• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Ana Claudia Bansi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2017
Orientador
Banca examinadora
Galina, Simone Vasconcelos Ribeiro (Presidente)
Amui, Lara Bartocci Liboni
Borini, Felipe Mendes
Leoneti, Alexandre Bevilacqua
Munck, Luciano
Título em português
O papel da sustentabilidade organizacional na relação entre o grau de internacionalização e o desempenho de empresas multinacionais
Palavras-chave em português
Adoção de sistemas de gestão
Desempenho
Divulgação
Empresa Multinacional
Inovação sustentável
Sustentabilidade
Resumo em português
A relação entre internacionalização e desempenho tem sido estudada desde a década de 1970. Contudo, os resultados têm sido divergentes. Estudos indicam que se deve concentrar mais fortemente em identificar as variáveis moderadoras promissoras dessa relação. Uma vez que a sustentabilidade é percebida como um fator estratégico que é capaz de interferir, de alguma forma, no desempenho e na vantagem competitiva das empresas multinacionais (EMNs), este estudo tem como objetivo compreender se as ações sustentáveis realizadas pelas EMNs moderam a relação entre o grau de internacionalização e o desempenho das mesmas. As ações sustentáveis são entendidas por meio de dois fatores. O primeiro é a divulgação de ações sustentáveis que envolve a elaboração e disponibilização de relatórios de sustentabilidade aos stakeholders. Esses relatórios são baseados em diretrizes de divulgação que abarcam informações nos pilares: econômico, ambiental e social. O segundo é a gestão da sustentabilidade que envolve a adoção de sistemas de gestão ambiental/social - que representa, por meio das certificações angariadas, uma legitimidade da existência de ações socioambientais; e a geração de inovação sustentável - que representa, por meio do desenvolvimento de produtos e/ou processos que lidam com desafios socioambientais, a existência de preocupações reais quanto à sustentabilidade. A amostra do trabalho foi composta por EMNs que constam na base de dados da Thomson Reuters Eikon entre as maiores empresas de capital aberto do mundo. Os dados foram levantados para o período de 2006 a 2015. As hipóteses do trabalho foram testadas com a aplicação da técnica de dados em painel, com regressões pelo método de Mínimos Quadrados Ordinários (MQO). Por fim, os principais resultados encontrados foram: a) a relação entre internacionalização e desempenho é moderada por ações sustentáveis, adotando um resultado não-linear em forma de U-invertido; b) divulgar a sustentabilidade é uma ação sustentável realizada pelas EMNs que apresenta ter um papel moderador da relação entre internacionalização e desempenho, demonstrando um efeito não-linear em forma de J-invertido; c) adotar sistemas de gestão ambiental/social é uma ação sustentável realizada pelas EMNs que apresenta um papel moderador da relação entre internacionalização e desempenho, demonstrando um efeito não-linear em forma de U-invertido; e d) realizar inovação sustentável não influencia na relação entre internacionalização e desempenho.
Título em inglês
The role of organizational sustainability in the relation between the internationalization degree and the performance of multinational companies
Palavras-chave em inglês
Disclosure
Management systems adoption
Multinational Enterprise
Performance
sustainability
Sustainable innovation
Resumo em inglês
The relationship between internationalization and performance has been studied since the 1970s. However, the results have been divergent. Studies indicate the need to focus on identifying the promising moderating variables of this relationship. As sustainability is perceived as a strategic factor that is capable of interfering in the performance and competitive advantage of multinational companies (MNEs), this study aims to understand if the sustainable actions carried out by MNEs moderate the relationship between internationalization degree and their performance. Sustainable actions are understood through two factors. The first one is the sustainable disclosure that involves the preparation and provision of sustainability reports to stakeholders. These reports are based on disclosure guidelines that cover information in the economic, environmental and social pillars. The second is the sustainability management that involves the adoption of environmental/social management systems - which represents, through the accredited certifications, a legitimacy of the socio-environmental actions existence; and the sustainable innovation generation - which represents, through the products and/or processes development that deal with socio-environmental challenges, the existence of real concerns about sustainability. The study sample was composed by MNEs that are included in the Thomson Reuters Eikon database among the largest publicly traded companies in the world. Data were collected for the period from 2006 to 2015. The hypotheses were tested using the panel data technique, with regressions by the method of Ordinary Least Squares (OLS). Finally, the main results were: a) the relationship between internationalization and performance is moderated by sustainable actions, adopting a U-inverted shape; b) sustainability disclosure is a sustainable action carried out by MNEs, which has a moderating role in the relationship between internationalization and performance, adopting a J-inverted shape; c) the environmental/social management systems adoption is a sustainable action carried out by MNEs that play a moderating role in the relationship between internationalization and performance, adopting a U-inverted shape; and d) achieving sustainable innovation does not influence the relationship between internationalization and performance.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-12-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.