• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.9.2015.tde-14082015-111546
Documento
Autor
Nome completo
Marc Strasser
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Storpirtis, Silvia (Presidente)
Contezini, Silvana Nair Leite
Farias, Mareni Rocha
Marandino, Martha
Rincon, Luz Alcira Avila
Título em português
Da sala de aula à práxis clínica no contexto do Sistema Único de Saúde: o currículo de Farmácia frente às necessidades da população brasileira
Palavras-chave em português
Currículo
Educação farmacêutica
Equipe multiprofissional de saúde
Mapa conceitual
Sistema Único de Saúde
Resumo em português
As mudanças ocorridas no Sistema Único de Saúde nos últimos anos, associadas às mudanças nas políticas educacionais, forçaram uma modificação na atuação do profissional farmacêutico. Nesse sentido, o farmacêutico necessita adquirir capacitação para atuar em conjunto com a Equipe Multiprofissional de Saúde. O objetivo deste trabalho foi avaliar se o ensino superior em Farmácia no Brasil capacita o farmacêutico a atuar em colaboração com a Equipe Multiprofissional de Saúde dentro dos preceitos do Sistema Único de Saúde. Com base em metodologia quanti-qualitativa, este trabalho analisou projetos político-pedagógicos e o cenário clínico de hospitais universitários de cinco instituições de ensino superior brasileiras, e estudou, a partir de questionários qualitativos, aplicados a diversos profissionais de saúde, as necessidades da equipe em relação à atividade do farmacêutico. Verificou-se inserção ainda modesta do farmacêutico, muitas vezes causada pela falta de conhecimento da equipe sobre sua função ou por uma sensação de falta de preparo do próprio profissional. Também, a análise dos documentos oriundos dos cursos permitiu a constatação da falta de um olhar direcionado para o Sistema Único de Saúde e para a formação clínica. Poucas iniciativas curriculares tem surgido nesse sentido. Por fim, são apresentadas propostas, por meio de mapeamento conceitual, para se pensar um currículo em que coexistam a formação técnica, já tradicional, e a formação clínica, permitindo abarcar essa última, deixada de lado a partir de meados do século XX, que retorna hoje como uma demanda social.
Título em inglês
From the classroom to the clinical practice within the National Healtcare System: Pharmacy's curriculum facing Brazilian population's needs.
Palavras-chave em inglês
Brazilian National Healthcare System
Conceptual mapping
Curriculum
Pharmaceutical education
Resumo em inglês
Recent modification in the Brazilian's Public Health System, associated with changes in educational policies for higher education, forced a change in the pharmacist's professional performance area. Accordingly, the pharmacist needs to acquire capacity to act in conjunction with the Health Multidisciplinary Team. The objective of this thesis was to evaluate whether higher education in Brazil Pharmacy Schools enables the professional to work in collaboration with the Health Multidisciplinary Team within the precepts of National Public Health System. Based on quantitative and qualitative methodology, this study analyzed political-pedagogical projects and the clinical setting of university hospitals of five Brazilian higher education institutions, and studied from qualitative questionnaires applied to various health professionals the needs of the Multidisciplinary Health Team in having as a team member the pharmacist. There was verified a still modest insertion of the pharmacist in health teams, often caused by lack of staff knowledge about their function or by a sense of lack of readiness of the professional himself. Also, the analysis of documents from Pharmacy courses led to confirmation of the lack of educational policies directed to the National Public Health System and clinical training. Few curriculum initiatives have arisen in this regard. Finally, proposals are developed through conceptual mapping, to think of a Pharmacy course curriculum that can coexist in both the technical training as clinical training, allowing embrace this professional area of actuation that was set aside from the mid-twentieth century and returns today as a social demand.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-08-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.