à sociedade. Seu motor principal, o conjunto de professores que atua nas diversas áreas produzindo novos conhecimentos, tem também por missão formar pessoal qualificado, bem como proporcionar à sociedade o acesso a toda ciência ali contida, de modo acessível e inteligível. No entanto, sem contato direto com a grande maioria dos cidadãos, necessita de meios facilitadores para essa comunicação. No caso das Ciências da Terra, especificamente se tratando da grande subárea da Paleontologia, material didático como réplicas de fósseis, livros, espaços expositivos, documentários veiculados na grande mídia, se não inexistentes, permanecem ainda raros. Ao longo dos últimos 20 anos, pressionado pela forte demanda social por conhecimento da nossa pré-história, em especial no que diz respeito aos nossos dinossauros, pude exercitar diferentes práticas ligadas ao ensino e extensão universitária por meio de diversas ações e parcerias com colegas na Universidade, pessoal e empresas fora da Universidade. O conhecimento da préhistória pelos brasileiros foi ao longo das décadas anteriores praticamente ligado ao passado de países do Hemisfério Norte. Esses fizeram da própria pré-história um dos pilares da cultura em seus diversos segmentos sociais, na educação formal, e no entretenimento científico e lúdico. No entanto, temos hoje uma pré-história própria, rica e vasta. Por meio de grandes exposições, réplicas de material nacional, livros, palestras e conferências, e atuações em jornais, rádio e televisão, pude colaborar com a dispersão em grande escala do conhecimento paleontológico nacional acumulado nos últimos 20 anos pelo trabalho da nova geração de paleontólogos brasileiros. O conhecimento desse imenso e ricamente diversificado patrimônio cultural nacional deve fazer parte da educação formal e do entretenimento científico de todos os brasileiros. Como parte da cultura nacional, incentivará o cidadão comum a se identificar com o passado, o presente, e o futuro do seu país, incrementando o exercício da cidadania, e o desfrute da própria cultura, desvendada, criada e irradiada a partir do trabalho de professores no interior das universidades sustentadas pela sociedade.
Título em inglês
not available
Palavras-chave em inglês
not available
Resumo em inglês
The university is among the most important sources by which the culture of a nation emanates. As a promoter and facilitator of research, it also generates knowledge in different areas, educates, and qualifies people. At its heart, the faculty also has the mission of find ways to facilitate in an intelligible way access to that knowledge for all of society. However, without direct connection to the vast majority of the population, the university needs appropriate means for this communication. In the case of Earth Sciences, specifically the great subarea of Paleontology, educational material, books, exhibition spaces, documentaries, and broadcasts in the mainstream media remain rare to the point of being practically nonexistent. Over the past 20 years, under pressure of social demand for the knowledge of our own prehistory, especially considering our dinosaurs, by means of different actions and partnerships with universities and private organizations, I have been able to develop different practices related to university education and outreach activities. Over decades the knowledge of prehistory for Brazilian citizens has been related almost completely to the paleontological history of other countries located in the northern hemisphere. These countries have made prehistory itself a pillar of their cultures in its various social segments, including formal education, entertainment for leisure and science. However, today, our own prehistory is rich, vast and well consolidated. By means of large expositions, books, educational material, lectures and conferences, newspaper, radio and television interviews, I have been able to collaborate with the large-scale diffusion of Brazilian paleontological knowledge that has accumulated over the last 20 years by the work of the new generation of Brazilian paleontologists. The knowledge of this immense and richly diversified national cultural heritage should be part of the formal education and available for the scientific entertainment of all Brazilians. As an integral part of our national culture, it leads the common man to identify himself with the past, present and future of his country, to exercise more fully his citizenship, and to enjoy his own vast culture as revealed, created and radiating from the work of teachers and researchers within the universities his society supports.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-03-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.