• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.90.2002.tde-29112006-103621
Documento
Autor
Nome completo
Joaquim Rondon da Rocha Azevedo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2002
Orientador
Banca examinadora
Diegues, Antonio Carlos Sant Ana (Presidente)
Carvalho Filho, Jose Juliano de
Silva, Carolina Joana da
Título em português
"A conservação da paisagem como alternativa à criação de áreas protegidas: um estudo de caso do Pantanal do Rio Negro-MS".
Palavras-chave em português
áreas protegidas
conservação
ecologia da paisagem
paisagem
Pantanal
Resumo em português
O presente trabalho tem o objetivo de contribuir para a discussão acerca de diferentes estratégias de conservação da natureza, confrontando o modelo hegemônico baseado na criação de áreas protegidas com modelos alternativos, surgidos com o intuito de superar os problemas e conflitos ocasionados por este modelo, especialmente quando transposto para a realidade de países tropicais como o Brasil. O que se pretende é demonstrar que, diante de situações complexas de interação entre a sociedade e o meio ambiente, faz-se necessário o emprego de mecanismos voltados para a conservação da paisagem como um todo, a partir do seu uso efetivo e da definição conjunta de critérios pelos diversos atores envolvidos no processo, o que implica em mudanças com relação às instituições e instrumentos a serem utilizados. Para tanto, é feita uma análise comparativa de diferentes iniciativas de conservação em andamento na região do Vale do Rio Negro, no Pantanal de Mato Grosso do Sul, representativas de diferentes abordagens da questão da conservação. Além de ser uma das regiões mais preservadas do Pantanal, o Vale do Rio Negro apresenta um histórico de mobilização social em torno da conservação, o que explica o interesse pela área. A proximidade entre os domínios da cultura e da natureza na região do Pantanal, a ponto de tornar inviável sua compreensão senão a partir de uma referência comum, é também um fator importante para este estudo. A análise específica do caso do Vale do Rio Negro é precedida por uma discussão a respeito da evolução da idéia de conservação da natureza, e da concepção de mundo natural que serviu de base para o seu surgimento. São analisadas ainda tendências atuais em estratégias de conservação. Afim de permitir a compreensão do contexto em que se inserem as diferentes iniciativas de conservação analisadas, é feita também uma análise da paisagem do Pantanal e do Vale do Rio Negro em particular, em seus aspectos físicos, bióticos, históricos e humanos, com ênfase na co-evolução dos seus processos naturais e culturais.
Título em inglês
Landscape conservation as an alternative to protected areas: a case study of the Rio Negro region of the Pantanal, in Brazil.
Palavras-chave em inglês
conservation
landscape
landscape ecology
Pantanal
protected areas
Resumo em inglês
The objective of this paper is to contribute to the discussion about different strategies for nature conservation, confronting the predominant model based in protected areas with other alternatives, developed to overcome the problems and conflicts generated by this model, especially with its implementation in tropical countries such as Brazil. The discussion is expected to demonstrate that, in dealing with situations of complex interaction between society and the environment, there is a need for mechanisms that enable the conservation of the region as a whole, through the effective use of its resources, and the definition of common criteria by the different actors involved in the process, which requires changes in the institutions and instruments to be employed. In order to achieve this objective, a comparative study is made among different initiatives for the conservation of the Rio Negro Valley region, in the Pantanal, each representative of different approaches to the issue of conservation. In addition to being one of the most pristine regions of the Pantanal, the Rio Negro Valley has a background of social mobilization around conservation, which explains the interest for the area. The proximity between cultural and natural processes in the Pantanal, to the point that they cannot be understood separately, is also an important factor to be taken into account by this study. The study of the specific issues on the Rio Negro Valley is preceded by a discussion about the evolution of the idea of nature conservation, and the concept of the natural world that enabled its appearance. Current trends in conservation strategies are also analyzed. In order to provide an understanding of the context in which the different conservation initiatives are inserted, the landscape of the Pantanal region – and the Rio Negro Valley in particular – is also analyzed in its physical, biological, historic and human aspects, emphasizing the co-evolution of its natural and cultural processes.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
conclusao.pdf (53.48 Kbytes)
DISSERT.PDF (3.63 Mbytes)
Data de Publicação
2007-02-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.