• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.9.2006.tde-24012007-123841
Documento
Autor
Nome completo
Tiago Severo Peixe
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Nascimento, Elizabeth de Souza (Presidente)
Colacioppo, Sergio
Pinto Júnior, Ernani
Título em português
Validação e aplicação de métodos para análise de amostras de fenol em urina de trabalhadores e no ar do ambiente de trabalho
Palavras-chave em português
Cromatografia
Fenol
Monitoramento ambiental
Monitoramento biológico
Resumo em português
O fenol é utilizado na indústria como agente desinfetante, no preparo de resinas fenólicas e pigmentos de tintas. Apresenta-se no estado sólido à temperatura ambiente, com coloração fracamente rósea, odor acre e é higroscópico. Na exposição ocupacional aguda o composto pode levar a lesões eritematosas e sensação de calor, cronicamente, afetar a maturação celular no compartimento medular ósseo devido à formação de 1,4-benzoquinona. Os monitoramentos ambiental e biológico possuem relevância nas situações de exposições ocupacionais. O objetivo do trabalho foi validar e aplicar métodos apropriados na determinação de fenol em amostras de ar do ambiente de trabalho e urinas provenientes de trabalhadores do setor de macharia de uma indústria de peças sanitárias. Amostras de urina e ar foram analisadas, permitindo-se verificar a aplicação dos métodos cromatográficos para determinação de fenol.
Título em inglês
Methods validation and aplication to quantify phenol in urine and air samples in the workplace
Palavras-chave em inglês
Biological monitoring
Cromatography
Environmental monitoring
Phenol
Resumo em inglês
Phenol is used as an industrial disinfectant agent, in the preparation of phenolic resins and paint pigments. When in solid state, it shows a light pink color, ocre odor and is hygroscopic. In acute occupational exposure, the compound can produce erythemic injuries and burn sensation and, chronically, affect the cellular maturation of bone marrow due the 1,4-benzoquinone. Environmental and biological monitoring are important in occupational exposure situations. The aim of this work was to validate a method to be applied in the determination of phenol concentration in air samples originated from work environment and urines taken from molding area workers at a sanitary devices foundry. Urine and air samples were analyzed, showing application of chromatography methods in phenol quantification.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Dissertacao.pdf (2.17 Mbytes)
Data de Publicação
2007-02-01
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • PEIXE, Tiago Severo, e NASCIMENTO, Elizabeth de Souza. Análise de fenol em amostras de urina de trabalhadores e no ar de fundição de metais. Revista Brasileira de Toxicologia [online], 2008, vol. 21, n. 2, p. 60-69. [acesso 2013-02-04]. Disponível em : <http://www.sbtox.org.br/Revista_SBTox/V2122008.htm>
  • PEIXE, Tiago Severo, NASCIMENTO, Elizabeth de Souza, e DELLA ROSA, Henrique Vicente. Determinação de fenol urinário por cromatografia em fase gasosa em trabalhadores que utilizam resinas fenólicas em fundições. Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas [online], 2006, vol. 42, n. 2, p. 279-287. [acesso 2013-02-04]. Disponível em : <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1516-93322006000200014&script=sci_arttext>
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.