• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.96.2008.tde-25042008-130815
Documento
Autor
Nome completo
Priscila Rezende da Costa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2008
Orientador
Banca examinadora
Porto, Geciâne Silveira (Presidente)
Galina, Simone Vasconcelos Ribeiro
Mendes, Andrea Paula Segatto
Título em português
A cooperação tecnológica nas multinacionais brasileiras: um estudo multicaso
Palavras-chave em português
Cooperação tecnológica
Multinacionais brasileiras
Resumo em português
À medida que o conhecimento e a inovação tornam-se mais importantes para o sucesso competitivo das organizações, surge a necessidade de avaliar as iniciativas que promovem a criação de novos conhecimentos e a geração de inovações tecnológicas, tais como as parcerias tecnológicas firmadas entre empresas e universidades. Visando ao aprofundamento deste tema, buscou-se identificar o estágio de desenvolvimento da cooperação empresauniversidade nas multinacionais brasileiras. Para tanto, foi realizada uma pesquisa qualitativa descritiva e foram efetuados múltiplos estudos de caso. As multinacionais brasileiras estudadas em profundidade foram: Embraco, Alfa, Beta, Tigre e WEG. Dados primários foram coletados junto às empresas estudadas por meio de entrevistas semi-estruturadas e questionários. Foram também obtidos dados complementares sobre as empresas estudadas em fontes secundárias. O arcabouço teórico que suportou a pesquisa abordou sete temas centrais, sendo eles a inovação e a capacitação tecnológica, a gestão da P&D, a cooperação empresauniversidade, a cooperação tecnológica internacional, a internacionalização de empresas, a internacionalização de P&D e as multinacionais brasileiras. Os resultados da pesquisa indicaram que o estágio de desenvolvimento da cooperação empresa-universidade é predominantemente intermediário nas multinacionais brasileiras estudadas. Foi também possível verificar que não existe um consenso ou padrão rígido para a utilização de determinados arranjos e mecanismos para a cooperação tecnológica nas multinacionais brasileiras, a escolha dos mesmos dependerá da posição e dos objetivos de cada participante frente ao processo cooperativo e deverá contemplar a maleabilidade e adequações necessárias ao tipo de relação a ser desenvolvida. Por fim, o trabalho ressalta que a cooperação empresauniversidade é um grande propulsor da competitividade tecnológica e, cada vez mais, deverá ser foco de atenção das empresas, das universidades e do governo.
Título em inglês
The technological cooperation in the Brazilian multinational: a multi case study
Palavras-chave em inglês
Brazilian multinationals
Technological cooperation
Resumo em inglês
As knowledge and innovation become more important to the competitive success of the organizations, the need to evaluate the initiatives that promote the creation of new knowledge and the generation of technological innovations, such as technology partnerships signed between companies and universities arises. In order to deepen this issue, we have tried to identify the development stage of company-university cooperation in Brazilian multinationals. For this, a qualitative and descriptive research was conducted and several case studies were done. Brazilian multinationals studied in depth were: Embraco, Alfa, Beta, Tigre and WEG. Primary data were gathered from the companies using semi-structured interviews and questionnaires. Additional data about the studied companies were also obtained from secondary sources. The theoretical framework that supported the search addressed seven key issues: innovation and technological training, management of R&D, business-university cooperation, international technological cooperation, internationalization of enterprises, internationalization of R&D and Brazilian multinationals. The results indicate that the development stage of business-university cooperation is predominantly intermediary in the studied Brazilian multinational. It was also possible to see that there is a consensus or rigid standard for the use of certain arrangements and mechanisms for technology cooperation in Brazilian multinational, and their choices will depend on each participant's position and goals face the cooperative process and should consider flexibility and adjustments necessary and the kind of relationship to be developed. Finally, the work emphasizes that business-university cooperation is a major propellant for technological competitiveness and, increasingly, to be the companies of, universities and the government's attention focus.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-05-08
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • COSTA, P. R., PORTO, G. S., e PLONSKI, G. A. Gestão da Cooperação Empresa-Universidade nas Multinacionais Brasileiras. RAI : Revista de Administração e Inovação, 2010, vol. 77, p. 148-171.
  • COSTA, P. R., et al. O Papel da Inovação na Internacionalização das Empresas Brasileiras de Médio Porte que atuam no Setor de Tecnologia da Informação e Comunicação. In XIII SEMEAD, São Paulo, 2010. XIII SEMEAD., 2010. Dispon?vel em: http://https://wwws.cnpq.br/curriculoweb/pkg_menu.menu?f_cod=6177711EBAB6E9D19C997E617EE87594.
  • COSTA, P. R., PORTO, G. S., e BENEDETE, A. T. Gestão de P&D e Cooperação Tecnológica nas Multinacionais Brasileiras: Particularidades do Desenvolvimento Interno e Externo. In XXXII Encontro da ANPAD, Rio de Janeiro, 2008. XXXII Encontro da ANPAD., 2008.
  • COSTA, P. R., PORTO, G. S., e PLONSKI, G. A. Gestão da Cooperação Empresa-Universidade nas Multinacionais Brasileiras. In Encontro Científico de Administração - ANPAD, São Paulo, 2009. Anais do XXXIII EnANPAD., 2009.
  • FIGLIOLI, A., COSTA, P. R., e PORTO, G. S. Innovation Trajectory of Brazilian Innovative Pharmaceutical Companies. In Triple Helix VIII International Conference On University, Industry And Government Linkages, Madri, 2009. Triple Helix VIII International Conference On University, Industry And Government Linkages., 2009.
  • PORTO, G. S., et al. Gestão de P&D de empresas multinacionais brasileiras. In Afonso Fleury. Gestão Empresarial para a internacionalização das empresas brasileiras. Organizador. Sao Paulo : ATLAS, 2010{Volume}, p. 101.http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/96/96132/tde-25042008-130815/
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.