• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.96.2011.tde-18102011-160850
Documento
Autor
Nome completo
Fernanda de Tavares Canto Guina
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2011
Orientador
Banca examinadora
Giraldi, Janaina de Moura Engracia (Presidente)
Ikeda, Ana Akemi
Neves, Marcos Fava
Título em português
O efeito país de origem na comercialização da carne bovina brasileira na Europa: um estudo com estudantes e funcionários de universidades europeias, importador europeu e exportadores brasileiros
Palavras-chave em português
Atitude do consumidor
Carne bovina brasileira
Efeito país de origem
Imagem de país
Mercado europeu
Resumo em português
Estudos têm demonstrado que idéias pré-estabelecidas e estereotipadas dos indivíduos com relação a países podem afetar suas atitudes em relação a produtos oriundos dessas nações. Tal fato é conhecido como efeito país de origem. Nesse contexto, vale destacar que apesar de o Brasil ter assumido nesta década a posição de maior exportador de carne bovina do mundo, seu papel de liderança nesse campo é criticado por muitos europeus, que acreditam que a pecuária brasileira é responsável por grande parte da destruição da floresta amazônica, pela exploração da mão-de-obra barata e até mesmo escrava e, ainda, por realizar baixo investimento na sanidade dos animais. O objetivo geral desta pesquisa é, portanto, analisar a influência da imagem do Brasil na comercialização da carne bovina brasileira na Europa. Este estudo possui uma parte exploratória e outra descritiva, composta por uma etapa quantitativa e outra qualitativa. Além da revisão bibliográfica, foram realizadas entrevistas com exportadores brasileiros, membros de entidades de classe que representam o setor exportador e importador europeu, com o objetivo de complementar os resultados da etapa quantitativa, foco principal da pesquisa. Durante a etapa quantitativa foi realizado um levantamento junto a estudantes e funcionários de universidades na França, Alemanha, Irlanda e Inglaterra, de forma a analisar em que medida a imagem do Brasil pode afetar suas atitudes em relação à carne bovina. Esta pesquisa pôde concluir que crenças em relação a países podem diferir de acordo com o grau de similaridade percebida entre o país do respondente e o país analisado, além de questões demográficas, como local de residência, sexo e faixa etária.Tais fatores também podem moderar a magnitude do efeito país de origem. Conclui-se, também, que os aspectos relativos à comunicação, distribuição e diferenciação dos produtos brasileiros foram os que receberam a pior avaliação por parte dos consumidores que participaram do levantamento, o que significa a necessidade de maior investimento do setor privado e do Governo em ações voltadas para a comunicação dos produtos brasileiros no exterior. Além disso, parece fundamental exaltar nessas campanhas de comunicação, aspectos relacionados às artes e à festividade e amabilidade do povo brasileiro, dimensões bem avaliadas pelos respondentes em todos os países. Observou-se que o total de respondentes avaliou de forma neutra a imagem do Brasil, de uma forma geral, e não houve influência significativa da imagem do Brasil na atitude em relação à carne bovina. Pode-se concluir, portanto, que o efeito país de origem para o total de respondentes foi, apesar de positivo, pouco expressivo. Ao analisar grupos separadamente, observou-se diferenças significativas do efeito país de origem entre as distintas faixas etárias, país de residência, os diferentes gêneros e, entre os grupos com maior ou menor grau de familiaridade e, ainda, envolvimento com o produto. Houve, ainda, diferenças entre os grupos com maior ou menor nível de conhecimento do Brasil. No que se refere às limitações da pesquisa, pode ser destacada a população-alvo definida para esse estudo, tendo em vista que a mesma não abrange outros importantes mercados com os quais o Brasil mantém relações comerciais, como outros países europeus, os Estados Unidos e países asiáticos, ou mesmo diferentes segmentos de consumidores europeus. Pôde-se, com os resultados da pesquisa, avançar no estado da arte nas pesquisas sobre imagem de país e, ainda, colaborar com os profissionais e teóricos de marketing, para que possam melhor gerenciar o construto país de origem como ferramenta de marketing.
Título em inglês
The country origin effect on the Brazilian beef trade in Europe: a study with students and staff of European universities, European importer and Brazilian exporters
Palavras-chave em inglês
Brazilian beef
Consumer attitude
Country image
Country of origin effect
European market
Resumo em inglês
In the last years, studies has showed that pre-established ideas and stereotyped from individuals about countries can interfere in their attitudes concerning products from theses nations, phenomena denominated by some authors as the country origin effect. In this context, is important to say that even Brazil has become the main Beef exporter of the world, your leadership in this area has been criticized for some Europeans, who believe that the Brazilian livestock is responsible for Amazon Deforestation, slave work and also, the producers has a low concern with animal health. this position was achieved despite of Amazon deforestation, slave work and not enough animal health care. Brazilian government and the exporter sector have been working to change the image of all productive chain has abroad, showing measures to reduce the environment impact of the activity, in the health care of the animals and in the labor law attendance. Therefore, the main goal of this research is to analyze the influence of Brazilian image in the Brazilian beef trade in Europe. This research is exploratory and descriptive and had a quantitative and a qualitative part. Further the bibliography research, interviews were made with representatives of Brazilian beef exporters and European importer, with the aim of complementing the main focus of this research, the quantitative part. During the quantitative part, a survey was administrated with students and professionals from Europeans universities in France, England, Ireland, and German, in order to know how can Brazilian image affect their attitudes concerning Brazilian beef. This study could conclude that beliefs about countries could be different according the perceived similarity between the respondent country and the analyzed nation, as well as demographic factors, such as place of residence, gender and age. These factors can also moderate the country of origin effect. It also possible to conclude that the aspects related to the communication, distribution and differentiation of Brazilian products receive the worst evaluation from the consumers that had participate of the survey, which means the necessity of improve the investments from the Government and the private sector in this area. Therefore, seems to be very important to give emphasis in theses campaigns, in aspects related with arts, festivity and the friendliness of Brazilian people, dimensions very well evaluated by the respondents. The total of respondents present, in a general way, a neutral evaluation about Brazilian image and the influence of this on the attitude concerning Brazilian beef was not expressive. It is possible to conclude that the country of origin effect, despite of positive, was inexpressive. Analyzing groups separately, it is possible to affirm that the country of origin effect were different between ages, gender and country of residence. It is also different according the level of enrollment and familiarity with Brazilian beef, and between the levels of Knowledge of Brazil. Concerning the limitations from the study, the target population do not achieve others important markets with them Brazil has commercial relations; such as another European countries, Asian countries, USA, even others segments of European consumers. With the results of this study, it was possible to go forward in the state of art in the research about country image and also help marketing professionals and theorist in order to better manage the country of origin as marketing tool.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-11-01
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • GUINA, F. T. C., and GIRALDI, J. M. E. Differences on the image of Brazil in External Markets according to consumers age, gender, knowledge about the country and country of residence. International Journal of Business Science and Applied Management [online], 2012, vol. 7, p. 13-28. Available from: http://www.business-and-management.org/download.php?file=2012/7_2--13-28-Guina,Giraldi.pdf.
  • GUINA, F. T. C., and GIRALDI, J. M. E. The Country of origin effect on Brazilian Beef Trade in Europe: the moderating role of gender, age and product involvement. Journal of Food Products Marketing, 2013.
  • GUINA, F. T. C., and GIRALDI, J. M. E. The evaluation of Brazilian beef in Europe: consumers, importers and exporters perspectives. The International Food and Agribusiness Management Review [online], 2013, vol. 16, p. 101-122. Available from: http://https://www.ifama.org/publications/journal/vol16/cmsdocs/20120084_(5).pdf.
  • GUINA, F. T. C., and GIRALDI, J. M. E. The role played by country knowledge and product familiarity in the country-of-origin effect: a study on Brazilian Beef in Europe. Revista de Globalizacion, Competitividad y Gobernabilidad [online], 2012, vol. 6, p. 81-94. Available from: http://gcg.universia.net/pdfs_revistas/articulo_228_1346146201140.pdf.
  • GUINA, F. T. C., e GIRALDI, J. M. E. Um ensaio sobre os construtos imagem de país e efeito país de origem. Revista Brasileira de Gestão e Desenvolvimento Regional [online], 2012, vol. 8, p. 319-343. Dispon?vel em: http://www.rbgdr.net/revista/index.php/rbgdr/article/view/678/295.
  • Guina, Fernanda De Tavares Canto, and Giraldi, Janaina de Moura Engracia. Attitudes towards Brazilian Beef: Differences in European Consumers Perspectives according to Country of Residence and Demographic Characteristics [doi:10.5296/jmr.v4i3.1713]. Journal of Management Research [online], 2012, vol. 4, p. 66-80.
  • GUINA, F. T. C., et al. European consumers attitudes towards Brazilian beef. In IFAMA (International Food and Agribusiness Management Association) 2012 Annual World Symposium, Shanghai, China, 2012. 2012 Annual World Symposium. The Road to 2050: "The China Factor"., 2012. Available from: http://https://www.ifama.org/events/conferences/2012/cmsdocs/Symposium/PDF%20Symposium%20Papers/552_Paper.pdf.
  • GUINA, F. T. C., and GIRALDI, J. M. E. The country-of-origin effect for the Brazilian beef in Europe: Exporters, importers and consumers' perspectives. Saarbrücken : LAP LAMBERT Academic Publishing, 2011{Volume}.{Serie}
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.