• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.9.1991.tde-14072008-114642
Documento
Autor
Nome completo
Vicente de Oliveira Ferro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1991
Orientador
Banca examinadora
Oliveira, Fernando (Presidente)
Akisue, Gokithi
Ferreira, Zenaide Maria Gabriela Scattone
Oga, Seizi
Panizza, Sylvio
Título em português
Aspectos farmacognósticos de Mikania smilacina DC
Palavras-chave em português
Farmacognosia
Guaco
Mikania
Resumo em português
Mikania smilacina DC vulgarmente denominada de guaco-de-sete-sangrias, utilizado como antiinflamatório buco-dentário, no tratamento da hipertensão, de urticária e como diurético, foi caracterizada farmacognosticamente. A morfologia externa e interna da planta e da droga com ela elaborada foi estudada detalhadamente. Desenhos e fotografias das estruturas analisadas ilustram o trabalho. O estudo químico foi executado isolando-se e identificando-se substâncias presentes no extrato hexânico preparado a partir da droga. Assim, foi constatada a presença de ácido caurenóico, ácido pimaradiênico e de cumarina no referido extrato. A análise cromatográfica em fase gasosa seguida de identificação dos componentes por espectroscopia de massa acoplada a banco de dados permitiu verificar a presença dos seguintes componentes na fração óleo essencial: alfa-pineno; sabineno;limoneno; alcool alfa 4-dimetil benzílico; derivado dimetilado do estireno; terpinoleno; biciclo(6.1.0) nonano, 9-(1-metiletilideno); ciclo-hexeno 1,5,5-trimetil-6-(2-propenilideno); ciclo-hexeno, 1-(propinil); 2H-1,6 benzoxazocin- -(6H)ona, 3,4-dihidro; 2(1A) azulenona, 4,5,6,7,8,8a-hexahidro-8a-metil; etanona, 1 octahidro-3-hidroxi-7a-metil-5-(1metil- etenil); 2,6,10 dodecatrien-1-ol,3,7,11-trimetil; 1- heptanol, 2 propil; 1-noneno, 4,6,8- trimetil; espiro(4,5) dec-7-eno,1,8-dimetil-4-(1-metiletenil); 3- metil - 1,4-heptadieno; metilester do ácido 2-metil octanóico; 2,4,4-trimetil hexano; ciclopentano, 2-metil-1-metileno-3-(1-metiletenil); 2-metil, undecano; 4-metil-2-propil 1-pentanol; 3-etil, 3-pentanol, octadecano, N-etil acetamida, Hexatriacontano, 2-metil dodecano; 3-3-dimetil heptano.A quantificação da cumarina por cromatografia em camada delgada seguida de densitometria do extrato fluido foi também executada o que permitiu saber que a concentração desta substância no referido extrato varia entre 0,032a 0,035% m/v. O perfil cromatográfico do extrato fluido foi melhor caracterizado quando empregamos hidróxido de sódio a 20% como revelador. A atividade anticoagulante, antiinflamatória, toxicidade subaguda foi também executada. A planta parece não possuir atividade anticoagulante e antiinflamatória possuindo baixa atividade antimicrobiana para Staphylococcus aureus. Antimicrobiana e o ensaio de toxicidade subaguda do extrato revelou ausência de sinais de intoxicação nas doses de até 100mg/kg.
Título em inglês
Pharmacognostic aspects of mikania smilacina DC
Palavras-chave em inglês
Farmacognosia
Guaco
Mikania smilacina
Resumo em inglês
Mikania smilacina DC, which is commonly known as "guaco-de-sete-sangrias",was described pharmacognostically. It has been applied in folk medicine as an antiinflamatory teething agent, in treatment of hypertension, urticaria and for its diuretic properties. The external and internal plant and drug morphology has been studied here in detail. Some illustration is made with pictures and photos of many structures. Chemical studywas made isolating and identifying components of the hexanic extract prepared from the plant. In this manner a kaurenoic acid, a pimaradienic acid.and coumarin has been found in the extract of the plant. Gas chromatography analysis followed by the identification of the components by mass spectroscopy connected to a databank detected the presence of the following components: alfa-pineno; sabineno;limoneno; alcool alfa 4-dimetil benzílico; derivado dimetilado do estireno; terpinoleno; biciclo(6.1.0) nonano, 9-(1- metiletilideno); ciclo-hexeno1,5,5-trimetil-6-(2-propenilideno); ciclo-hexeno,1- (propinil); 2H-1,6 benzoxazocin-5-(6H)ona, 3,4-dihidro; 2(1A) azulenona, 4,5,6,7,8,8a-hexahidro-8a-metil; etanona, 1 octahidro-3-hidroxi-7a-metil-5- (1metil- etenil); 2,6,10 dodecatrien-1-ol,3,7,11-trimetil; 1- heptanol, 2 propil; 1-noneno, 4,6,8- trimetil; espiro(4,5) dec-7-eno,1,8-dimetil-4-(1-metiletenil); 3-metil - 1,4-heptadieno; metilester do ácido 2-metil octanóico; 2,4,4-trimetil hexano; ciclopentano, 2-metil-1-metileno-3-(1-metiletenil); 2-metil, undecano; 4-metil-2-propil 1-pentanol; 3-etil, 3-pentanol, octadecano, N-etil acetamida, Hexatriacontano, 2-metil dodecano; 3-3-dimetil heptano. Quantification of coumarin by thin layer chromatography followed by densitometry of the fluid extract has also been made and the concentration of the substance in the plant varies from 0,032 to 0,035 % m/v. The chromatographic profile of the fluid extract was better characterized when using a 20% sodium hydroxide solution as the revealer reagent. The anticoagulant, antiinflamatory and antimicrobial activity as well as its subagude toxicity has also been tested. The plant does not seem to present antiinflamatory or anticoagulant activity, and only low antimicrobial activity against Staphyloccocus aureus. The subagude toxicity assay of the extract showed no intoxication signals when using doses up to 100mg/kg.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-07-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.