• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.96.2008.tde-29012009-110531
Documento
Autor
Nome completo
Vilson Aparecido da Costa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2008
Orientador
Banca examinadora
Anuatti Neto, Francisco (Presidente)
Chahad, Jose Paulo Zeetano
Pazello, Elaine Toldo
Título em português
Privatização e reestruturação das telecomunicações no Brasil e seus impactos sobre a criação e destruição do emprego
Palavras-chave em português
Criação de postos de trabalho
Destruição de postos de trabalho
Privatização
Telecomunicações
Resumo em português
Essa dissertação analisa como a reestruturação setorial e as privatizações alteraram a dinâmica do fluxo de criação, de destruição e a qualidade dos postos de trabalho no setor telecomunicações brasileiro, no período de 1995 a 2000. A reestruturação do setor de telefonia teve início em 1995 com a introdução da competição no serviço de telefonia móvel. A privatização das empresas de telefonia fixa, longa distância e móvel ocorreu em 1998, finalizando o ciclo de protecionismo na indústria nacional e na busca de auto-suficiência no setor considerado estratégico. A privatização trouxe como resultado um forte aumento na oferta de serviços, revertendo uma década de estagnação no crescimento do setor. O aumento na oferta de serviços das empresas privatizadas foi acompanhado de uma alta taxa de destruição de postos de trabalho com diminuição líquida no emprego e de pequena redução nos salários. Por outro lado, o estabelecimento da concorrência atraiu novas empresas ingressantes para o setor, cujas altas taxas de criação de postos de trabalho permitiram a recuperação do emprego total no setor ao final do período analisado.
Título em inglês
Privatization and restructuring of telecommunication sector in Brazil and its impacts on job creation and job destruction
Palavras-chave em inglês
Job creation
Job destruction
Privatization
Telecommunication
Resumo em inglês
This dissertation analyses how restructuring and privatization changed job creation and job destruction flows, as well as job characteristics in Brazilian telecommunications sector from 1995 to 2000. Sector restructuring started in 1995 with competition introduced in the mobile segment. The privatization of state-owned local, long distance and mobile companies occurred in 1998, leading to an end a cycle of nationalist policies of self-sufficiency given the sectors economic, political, and technological importance. Privatization brought strong improvement in the supply of services, reverting a decade of stagnation in service provision. This increase was accompanied by a large drop in net employment driven by a jump in the job destruction rate. On the other hand, competition attracted new entrants, whose high rates of job creation were responsible for leveling the total sector employment back by the end of the studied period.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
VilsonAparecidoCosta.pdf (612.67 Kbytes)
Data de Publicação
2009-05-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.