• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.91.2007.tde-23032007-144724
Documento
Autor
Nome completo
Adriana Basile
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2006
Orientador
Banca examinadora
Vettorazzi, Carlos Alberto (Presidente)
Angulo Filho, Rubens
Ferraz, Sílvio Frosini de Barros
Título em português
Caracterização estrutural e física de fragmentos florestais no contexto da paisagem da bacia do Rio Corumbataí, SP
Palavras-chave em português
Bacia hidrográfica - Rio Corumbataí
Desmatamento
Ecologia da paisagem
Proteção ambiental
Vegetação - Índices
Resumo em português
A alta fragmentação da cobertura original da Bacia do Rio Corumbataí, SP, ocasionada principalmente por atividades agropecuárias, resultou em remanescentes florestais em diferentes condições ecológicas, em função dos aspectos físicos, naturais e antrópicos, do meio em que estão inseridos. Neste trabalho esses fragmentos foram analisados individualmente, considerando-se a estrutura da paisagem de seu entorno, por meio de uma caracterização física e estrutural, tendo o Índice de Vegetação da Diferença Normalizada (NDVI) como variável-chave, em função da sua relação com o vigor da vegetação. O presente estudo teve como objetivo principal analisar a relação entre NDVI dos remanescentes e variáveis físicas do ambiente (relevo, distância à rede hidrográfica, áreas urbanas, estradas e precipitação), além de variáveis estruturais dos próprios fragmentos (forma, área, área nuclear, distância do vizinho mais próximo, contraste de borda e perímetro). Também foi verificada a alteração da cobertura florestal da bacia entre os anos de 1999 e 2002, a fim de compreender melhor as suas condições de conservação. Como principais resultados foi constatado uma relação inversa entre NDVI e algumas variáveis físicas e estruturais como por exemplo o contraste de borda, a distância à rede hidrográfica, a distância ao vizinho mais próximo e a área total; já a área nuclear, a declividade e a distância às estradas apresentaram uma relação direta com o NDVI. A perda de vegetação nativa entre 1999 e 2002, foi maior que o acréscimo (1.886 ha e 895 ha, respectivamente), tendo ocorrido em maior proporção nos fragmentos mais próximos às áreas urbanas. Fragmentos com as maiores áreas nucleares, mais próximos à rede hidrográfica e em terrenos mais declivosos foram aqueles que apresentaram maiores valores de NDVI. Os resultados mostraram que características físicas e estruturais dos fragmentos podem influenciar o vigor da vegetação e, conseqüentemente, o seu estado de conservação.
Título em inglês
Physical and landscape structural characterization of forest patches of Corumbataí river basin, SP
Palavras-chave em inglês
Corumbatai river
Deforestation
Environmental protection
Landscape ecology
Vegetation index
Watershed
Resumo em inglês
Forest fragmentation of Corumbataí river basin caused by agriculture dominance directly affects the condition of forest remnants to support plant and animal species. These forest patches present different ecological conditions, depending on many physical and anthropogenic aspects of the landscape they are inserted. In this study, forest patches were individually analyzed considering their landscape structure and the Normalized Difference Vegetation Index (NDVI) as response variable, due to its relationship to vegetation vigor. The main objective was to analyze the relationship between forest patches NDVI, physical variables of landscape (relief, distance to rivers, distance to roads, distance to urban areas and precipitation) and forest patches landscape structure (shape, area, core area, nearest neighbor distance, edge contrast and perimeter). Also, forest cover changes between 1999 and 2002 were analyzed in order to understand better patches conditions and their relation to landscape variables. As results, we found an inverse relationship between NDVI and distance to rivers, edge contrast, nearest neighbor distance and total area. Core area, slope and distance to roads presented direct relationship to NDVI. Forest losses between 1999 and 2002 were greater than gains (1886 ha and 895 ha, respectively), and they occurred commonly near urban areas. Greater NDVI values were observed on patches with large core areas, near to rivers and on high slope areas. The results showed that physical and structural patches characteristics have influence on vegetation vigor and, consequently, on their conservation status.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
AdrianaBasile.pdf (1.76 Mbytes)
Data de Publicação
2007-04-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.