• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.96.2016.tde-05092016-163551
Documento
Autor
Nome completo
Marina Toledo de Arruda Lourenção
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2016
Orientador
Banca examinadora
Giraldi, Janaina de Moura Engracia (Presidente)
Cezarino, Luciana Oranges
Galina, Simone Vasconcelos Ribeiro
Ikeda, Ana Akemi
Título em português
Desenvolvimento de modelo de identidade para marca setorial: um estudo sobre a marca Brasil Fashion System
Palavras-chave em português
Marca Brasil Fashion System
Marca setorial
Modelo de identidade de marcas setoriais
Resumo em português
Alguns setores da economia não se identificam ou não se beneficiam da imagem passada pelo seu país de origem. Para eles é necessária a criação de uma identidade própria por meio das marcas setoriais, para competição no mercado externo. O presente estudo propõe um modelo de identidade para marcas setoriais e verifica sua aplicabilidade para a marca setorial Brasil Fashion System. Foram definidos três objetivos específicos. O primeiro consiste em identificar quais são os atributos envolvidos na construção da identidade setorial da marca estudada diante das organizações responsáveis pela sua formação. O segundo, em identificar quais são os aspectos comuns percebidos na sua identidade entre as organizações responsáveis pela sua formação. O terceiro, em identificar quais são os desafios e os benefícios trazidos pela marca setorial Brasil Fashion System. Foi desenvolvida uma pesquisa qualitativa exploratória por meio de entrevistas em profundidade, realizadas com três grupos: i) Gestores das associações que fazem parte da marca Brasil Fashion System; ii) Gestora da Agência de Promoção a Exportação Brasileira (Apex-Brasil); iii) Diretor da empresa Gad, responsável pela consultoria realizada para a marca setorial estudada. Os resultados indicam que os atributos do modelo de identidade para marcas setoriais podem ser aplicados à marca Brasil Fashion System com exceção de dois elementos: embalagem e ação dos distribuidores e fornecedores. Foi descoberto que os atributos da identidade da marca setorial de moda não foram percebidos de modo convergente pelas associações que a compõem e, por fim, que a marca setorial Brasil Fashion System atualmente não está trazendo benefícios para o setor de moda brasileiro porque não está sendo utilizada corretamente. Os entrevistados acreditam que se a sua campanha de marketing fosse colocada em prática a marca poderia trazer benefícios ao setor. Os motivos indicados pela falta de utilização da marca estão relacionados à dificuldade de encontrar mercados-alvo comuns entre as associações para que elas possam realizar eventos no exterior em conjunto; ao grande número de marcas da Apex existentes e que devem ser utilizadas ao mesmo tempo pelas associações; à definição de atributos para a Brasil Fashion System que não são adequados a todas as associações; à frequente troca de gestores da Apex e das associações que dificulta a continuidade de projetos setoriais e à ausência de um comitê responsável pelo desenvolvimento da marca. Acredita-se que marcas setoriais que representem setores menores podem trazer maiores benefícios, uma vez que a sua gestão é facilitada pelo menor número de diversidade existente entre as organizações representadas pela marca. Espera-se que o modelo desenvolvido possa ser aplicado para a construção da identidade de marcas setoriais de outros setores em trabalhos posteriores, contribuindo para a gestão e estudos nesta área
Título em inglês
Identity model development for sector brands: a study about Brasil Fashion System brand
Palavras-chave em inglês
Brand Brasil Fashion System
Identity model for sector brands
Sector brand
Resumo em inglês
Some economy's sectors do not identify or do not benefit themselves from disseminated image for their country of origin. For them is necessary to create their own identity through sector brands to compete in foreign markets. This study aims to propose a model of identity for sector brands and verify its applicability to the sector brand Brazil Fashion System. Additionally, this study has also defined three specific objectives. The first is to identify what are the attributes involved in the construction of the sector brand identity in view of the brand management organizations. The second one is to identify what are the common attributes perceived by fashion industry association in the sectorial brand. The third one is to identify what are the challenges and benefits brought by the sector brand Brazil Fashion System. An exploratory qualitative research through in-depth interviews was developed. Interviews were conducted with three groups: i) managers of trade associations that are part of Brazil Fashion System brand; ii) manager of Brazilian Exports Promotion Agency (Apex-Brasil); iii) the company's director Gad, responsible for consulting performed for the sector brand studied. As a result of this study, it was found that the model of identity for sector brands developed in this study can be applied to the analysis of Brazil Fashion System brand identity attributes with the exception of two elements: packing and action of distributors and suppliers. It was also discovered that the attributes of the sector fashion brand identity were not perceived equally by the associations that compose it and, finally, the sector brand Brazil Fashion System is not currently bringing benefits to the Brazilian fashion industry because it is not being used properly. The respondents believe that if their marketing campaign was put into practice, the brand could bring benefits to the sector. The reasons given for the lack of use of the brand were relate to: the difficulty of finding common target markets among associations so that they can hold events abroad together; the large number of Apex's brands to be used at the same time by the associations; the definition of attributes for the Brazil Fashion System that are not suitable for all associations; the frequent change of Apex and association's managers which makes the continuity of sector projects and the absence of a committee responsible for brand development. It is believed that sector brands representing smaller sectors can bring greater benefits, since their management is facilitated by the lower number of diversity among the organizations represented by the brand. It is expected that the developed model can be applied to identity development of sectorial brands from other sectors in later works, in order to verify its applicability to different sectors and to contribute to the management and for further studies about sector brands
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-11-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.