• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.91.2015.tde-28092015-113818
Documento
Autor
Nome completo
Pedro Henrique de Faria Peres
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2015
Orientador
Banca examinadora
Duarte, José Maurício Barbanti (Presidente)
Rodriguez, Susana González
Santos, Luiz Gustavo Rodrigues Oliveira
Título em português
Uso do espaço pelo veado-catingueiro (Mazama gouazoubira; Fisher, 1814): uma comparação entre colares GPS e DNA fecal
Palavras-chave em português
Área de vida
Cão farejador
Microssatélite
Pantanal
Seleção de habitat
Resumo em português
Informações sobre o uso do espaço são importantes para o entendimento de processos ecológicos que envolvem uma espécie e a determinação de seu estado de conservação. Tais informações são escassas para o gênero Mazama, o mais diverso entre os cervídeos neotropicais, sendo que desenvolver metodologias para obtenção de dados ecológicos do gênero torna-se fundamental para qualquer ação de manejo envolvendo o grupo. O estudo do DNA fecal surge como uma ferramenta importante para viabilizar a coleta sistemática de informações sobre o gênero. Assim, o presente trabalho visou a estimar a área de vida e a seleção de hábitat do veado-catingueiro, comparando duas metodologias, com intuito de avaliar a aplicação do DNA fecal como alternativa para se estudar a espécie. O trabalho contou com 6 animais que tiveram suas localizações obtidas a cada 13 horas por colares GPS, no período de um ano. Nesse mesmo período e na mesma área, foram coletadas mensalmente amostras fecais, gerando um total de 830 amostras, cujo DNA foi extraído para identificação genética. A espécie das amostras foi determinada com o uso de um marcador mitocondrial (cit-b), e a identificação individual, com um painel de 11 microssatélites. Os valores de área de vida pelo método do MPC 95% variaram de 33 ha a 97 ha, e pelo método Kernel com 95% das localizações, variaram de 17 ha a 77 ha. Observou-se que as áreas de vida são alocadas nos diferentes habitats da região conforme o disponível (p = 0,072), porém são utilizadas internamente de forma selecionada (p=0,001). Neste nível, a espécie apresentou preferência pelos hábitats de cerrado e campo cerrado e evitou o campo (p < 0,005). Foram identificadas 670 amostras de veado-catingueiro e 15 genótipos únicos. A análise espacial das fezes também sugeriu uso desproporcional dos hábitats em relação à sua disponibilidade, sendo que a comparação direta entre os dois métodos revelou iguais distribuições no nível de espécie (p=0,178). As amostras individualizadas sugeriram um padrão de alta sobreposição de área de uso por diferentes indivíduos, mas avanços são necessários para melhor elucidar a questão. Perante os resultados observados, entende-se que há muito em se avançar na análise molecular das fezes que, realizada em larga escala, pode fornecer respostas importantes anteriormente inviáveis para espécies florestais.
Título em inglês
Space use by the brown brocket deer (Mazama gouazoubira; Fisher, 1814): a comparison between GPS collars and fecal DNA
Palavras-chave em inglês
Detection dog
Habitat selection
Home range
Microsatellite
Pantanal
Resumo em inglês
Space use information is a key element to understand the ecological processes regarding a species and its conservation status. Such information is scarce for the genus Mazama, the most diverse group among Neotropical deer. The development of methods to obtain ecological data is fundamental to management actions concerning the group. The study of fecal DNA emerges as an important tool to enable systematic information collection about Mazama genus. Therefore, the present study aimed to estimate the home range and habitat selection of brown brocket deer comparing two methodologies in order to assess the application of fecal DNA as an alternative to study this species. Six animals were monitored with GPS collars and their location data was collected every 13 hours within one year time. Fecal samples were collected monthly in the same period and in the same area, generating a total of 830 samples whose DNA was extracted for genetic identification. The species identification was determined by a mitochondrial marker (cit-b) and individuals were identified applying a panel of 11 microsatellites. Home range was 33-97 h by MPC 95% and 17-77 h by Kernel 95%. Home rages are allocated in different habitats as available in the region (p = 0.072), but its use is internally selected (p = 0.001). At this level, the species showed preference for "cerrado" and "campo cerrado" habitats and avoidance to open field areas (p < 0.005). Genetics analysis identified 670 brown brocket deer samples and 15 unique genotypes. Feces spatial analysis suggested disproportionate use of habitats in relation to their availability in the field and the direct comparison between the two methods revealed equal distributions at the species level (p = 0.178). The genotyped samples suggested an overlapping home range pattern for different individuals, but advances are needed to further elucidate the issue. There is need for improvements in feces molecular analysis and, if held on large scale, it can provide important and previously unviable answers for forest species.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-10-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.