• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.96.2015.tde-13082015-141246
Documento
Autor
Nome completo
Vinícios Poloni Sant'Anna
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2015
Orientador
Banca examinadora
Kannebley Júnior, Sérgio (Presidente)
Ornelas, Emanuel Augusto Rodrigues
Scorzafave, Luiz Guilherme Dacar da Silva
Título em português
Infraestrutura portuária no Brasil: uma análise do impacto do tempo dos procedimentos portuários sobre as exportações brasileiras
Palavras-chave em português
Exportações
Facilitação de comércio
Tempo
Resumo em português
O objetivo do estudo foi estimar os impactos do tempo dos procedimentos portuários sobre as exportações brasileiras. O trabalho utiliza uma base de dados inovadora com dados de exportações municipais, com distinção do porto utilizado, país de destino e com produtos desagregados de acordo com o sistema harmonizado em 4 dígitos para o período de 2010 a 2012. Uma equação gravitacional em diferenças foi estimada pelo método de efeitos fixos utilizando as exportações municipais relativas (volume e número de setores exportadores) contra medidas de tempo em horas dos procedimentos portuários e outras variáveis de controle. Os resultados da análise descritiva indicam a presença de um gargalo no escoamento da produção brasileira para o mercado internacional, e apontam para a necessidade de investimentos que ampliem a capacidade portuária, reduzindo as ineficiências que geram elevadas porcentagens do tempo de inoperância nos portos brasileiros. Os resultados das estimações indicam que, de modo geral, cada hora adicional na condução dos procedimentos portuários representam custos para os exportadores brasileiros, que podem estar se refletindo em perda da competitividade dos produtos nacionais no exterior. Segundo as estimações realizadas, cada hora adicional de estadia no porto mediano é equivalente a uma redução do volume total das exportações municipais em cerca de 1%. Além disso, uma redução de 10% no tempo de estadia relativo do navio no porto pode aumentar o número de categorias de produtos exportados entre 0,3% e 0,9%.
Título em inglês
Port infrastructure in Brazil: An assessment of the impact of port procedures time on brazilian exports
Palavras-chave em inglês
Export
Time
Trade Facilitation
Resumo em inglês
The purpose of this study was to estimate the impacts of the port procedures time on Brazilian exports. The study uses an innovative database with municipal exports, with distinction over the port used, country of destination, and with disaggregated products according to the harmonized system in 4 digits for the period from 2010 to 2012. A difference gravity equation was estimated by the fixed effect method using the relative municipal exports (volume and the number of exporter sectors) against time measured in hours of the port procedures and other control variables. The results of descriptive analysis indicate the presence of a bottleneck in the flow of Brazilian production for the international market, and point to the need for investments that increase port capacity, reducing the inefficiencies that generate high ineffectiveness time percentages in Brazilian ports. The estimation results indicate that, in general, each additional hour in the conduction of the port procedures represent costs to the Brazilian exporters. Those costs may be reflected in loss of competitiveness of the domestic products abroad. According to the estimates made, each additional hour of the ship stay in the median port is equivalent to a reduction of the municipal exports in around 1%. Besides that, a reduction of 10% in time of stay for a ship in port can increase the number of exported product categories between 0.3% and 0.9%.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-10-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.