• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.96.2009.tde-24072009-154249
Documento
Autor
Nome completo
Ana Paula de Almeida Alves
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2009
Orientador
Banca examinadora
Silveira, Jaylson Jair da (Presidente)
Rocha, Bruno de Paula
Silva, Roseli da
Título em português
Núcleo da inflação como fator comum do IPCA: uma abordagem do modelo de fator dinâmico generalizado
Palavras-chave em português
Análise espectral
Componente comum
Modelo dinâmico
Núcleo da inflação
Resumo em português
Sob o regime de metas de inflação cabe à autoridade monetária balisar seus instrumentos de política de forma a manter a estabilidade do nível geral de preços. Neste aspecto, pelo caráter volátil dos índices de inflação cheia os bancos centrais de todo o mundo utilizam o conceito de núcleo da inflação para tentar capturar com maior acurácia a tendência subjacente da taxa de inflação. Muitas vezes os índices de preços ao consumidor estão altamente sujeitos a volatilidades decorrentes de fatores temporários e muitas vezes localizados. E já que o objetivo da autoridade monetária está em zelar pela estabilidade "real" (ou de fato) do nível geral de preços, mudanças temporárias ou localizadas não afetam as taxas de inflação no longo prazo e, consequentemente, não cabe à autoridade monetária responder a tais mudanças, pois isso poderia gerar uma volatilidade desnecessária à política monetária com consequência sobre as flutuações da atividade econômica no período. Dessa forma, Bancos Centrais do mundo inteiro fazem uso de núcleos de inflação. Este trabalho aplica uma nova metodologia de cálculo de núcleo para a inflação brasileira, utilizando o modelo de fatores dinâmicos generalizados. Esta abordagem permite diferenciar fatores localizados (idiossincráticos) dos choques comuns (generalizados) em um grande conjunto de dados. Usamos o IPCA em seu nível mais desagregado e geramos o choque comum entre este conjunto. E a este choque chamamos de núcleo da inflação. Sua eficiência em termos de antecedência à inflação cheia no curto prazo foi testada por meio de uma cointegração, VEC, tais resultados foram comparados com o desempenho do núcleo por Exclusão, mostrando uma maior eficiência do núcleo aqui encontrado.
Título em inglês
Core inflation as the commom factor of IPCA: an approach of the generalized dinamic factor model
Palavras-chave em inglês
Common components
Core inflation
Dynamic model
Spectral analysis
Resumo em inglês
Under the inflation target system lies to the monetary authority the evaluation of the best tools to keep general price stability. In this context, due to the volatile character of the inflation, central banks around the world use the concept of the inflation core in attempt to capture in a more accurately way the prices trends. Several times, consumer prices indexes are subjected to very volatile prices, due to temporary or localized factors. As the vigilance of the monetary authority relies on the real stability of the general prices level, temporary or localized changes doesn't affect the inflation indexes in the long run and, therefore, it's not an issue to the central bank to respond to this variations, this could indeed create an unnecessary volatility to the monetary politics with consequences to the economic activity in the period. This way, central banks around the world calculate and use inflation core. This paper applies a new methodology to calculate the inflation core to the Brazilian inflation, using the generalized dynamic factor model. With this approach it's possible to differentiate the localized factors from the common (generalized) shocks in a great data set. We use IPCA on its more disaggregated level and create a common shock in the data set, and we name this shock the inflation core. We test the advance of this core to the inflation in the short run using a VEC, and compare with the results of the Exclusion core, we show that your core by using dynamic factor model is more effcient then Exclusion core.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-07-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.