• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.9.2004.tde-09082006-131541
Documento
Autor
Nome completo
Daniel Rossi de Campos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2004
Orientador
Banca examinadora
Moreau, Regina Lucia de Moraes (Presidente)
Gentil, Daniel Augusto Silva
Machado, Rosangela Gonçalves Peccinini
Título em português
"Detecção de esteróides androgênicos anabólicos por GC/MS em urina de esportistas e alterações séricas bioquímicas e hormonais"
Palavras-chave em português
dopagem
esteróides
medicina do esporte
toxicologia social
Resumo em português
A cromatografia gasosa acoplada a espectrometria de massa (GC/MS) é na atualidade a técnica analítica de escolha para a detecção de esteróides androgênicos anabólicos (EAA) em amostras biológicas. Os EAA, apesar de determinarem alterações endócrinas e bioquímicas graves em seus usuários, são amplamente utilizados no âmbito esportivo. O presente trabalho teve como objetivo a validação de um método para a detecção de EAA e/ou seus produtos de iotransformação em urina e avaliação de seus efeitos tóxicos sobre os parâmetros séricos laboratoriais. O estudo foi realizado em 20 voluntários freqüentadores de academias da cidade de São Paulo (SP), os quais responderam a um questionário e cederam amostras de urina e sangue. Os dados obtidos dos 10 voluntários usuários de EAA (teste) foram estatisticamente comparados com os de 10 voluntários não usuários (controle). O método analítico validado apresentou-se adequado para a aplicação em programas de controle de dopagem no esporte e os dados séricos demonstraram aumento nos níveis de LDL (178,2 vs 117,6 mg/dL; p< 0.001) e queda nos de HDL (13,8 vs 44,6 mg/dL; p< 0.001), LH (0,45 vs 2,69 mUI/dL; p< 0.001) e FSH (0,67 vs 3,88 mUI/dL; p< 0.001) nos voluntários usuários de EAA. Os questionários demonstraram diferentes padrões de uso para os EAA, os quais eram obtidos sem receita médica em farmácias ou em lojas de suplementos alimentares e utilizados em associação com outros fármacos ou drogas de abuso. Os resultados desse trabalho demonstram alterações no perfil lipoprotéico e supressão do eixo hipofisário em usuários crônicos de EAA, além da necessidade da adoção de ações educativas junto à população expostas a tais substâncias.
Título em inglês
Detection of anabolic steroids by GC/MS in urine and correlation with biochemistry and hormonal alterations
Palavras-chave em inglês
anabolic steroids
doping
sports medicine
toxicology
Resumo em inglês
Gas chromatography-mass spectrometry (GC/MS) has been applied as standard analytical method for detection of anabolic steroids (AAS) in biological samples. The AAS have been used extensively in sports, despite of their reported toxicological effects in biochemistry and endocrine profile. The aim of this study was the validation of an analytical method for the detection of AAS and their metabolites in urine samples and evaluation of their effects on blood laboratories parameters. The study was conducted with 20 volunteers of professionally equipped private gym in São Paulo. Urine and blood samples were drawn and a questionnaire was answered. The data from 10 active users of AAS (test group) was statistically compared to 10 nonusers (control group). The optimized method was shown to be suitable for sports antidoping control programs and significant differences were found in laboratory parameters of test group: increase of LDL (178,2 vs 117,6 mg/dL; p< 0.001) and reduction in HDL (13,8 vs 44,6 mg/dL; p< 0.001), LH (0,45 vs 2,69 mUI/dL; p< 0.001) and FSH (0,67 vs 3,88 mUI/dL; p< 0.001) serum levels. The questionnaire demonstrated distinct user's profile of AAS, which were bought in drugstores or food supplemental stores and were frequently used in association with other medicines and drugs of abuse. These results indicate that chronic anabolic steroids intakes cause an alteration in serum lipoprotein profile and suppression of the hypothalamus-pituitary glandgonad axis as well as the necessity of educational programs to people exposed to AAS.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
camposdr.pdf (725.10 Kbytes)
Data de Publicação
2006-11-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.