• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.9.2004.tde-20112006-075010
Documento
Autor
Nome completo
Marina Reis de Moura Campos
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2004
Orientador
Banca examinadora
Almeida, Sandro Rogério de (Presidente)
Carneiro, Célia Regina Whitaker
Gambale, Valderez
Título em português
Interação de Trichophyton rubrum com macrófagos peritoneais de camundongos
Resumo em português
Trichophyton rubrum, importante agente de dermatofitoses, é um fungo queratinofílico, capaz de parasitar tecidos como pele e unha. É o principal responsável pelas dermatofitoses crônicas e refratárias ao tratamento e como é uma espécie antropofílica encontra-se muito bem adaptado ao parasitismo humano. Por tratar-se de uma micose cutânea, torna-se necessário o estudo dos fenômenos que ocorrem durante o encontro deste fungo com uma das principais células do sistema imunológico que primeiramente reconhecem o antígeno. Assim sendo, o objetivo deste trabalho é estudar a interação de T.rubrum com macrófagos, para aumentar o conhecimento dos mecanismos envolvidos na resposta imunológica nesta importante patologia. Para isso, foram realizados ensaios de fagocitose de conídios de T.rubrum, seguidos da análise da expressão de moléculas de superfície celular, dosagem de citocinas e viabilidade de macrófagos. Verificamos que o exoantígeno de T.rubrum provocou diminuição da fagocitose de conídios e partículas de zymosan pelos macrófagos. Entretanto, o exoantígeno não interferiu na expressão de moléculas de superfície celular e não foi capaz de estimular os macrófagos a secretar TNF-α, IL-12, IL-10 e óxido nítrico. Já os conídios fagocitados por macrófagos, provocaram diminuição significativa na expressão de suas moléculas de superfície, tais como MHC classe II, CD80 e CD54. Após fagocitose de conídios, os macrófagos foram capazes de secretar uma grande quantidade de TNF-α e IL-10 e após 8 horas de cultivo, os conídios internalizados iniciaram processo de formação de hifa, provocando lise e a conseqüente morte destas células. Por estes achados e pelos estudos prévios já realizados com o T.rubrum, pensamos que a persistência desta infecção fúngica possa estar relacionada com a ação inibitória do fungo sobre os macrófagos, levando à cronicidade observada nestas lesões.
Título em inglês
Stimulation, inhibition and death of macrophages infected with Trichophyton rubrum
Palavras-chave em inglês
Fagocitose
Macrofagos
Macrophages
Phagocytosis
Trichophyton rubrum
Resumo em inglês
Trichophyton rubrum is the most common pathogen causing dermatophytosis, accounting for approximately 80% of the reported cases of onychomycosis. Since 90% of the chronic dermatophyte infections are caused by T. rubrum, it is likely that this pathogen must have evolved mechanisms that evade or suppress cell-mediated immunity. Several reports have highlighted the participation of phagocytes in the immune defense against fungi; however, few studies have addressed the role of these cells in dermatophytosis. In this study, we investigated the interactions of resident and peritoneal macrophages with T. rubrum. We show here that the interaction of T. rubrum conidia with resident macrophages results in the production of TNF-α and IL-10 but not IL-12 and nitric oxide. Infected macrophages down-regulated the expression of co-stimulatory molecules (CD80 and CD54). We also show that phagocytosis of T. rubrum conidia is inhibited by the addition of fungal exoantigens or mannan. Cytotoxicity assays indicated that after 8 h of conidia ingestion macrophage viability decreased drastically. Electron microscopy revealed that the ingested conidia grow and differentiate into hyphae inside macrophages leading to rupture of the macrophage membrane.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
dissertacao.pdf (8.49 Mbytes)
Data de Publicação
2008-08-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.