• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Expedicto Ribeiro de Carvalho Júnior
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Lorena, 2017
Orientador
Banca examinadora
Catuogno, Célia Regina Tomachuk dos Santos (Presidente)
Chavez, Juan Daniel Rivaldi
Pereira, Marco Antonio Carvalho
Shigue, Carlos Yujiro
Título em português
Educação ambiental: potencialidades e entraves à uma educação emancipatória em um município do Vale do Paraíba
Palavras-chave em português
Cidadania
Educação Ambiental
Ensino
Escolas Públicas
Resumo em português
A Educação Ambiental (EA) surge no âmbito das sociedades modernas forjadas com a Revolução Industrial. Os problemas advindos desta se dão devido à maneira como o homem passa a se relacionar com os recursos naturais, onde há um descompasso entre o tempo da produção e o tempo da natureza ocorrendo uma consequente degradação. Neste sentido, a EA discute formas de apropriação do meio ambiente e a possibilidade/necessidade de relações mais harmônicas com o mesmo. Este trabalho se caracterizou por investigar as potencialidades e entraves/dificuldades à efetivação da Educação Ambiental nas escolas públicas em um município do Vale do Paraíba, e compor um perfil para os coordenadores pedagógicos das escolas municipais dessa região, em relação à EA. O levantamento de dados foi realizado por meio de um questionário, construído com base na escala Likert de 5 pontos, respondido pelos coordenadores. A tabulação foi realizada levando-se em consideração a localidade da escola de atuação dos coordenadores (escola urbana e central, escola urbana e periférica e escola rural); em seguida procedeu-se a validação dos dados com a utilização do programa Biostat 5.3, no qual foi realizado análise de variância seguindo o teste de Kruskal Wallis e nos casos em que resultou em variâncias significativas, foi realizado pós-teste em Student Newman Keuls para comparar duas a duas as variáveis e identificar as diferenças significativas entre elas. Os resultados apontaram para um perfil dos coordenadores pedagógicos que ainda estão centrados no cognitivismo, assumindo trabalhos/ações pontuais e desconexas em relação à EA. Observou-se, também, que as concepções dos coordenadores pedagógicos são recortadas e que isso replica nos professores que segundo os coordenadores não se articulam enquanto equipe de docentes, tampouco o fazem com a comunidade a qual a escola se insere, o que reforça o caráter cognicista da EA. Notou-se que na região rural, apesar de compor um pequeno número de unidades, existe um pensamento, por parte dos coordenadores e por consequência de toda a escola, no campo pedagógico, de mudança de direção na concepção e abordagem da EA. Esse cenário, apesar de estágio inicial, constitui-se enquanto possibilidade à EA e pode corroborar para auxiliar na mudança de paradigma da EA nesta rede de ensino. Da mesma maneira, a EA enquanto transversalidade e vista sob a ótica emancipatória, pode contribuir para que a escola assuma seu papel, enquanto espaço propício para a escola, no uso de sua autonomia declarada, se constituir enquanto espaço público de formação para o exercício da prática cidadã.
Título em inglês
Environmental education: potentials and obstacles to an emancipatory education in a municipality of the Paraíba Valley
Palavras-chave em inglês
Citizenship
Education
Environmental Education
Public Schools
Resumo em inglês
Environmental Education (EE) is the product of the modern social values forged by the Industrial Revolution. The conflicts regarding EE revolve around differing views of natural resources and concepts of commercial time-in-production and the limited time in nature that results in environmental degradation. In this temporal sense, EE reveals viable ways of environment management and examines the possibilities for a harmonious relationship with nature. This work is an investigation of the potentials and obstacles in implementing EE in public schools for the Brazilian municipality of Vale do Paraíba and the composition of a formulary for EE curriculum coordinators in the municipal schools of that region. Data was collected through a questionnaire sent to the coordinators based on the five-point Likert scale. Calculations took into account the participants' locality and demographics (urban and central school, urban and peripheral school, or rural school), which was validated using the Biostat 5.3 program that applied the Kruskal Wallis test for variance analysis. A two-variable Student Newman Keuls procedure identified, in the data, a significant variability. Findings showed pedagogical coordinators for environmental education remain centered on cognitivism with emphasis on punctual and disconnected works/actions. Coordinators" pedagogical concepts are fragmented and strongly reflected in the isolation of teaching staff who, according to the coordinators, act without exchanges or teamwork. Coordinators stated that faculty members do not engage in community outreach nor show involvement with the community schools or the environment itself. This pattern of behavior reinforces the cognitivist attitudes for EE. Though rural locations had a lesser number of scholastic units, a noticeable variance was found in pedagogical coordination regarding both the focus and approach to EE concepts which, consequently, had schoolwide impact. Even in this early stage, findings show the use of alternatives and recognition within teaching organizations for the imperative of positive changes regarding EE. When circumstances allow, the multidisciplinary nature and independence of those teaching EE can align well with the social autonomy of schools in providing spaces for public education and citizen participation.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
PED17012_C.pdf (2.07 Mbytes)
Data de Publicação
2019-05-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.