• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.96.2011.tde-26092011-141651
Documento
Autor
Nome completo
Mauricio Mesquita Bortoluzzo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2011
Orientador
Banca examinadora
Sakurai, Sérgio Naruhiko (Presidente)
Ferreira, Alex Luiz
Rocha, Bruno de Paula
Título em português
Alocação do Investimento Direto Externo entre estados brasileiros
Palavras-chave em português
Dados em painel
Infraestrutura
Investimento Direto Externo
PIB
Qualidade e custo da mão de obra
Resumo em português
O investimento direto externo (IDE) tem se tornado cada vez mais relevante para a economia brasileira. A razão do fluxo de IDE sobre o PIB do país subiu de uma média de 0,6% na década de 1980 para 2,5% de 2001 a 2009 segundo dados da UNCTAD. Observa-se, também, uma grande iniquidade na distribuição deste investimento entre as Unidades Federativas brasileiras. O presente trabalho faz uma investigação sobre os fatores determinantes da localização do investimento direto externo entre estados brasileiros através de um estudo econométrico de dados em painel para os anos de 1995, 2000 e 2005. Os resultados apontam evidências de que os investimentos respondem positivamente ao tamanho do mercado consumidor, à qualidade da força de trabalho, à infraestrutura de transporte e negativamente ao custo de mão de obra e a alta carga tributária.
Título em inglês
Allocation of Foreign Direct Investment between Brazilian states
Palavras-chave em inglês
Foreign Direct Investment
GDP
Infrastructure
Panel data
Quality and cost of labor
Resumo em inglês
Foreign Direct Investment (FDI) has become increasingly relevant for the Brazilian economy. The flow of FDI on the country's GDP ratio presented an average of 0.6% in the 1980s and rose to 2.5% within the period of 2001 to 2009, according to data from UNCTAD. There is also a great inequity in the distribution of investment between Brazilian states. This paper makes a research on the determinants of the location of foreign direct investment among Brazilian states through a panel data econometric study for the years 1995, 2000 and 2005. The results show that investments respond positively to the size of the consumer market, the quality of the workforce, the transport infrastructure and negatively to the cost of labor and high taxes.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
MauricioMBortoluzzo.pdf (1,017.10 Kbytes)
Data de Publicação
2011-09-30
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • BORTOLUZZO, M. M., SAKURAI, S. N., and BORTOLUZZO, A. B. Allocation of foreign direct investment across Brazilian states. Estudos Econômicos (São Paulo. Impresso) [online], 2013, vol. 43, p. 241-269. Available from: http://www.revistas.usp.br/ee/article/view/49053/59509.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.