• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.99.2018.tde-04092018-090320
Documento
Autor
Nome completo
Giovana Santos Caleiro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Romano, Camila Malta (Presidente)
Braconi, Carla Torres
Fernandez, Sandra
Kirchgatter, Karin
Título em português
Investigação da presença do retrovírus da Reticuloendoteliose aviária (REV) e do anticorpo IgG do vírus Oeste do Nilo (WNV) em aves
Palavras-chave em português
Aves
Brasil
Flavivirus
Reticuloendoteliose aviária
Retroviridae
Resumo em português
As aves podem carregar um grande número de patógenos. As aves migratórias, por viajarem longas distâncias, são as principais responsáveis pela disseminação de agentes infecciosos. Entre os agentes, destacam-se os vírus, como por exemplo o retrovírus da Reticuloendoteliose aviária (REV), amplamente distribuído; e o vírus da febre do Oeste do Nilo (WNV), uma virose reemergente, com caráter zoonótico. Os principais sintomas da Reticuloendoteliose aviária incluem anemia, doença de Runting e síndrome não neoplásica aguda. Já o agente etiológico da Febre do Nilo Ocidental, é o Flavivirus West Nile (WNV).. As aves são seus hospedeiros definitivos e os humanos são hospedeiros acidentais, podendo manifestar quadro febril, e em menor porcentagem, meningite e encefalite. Mosquitos dos gêneros Culex e Aedes spp são os principais transmissores do vírus. Ao contrário do REV que não dispõe de evidências de sua circulação no Brasil, há evidências do WNV em aves e equinos e mais recentemente, em humanos. O objetivo desse trabalho foi investigar a presença do REV e do WNV em aves silvestres e de cativeiro da cidade de São Paulo e do Norte do estado do Pará. Sangue, soro e swab de cloaca foram coletados, totalizando mais de 1000 amostras. Através de técnicas moleculares foi possível detectar a presença do REV em 74 amostras (16%), todas do estado do Pará. O sequenciamento parcial dessas amostras e sua filogenia sugeriu que a migração de aves EUA-Brasil possa ter sido a rota utilizada. Através de ELISA anti-IgG de WNV, 4 amostras de São Paulo foram positivas. Apresentamos a primeira evidência do REV no país e sugerimos a presença do WNV no estado de São Paulo.
Título em inglês
Investigation of the presence of avian reticuloendotheliosis retrovirus (REV) and West Nile virus (WNV) IgG antibody in birds.
Palavras-chave em inglês
Birds
Brazil
Flavivirus
Reticuloendotheliosis virus
Retroviridae
Resumo em inglês
Birds can carry a large number of pathogens. The migratory birds are most responsible for the spread of infectious agents due to long distance travels. Among these pathogens, the most notable are viruses, such as the avian Reticuloendotheliosis retrovirus (REV), widely distributed; and the West Nile virus (WNV), a reemerging zoonotic disease. The main symptoms of avian reticuloendotheliosis include anemia, Runting's disease and acute nonneoplastic syndrome. The etiological agent of West Nile fever is Flavivirus West Nile (WNV). Birds are their definitive hosts and humans are accidental hosts, which generaly present febrile symptoms, but at less proportion,, meningitis and encephalitis. Mosquitoes of the genus Culex and Aedes spp are the main vectors of the virus. Differently from the REV that has no evidence of its circulation in Brazil, there is evidence of WNV in birds and horses and more recently in humans. The objective of this work was to investigate the presence of REV and WNV in wild birds and captive birds from the city of São Paulo and Northern from Pará State. Blood, serum and cloacal swab were collected, resulting in more than 1000 samples. Through molecular techniques it was possible to detect the presence of REV in 74 samples (16%), all from the State of Pará. The partial sequencing of these samples and their phylogeny suggested that the migration of US-Brazil may have been the route for the virus entry. Through anti-WNV IgG ELISA, 4 samples from São Paulo were positive. We present the first evidence of REV in the country and suggest the presence of WNV in the state of São Paulo.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-09-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.