• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.9.1997.tde-10022015-155633
Documento
Autor
Nome completo
Ana Luiza Pereira Moreira Mori
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1997
Orientador
Banca examinadora
Martins, Jorge Afonso (Presidente)
Lichtig, Jaim
Magalhaes, Joao Fernandes
Título em português
Própolis - identificação de flavonóides e ácidos aromáticos em tintura. Estimativa de FPS de extrato mole em base cosmética.
Palavras-chave em português
Compostos aromáticos
Cosmetologia
Produtos naturais
Resumo em português
A realização deste trabalho objetivou a avaliação quantitativa da absorção da radiação UVB (290-320 nm) em oito amostras de própolis, incorporadas em base cosmética apropriada, sob a forma de extrato mole, originárias de diversas regiões com diferentes origens botânicas sendo duas de Minas Gerais, três de São Paulo, uma de Santa Catarina, uma do Rio Grande do Sul e outra da Pensilvânia - EUA. A estimativa de absorção foi feita através de método espectrofotométrico com medidas de absorbâncias na faixa entre 290 a 320 nm, tomadas de 5 em 5 nm. Cada medida de absorbância foi relacionada à intensidade e ao efeito eritemogênico da radiação em seu respectivo comprimento de onda. Os resultados tiveram como parâmetro o padrão de referência salicilato de homomentila, aprovado pela FDA para determinação de FPS in vivo. Foi obtido um perfil cromatográfico através de cromatografia em camada delgada para avaliação qualitativa de nossas amostras em relação a alguns flavonóides e ácidos aromáticos, o que nos permitiu constatar a presença de ácido cafeico em todas as amostras analisadas. Foram dosados flavonóides totais por método colorimétrico com cloreto de alumínio, expressos em crisina a 330 nm. Foi feita a comparação entre os resultados de FPS e flavonóides totais e observamos proporcionalidade direta entre a maioria das amostras, o que confirma a ação de absorção de radiação ultra-violeta por flavonóides colhidos pelas abelhas em plantas.
Título em inglês
Propolis - identification of flavonoids and aromatic acids in dye. FPS estimation Soft extract cosmetic base
Palavras-chave em inglês
Aromatic compounds
Cosmetology
Natural products
Resumo em inglês
The aim of this work was to evaluate quantitatively the UVB absorption (290-320 nm) of propolis, contained in eight cosmetic samples as soft extract, from different botanical origins and several regions, such as Minas Gerais, São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul and Pennsylvania (USA). A spectrophotometric method using absorbance measurements in a range of 290-320 nm, taken at 5 nm intervals, was used to asses the absorbance. Each absorbance measurement was related to both intensity and erythemal effect of the radiation at its respective wavelength. Homosalate, which is approved by the FDA as reference standard, was used for the determination of SPF in vivo. Chromatograms of the samples were obtained by thin-layer chromatography to evaluate the presence of some flavonoids and aromatic acids in the samples. This technique allowed the detection of caffeic acid in all the analyzed samples. The total flavonoids content was assayed by the colorimetric method using aluminum chloride, and the results were expressed in chrysin at 330 nm. A comparison between the SPF results and the total flavonoids contend was done and a direct relationship between most of the samples was observed, confirming the absorbing ultraviolet radiation property of the flavonoids collected by bees.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-02-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.