• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.9.2018.tde-24052018-144335
Documento
Autor
Nome completo
Loraine Rezende Togni
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Tavares, Marina Franco Maggi (Presidente)
Cardozo, Karina Helena Morais
Santos Neto, Álvaro José dos
Yonamine, Maurício
Título em português
Uso da microextração por sorbente empacotado (MEPS) para preparo de amostras em análises toxicológicas envolvendo fármacos benzodiazepí­nicos
Palavras-chave em português
Cromatografia líquida
Espectrometria de massas
MEPS
MEPS-LC-MS/MS
Post mortem
Resumo em português
A microextração por sorbente empacotado (MEPS) é uma técnica de preparo de amostras ainda pouco utilizada no âmbito da toxicologia, em que os mesmos princípios da extração em fase sólida convencional são adaptados para uma escala miniaturizada. As principais vantagens da técnica estão associadas ao pequeno volume de amostra e de solventes utilizados, à possibilidade de realizar múltiplas extrações com um mesmo cartucho e à facilidade de automação. Os benzodiazepínicos possuem grande relevância na toxicologia dada sua ampla utilização e seus efeitos que podem, por exemplo, comprometer a capacidade de dirigir, além do uso abusivo, e como drogas facilitadoras de crimes. Neste trabalho, um método de MEPS foi desenvolvido e otimizado para a determinação de sete benzodiazepínicos e seus produtos de biotransformação (diazepam, clonazepam, flunitrazepam, alprazolam, bromazepam, 7-aminoflunitrazepam e nordiazepam) utilizando 100 µL de amostra de sangue total post mortem. Após a extração, os eluatos foram analisados por cromatografia líquida em fase reversa acoplada a espectrometria de massas. O método foi validado de acordo com as recomendações do Scientific Working Group for Forensic Toxicology, apresentando linearidade adequada de 5 a 500 ng.mL-1 . Os valores de exatidão (90,4 a 109,5%), precisão intra-dia (2,5 a 10,7 %CV) e inter-dia (1,1 a 8,0 %CV) também foram satisfatórios. MEPS foi realizada mais de 60 vezes com a mesma fase extratora sem evidências de contaminação cruzada. Dez amostras reais fornecidas pelo Instituto Médico Legal de São Paulo foram analisadas. Foram quantificados diazepam, nordiazepam, clonazepam e bromazepam. Os resultados encontrados em cada uma das amostras foram comparados com dados da literatura.
Título em inglês
Microextraction by packed sorbent (MEPS) for sample preparation in toxicological analyses involving benzodiazepines
Palavras-chave em inglês
Liquid chromatography
Mass spectrometry
MEPS
MEPSLC-MS/MS
Post mortem
Resumo em inglês
Microextraction by packed sorbent (MEPS) is a sample preparation technique still little used in toxicology, where the same principles of conventional solid phase extraction are adapted to a miniaturized scale. The main advantages of the technique are associated with the small volume of sample and solvents required, the possibility of performing multiple extractions with the same cartridge and ease process automation. Benzodiazepine drugs are relevant in toxicology because of their widespread use, and effects (which may, for example, compromise the ability to drive vehicles), abuse and records as crime-facilitating drugs. In this work, a MEPS method was developed and optimized for a determination of seven benzodiazepines and their metabolites (diazepam, nordiazepam, clonazepam, flunitrazepam, 7-aminoflunitrazepam, alprazolam, and bromazepam) using 100 µL of post mortem whole blood. After extraction, the eluates were analyzed by reversed-phase liquid chromatography coupled to mass spectrometry. The method was validated according to the recommendations of the Scientific Working Group for Forensic Toxicology, presenting adequate linearity from 5 to 500 ng.mL-1 . The values of accuracy (90.4 to 109.5%), intra-day precision (2.5 to 10.7 %CV) and inter-day (1.1 to 8.0 %CV) also presented satisfactory results. MEPS was performed more than 60 times with the same extractive phase without compromising the results with the evidence of carryover. Institute of Legal Medicine were submitted to analysis by MEPS-LC-MS/MS. In these samples, the following analytes were quantified: diazepam, nordiazepam, clonazepam and bromazepam. The results found in each of the samples were compared with data from the literature.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-05-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.