• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.91.2006.tde-19092006-172103
Documento
Autor
Nome completo
Carla Gheler-Costa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2006
Orientador
Banca examinadora
Verdade, Luciano Martins (Presidente)
Couto, Hilton Thadeu Zarate do
Pardini, Renata
Percequillo, Alexandre Reis
Vettorazzi, Carlos Alberto
Título em português
Distribuição e abundância de pequenos mamíferos em relação à paisagem da bacia do Rio Passa-Cinco, São Paulo, Brasil
Palavras-chave em português
bacia hidrográfica
biodiversidade
conservação biológica
ecossistemas agrícolas
mamíferos
populações animais
proteção ambiental
Resumo em português
A Bacia do Corumbataí é usada como principal fonte de abastecimento de água para os municípios de Piracicaba e Rio Claro, sendo o Rio Passa-Cinco seu principal tributário. A Bacia do Passa-Cinco pode ser considerada um modelo conveniente para o estudo de conservação de biodiversidade por conter os principais agroecossistemas existentes no estado de São Paulo. Para que sejam estabelecidas estratégias conservacionistas, são necessárias informações de como a biodiversidade é afetada e quais estratégias as populações de espécie silvestres lançam mão para se manter em remanescentes florestais alterados. Pequenos mamíferos tais como roedores e marsupiais, podem ser considerados um bom grupo para ajudar a responder essas questões, pois esse grupo desenvolve um importante papel ecológico em ambientes florestais, através da predação e dispersão de sementes. De agosto de 2003 a janeiro de 2005 foram realizados levantamentos de pequenos mamíferos utilizando 160 armadilhas do tipo Sherman distribuídas em linhas, em 16 sítios amostrais, sendo 4 em cada tipo de ambiente predominante na paisagem: floresta nativa, plantações de Eucalyptus, plantações de cana-de-açúcar e pastagens. Durante esse período, foram capturados 177 indivíduos de roedores e marsupiais distribuídos em oito espécies, com um sucesso de captura de 0.77%. Houve diferença significativa entre os ambientes estudados em termos de abundância, mas não em termos de riqueza de espécies, podendo-se observar uma clara separação entre habitats florestais e não-florestais. Os remanescentes florestais nativos da região, aparentemente, perderam as espécies mais exigentes com relação à qualidade do habitat, de forma que a comunidade atual é formada basicamente de espécies generalistas e características de áreas degradadas. A perda de espécies florestais não somente altera a comunidade de pequenos mamíferos, como favorece o aparecimento de espécies de áreas não-florestais que podem trazer, entre outras coisas, problemas de saúde pública. Ainda assim, a comunidade de pequenos mamíferos da bacia do Rio Passa-Cinco é meritória de esforços conservacionistas, que devem priorizar estudos relacionando o cumprimento das leis ambientais com as alterações que isto possa gerar na comunidade de pequenos mamíferos.
Título em inglês
Distribution and abundance of small mammals in relation to the landscape of the Passa-Cinco River basin, São Paulo, Brazil
Palavras-chave em inglês
agroecosystems
animal population
biodiversity
biological conservation
environmental protection
hydrographic basin
mammals
Resumo em inglês
The Corumbataí Basin is used as the main source of water supply for the municipal districts of Piracicaba and Rio Claro, being the Passa-Cinco River its main tributary. The Passa-Cinco river basin can be considered as a convenient model for the study of the conservation of biodiversity for it contains the main existing agroecosystems in the state of São Paulo. So that conservationist strategies can be established, some information is required, such as how biodiversity is affected, and which strategies the population of wild species use to keep themselves in the altered forest remainings. Small mammals, such as rodends and marsupials can be considered a good group to help answer these questions, for this group develops an important ecological role in forest environments, through the predation and dispersion of seeds. From August 2003 to January 2005 surveys on small mammals were carried out using 160 Sherman type traps distributed in lines, in 16 sample country properties, being 4 in each type of environment that is predominant in the landscape: native forest, Eucalyptus plantation, sugar-cane plantation and pastures. In this period, 177 rodend and marsupial individuals were captured, which were distributed in 8 species, with a 0,77% rate of success in capture. There was significative difference among the studied environments in terms of abundance, but not in terms of the richness of the species. Also, we could observe a clear distinction between forest and non-forest habitats. Apparently, the native forest remainings in the region lost their species which are the most demanding in relation to the quality of habitat, in such a way that the current community is basically formed of generalists, which are a characteristic of degraded areas. The loss of forest species not only alters the community of small mammals, but also favors the occurrence of species from non-forest areas which can bring, among other things, problems related to public health. Eventhough, the small mammal community from the Passa-Cinco river basin is worth conservationist efforts which must give priority to studies relating the environmental law enforcement to the changes this might generate to the community of small mammals.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
CarlaCosta.pdf (1.04 Mbytes)
Data de Publicação
2006-09-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.