• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Antonio Daniel Ricardo Engracia Caluz
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2018
Orientador
Banca examinadora
Santos, Daniel Domingues dos (Presidente)
Menezes Filho, Naercio Aquino
Primi, Ricardo
Scorzafave, Luiz Guilherme Dacar da Silva
Título em português
O papel das habilidades socioemocionais no fluxo escolar: uma análise do Ensino Médio brasileiro
Palavras-chave em português
Capital humano
Escolhas educacionais
Evasão escolar
Habilidade socioemocional
Resumo em português
O fluxo escolar brasileiro representa um problema crônico para o caso do Ensino Médio do país. A literatura mostra que o retorno do investimento escolar é atrativo no país, tanto por apresentar uma taxa média alta, como pelo fato de que o adicional de salário devido aos níveis educacionais mais altos são maiores do que nos estágios iniciais da educação, i.e., o retorno educacional brasileiro aparenta ser crescente e convexo, diferente do que se apresenta na literatura internacional. A explicação usual para a evasão se dá através das restrições orçamentárias e de crédito enfrentadas pelas famílias que, sendo restritas no acesso ao crédito, poderia fazer com que o jovem saísse da escola precocemente, mesmo que o aluno esperasse um salário futuro maior. Somado a este retorno atrativo da educação, o país expandiu abruptamente os gastos educacionais. Porém, apesar da expansão, a escolaridade e as medidas de fluxo no país não reagiram proporcionalmente, despertando, assim, a atenção da literatura para explicação desse puzzle. A despeito destes fatos, a literatura internacional avançou no sentido de mostrar dois fatos que auxiliam na investigação dessa questão: em primeiro lugar, o retorno da educação pode variar entre indivíduos, ainda que a média seja alta. Por exemplo, indivíduos com maior aptidão podem ser os que se beneficiam mais de uma escolaridade maior, explicando o motivo de alguns abandonarem a escola. Em segundo lugar, a literatura avançou em mostrar que um fator importante na previsão de resultados escolares são habilidades não-cognitivas, como as habilidades socioemocionais. Portanto, este presente trabalho buscou explorar uma coleta de dados realizada em Sertãozinho - SP, em 2008, 2012 e 2017, em que estão disponíveis dados socioemocionais dos estudantes, além de dados demográficos e cognitivos, de estudantes que estavam no segundo ano do Ensino Fundamental em 2008, e em 2017 idealmente estariam no Ensino Médio, possibilitando investigar se existe uma associação entre características socioemocionais e o fluxo escolar. Os resultados indicam que tais fatores têm poder preditivo relevante na explicação do fluxo escolar brasileiro, medidos pela probabilidade de os indivíduos permanecerem estudando e pela probabilidade de se atingir o Ensino Médio em 2017, sendo que a Conscienciosidade e a Amabilidade do estudante aumentam a chance do aluno persistir estudando, enquanto que a Extroversão reduz essa probabilidade, em linha com algumas evidências da literatura. Os resultados trazem como contribuição uma evidência empírica inicial acerca da associação entre habilidades não-cognitivas e o fluxo escolar brasileiro.
Título em inglês
The role of socio emotional skills on the school flow: an analysis of Brazilian high-school
Palavras-chave em inglês
Educational choices
Human capital
School dropout
Socioemotional skill
Resumo em inglês
The Brazilian school flow represents a chronic problem for the country's high school case. The literature shows that the return on school investment is attractive in the country, both for having a high average rate, and for the fact that the additional salary due to higher education levels is higher than in the early stages of education, ie, The Brazilian educational return appears to be growing and convex, different from what is presented in the international literature. The usual explanation for avoidance is through budget and credit constraints faced by families who, being restricted in access to credit, could cause the young person to leave school early, even if the student expects a larger future salary. Added to this attractive return of education, the country abruptly expanded educational spending. However, despite the expansion, the schooling and flow measures in the country did not react proportionally, thus awakening the attention of the literature to explain this textit puzzle. In spite of these facts, the international literature has advanced to show two facts that help in the investigation of this question: firstly, the return of education can vary among individuals, even if the average is high. For example, individuals with higher aptitude may be those who benefit most from higher schooling, explaining why some drop out of school. Second, the literature has advanced in showing that an important factor in predicting school outcomes are non-cognitive skills, such as social-emotional skills. Therefore, this study aimed to explore a data collection held in Sertãozinho - SP, in 2008, 2012 and 2017, in which are available socioemotional data of the students, as well as demographic and cognitive data, of students who were in the second year of Elementary Education in 2008, and by 2017 would ideally be in High School, making it possible to investigate if there is an association between socioemotional characteristics and the school flow. The results indicate that such factors have a relevant predictive power in the explanation of the Brazilian school flow, measured by the probability of individuals remaining studying and by the probability of reaching high school in 2017, and the student's Conscientiousness and Kindness increase the chance of while the Extroversion reduces this probability, in line with some evidence in the literature. The results contribute as an initial empirical evidence about the association between non-cognitive abilities and the Brazilian school flow.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-09-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.