• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.9.1999.tde-27052015-092803
Documento
Autor
Nome completo
Geraldo Alves da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1999
Orientador
Banca examinadora
Bacchi, Elfriede Marianne (Presidente)
Alfonso, Veronica Angyalossy
Bevilacqua, Estela Maris Andrade Forell
Kato, Edna Tomiko Myiake
Oga, Seizi
Título em português
Estudo farmacognóstico de Croton urucurana baillon (Sangra d'agua)
Palavras-chave em português
Caracterização farmacognóstica
Cicatrizante
Croton urucurana
Farmacognosia
Sangra d água
Taspina
Toxicidade
Resumo em português
Croton urucurana Baillon, comumente conhecida como "sangra-d'água", é uma árvore medicinal do suldeste brasileiro utilizada como cicatrizante e antiinflamatório. A espécie carece de estudos botânicos, químicos e farmacológicos para que possa ser utilizada com segurança. O objetivo deste trabalho foi caracterizar a casca, a folha e o látex obtidos desta espécie, através de estudos farmacognósticos, isolando princípios ativos e verificando a toxicidade e as atividades antiúlcera e cicatrizante. Dentre as principais características macroscópicas podemos citar: (a) casca; enrolada com presença de manhas brancas, fratura fibrosa e sabor adstringente; (b) folha; simples, pubescente, cordiforme, peninérvea e ápice agudo. Quanto as características microscópicas temos: (a) casca; floema, pseudocórtex e periderme apresentado drusas, cristais prismáticos e amiloplastos; grande quantidade de esclereídes, células com taninos e laticíferos não articulados; (b) folha; mesofilo assimétrico com presença de grandes drusas; epiderme com pêlos estelares e estômas paracíticos. Na triagem fitoquímica foram encontrados alcalóides, esteróides, compostos fenólicos, taninos, saponinas e óleo essencial. O teor de taninos presente no látex é de 1,02%, determinado por gravimetria. Foram realizadas determinações físico-químicas (segundo Farmacopéia Brasileira) e cromatográficas das drogas (casca e folha) e de seus extratos. A taspina, um alcalóide cicatrizante, foi isolado do látex e identificado por I.V. e RM.N. O látex é altamente tóxico por via oral, e apresenta atividade cicatrizante e antiúlcera, verificado por ensaios com ratos Wistar.
Título em inglês
Pharmacognostic study Croton urucurana Baillon (sangra-d'agua)
Palavras-chave em inglês
Croton urucurana
Pharmacognostic characterization
Pharmacognosy
Sangra-d´água
Taspine
Toxicity
Resumo em inglês
Croton urucurana Baillon, commonly known as "sangra-d'água", is a medicinal tree a southest brazilian, used for healing of wounds and antiinflammatory. There are not data about the botanical, chemical and pharmacological studies for the drug to used with safety. The objective of our search to was characterize to bark, the leaf and the latex obtained from this species, through pharmagnostics studies, active principle isolation and its toxicity, antiulcer and wound healing activities. the main macroscopic characteristics are: (a) bark, rolled up with presence of white spots, its fractures is fibrous and flavor astringent; (b) leaf; simple, puberulent, cordate, pinnately veined and acute apice. The microscopic characteristics have: (a) bark; phoem, pseudocortex and periderm with druses, prismatic crystals and starch; great amount of sclereids, cells with phenolic content and non-articulate laticifers; (b) leaf; asymmetric mesophyll with enormous druses of calcium oxalate, abundant in the palisade parenchyma; epidermis with stellate hairs and stomata paracytic. In the phytochemical screening there were detected alkaloids, steroids, phenolics compounds, tannins, saponins and essential Gil. The proportion of tannins presents in the latex is of 1,02%. The physical-chemical and chromatographic profiles (according to Farmacopéia Brasileira) of the drugs (bark and leaf) and of its extracts were determined. The taspine, a wound healing alkaloid, was isolated of the latex and identified by I.R. and M.N.R. The látex showed to be highly toxicant and to have a wound healing and antiulcer activity, assayed in Wistar rats.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-05-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.