• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.96.2018.tde-01082018-091126
Documento
Autor
Nome completo
Ricardo Campante Cardoso Vale
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2018
Orientador
Banca examinadora
Lucinda, Claudio Ribeiro de (Presidente)
Biderman, Ciro
Igliori, Danilo Camargo
Moita, Rodrigo Menon Simões
Título em inglês
The welfare costs of traffic congestion in São Paulo Metropolitan Area
Palavras-chave em inglês
Congestion
Costs of transportation
GPS-navigation
Social network
Urban mobility
Resumo em inglês
This thesis presents new evidences of negative impacts of traffic congestion in São Paulo Metropolitan Area, indicating that the omission or retardation of policy to alleviate that charges society with a high cost. Besides that, we shed light on Waze application's impacts, evidencing GPS-based participatory navigation is a key element of the traffic in the contemporary cities. Induced by the economic theory, one can see that traffic slowness derived from the general demand for automotive vehicles corresponds to a social cost. With the objective of translating this cost to monetary units, we developed an approach that matches the 2012 Origin-Destination survey to Google Maps data. An econometric travel mode choice model is estimated and through that we infer the Value of Time for trips. From counterfactual analysis for travel duration, we estimate the delays of the trips in relation to a hypothetic free flow situation. Joining the calculations, we estimate that 89% of the trips motivated by work in São Paulo are retarded by traffic frictions, generating an annual welfare cost that amounts to R$7.338 billions. Additionally, we analyze widespread Waze malfunctioning at 10/23/2017. Combining congestion data to the Value of Time, we estimate that the Waze bug approximatedely tripled the welfare costs in regards to a typical day, showing the magnitude of mass effects that a social navigation application is able to trigger.
Título em português
Os custos de bem-estar do congestionamento do trânsito na Região Metropolitana de São Paulo
Palavras-chave em português
Congestionamento
Custos de transporte
Mobilidade urbana
Navegação por GPS
Redes sociais
Resumo em português
Esta dissertação traz novas evidências dos efeitos negativos do congestionamento do trânsito na Região Metropolitana de São Paulo, mostrando que a morosidade na implantação de soluções custa muito caro para a sociedade. Além disso, evidências empíricas dos impactos do aplicativo Waze são elucidadas, mostrando que a navegação participativa por meio de aparelhos com GPS não pode ser esquecida ao pensarmos o trânsito nas cidades contemporâneas. À luz da teoria econômica, é possível ver que a lentidão do trânsito proveniente da demanda coletiva por automóveis corresponde a um custo social. Para quantificar este custo em unidades monetárias, é desenvolvida uma abordagem que combina dados da Pesquisa de Mobilidade de 2012 com dados do Google Maps. Através de um modelo econométrico de escolha de modal de transporte, são inferidos os valores do tempo em viagem e, através da análise contrafactual da duração dos deslocamentos, é estimado o tempo de atraso das viagens em relação a uma situação hipotética de fluxo livre. Juntando os cálculos, é estimado que 89% das viagens motivadas por trabalho em São Paulo são atrasadas por fricções do tráfego, gerando um custo de bem-estar da ordem de R$7,338 bilhões por ano. Ademais, são analisados empiricamente os impactos de uma falha generalizada do Waze ocorrida em 23/10/2017. Combinando dados de congestionamento com os valores de tempo já inferidos, é estimado que a falha aproximadamente triplicou os custos de bem-estar em relação a um dia típico, dando magnitude aos efeitos de massa que um aplicativo de navegação social é capaz de provocar.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-09-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.