• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.9.2004.tde-10022015-164159
Documento
Autor
Nome completo
Ana Cristina de Souza
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2004
Orientador
Banca examinadora
Garcia, Primavera Borelli (Presidente)
Massumoto, Celso Mitsushi
Pereira, Juliana
Título em português
Avaliação das populações celulares e da atividade proliferativa de precursores hematopoéticos esplênicos de camundongos submetidos à desnutrição protéica
Palavras-chave em português
Desnutrição protéico-energética (Efeitos)
Hematologia (Experimentos)
Proliferação celular (Experimentos)
Resumo em português
A desnutrição altera o sistema imunológico, freqüentemente modificando a resposta do hospedeiro frente a patógenos e predispondo o indivíduo à infecções. Neste trabalho, utilizando ensaios clonogênicos e imunofenotipagem, avaliamos os efeitos da desnutrição protéica em precursores hematopoéticos esplênicos. Camundongos Swiss Webster, machos, com dois a três meses de idade, foram alimentados com ração contendo 4% e 20% de proteína constituindo os grupos desnutridos e controle, respectivamente. A fonte protéica das rações foi a caseína. Os animais foram mantidos em gaioleiros metabólicos, sob temperatura ambiente de 22° a 25°C e ciclo de luz de 12 horas. A desnutrição experimental foi induzida após período de adaptação às condições do gaioleiro metabólico. O consumo de ração, de água e a variação do peso corporal inicial, foram avaliados a cada 48 horas. Após a perda de 20-25% do peso corpóreo inicial, foram colhidas amostras sangüíneas para a verificação do perfil hematológico, determinação das concentrações séricas de proteínas e da albumina. As células esplênicas foram colhidas para a realização do esplenograma, dos ensaios clonogênicos e da imunofenotipagem, utilizando-se painel de anticorpos monoclonais. Para a obtenção de progenitores granulocíticos (CFC-GM), empregou-se a associação dos fatores de crescimento G-CSF (1ng) e GM-CSF (0,1ng). A obtenção de progenitores granulocíticos e eritróides (CFC-Mix) se deu pela associação dos fatores de crescimento IL-3 (1ng) e EPO (5UI). Os resultados obtidos indicaram redução significativa no grupo desnutrido, do consumo de ração e peso corpóreo, das concentrações séricas de proteínas totais e albumina, bem como do volume do hematócrito, concentração de hemoglobina e do número global de leucócitos. A celularidade esplênica também apresentou redução significativa no grupo desnutrido, quando comparada a do grupo controle. Nos ensaios clonogênicos, o grupo desnutrido apresentou menor formação de "clusters" e de colônias frente aos fatores de crescimento utilizados. Na imunofenotipagem, o mesmo grupo apresentou aumento na percentagem de células CD34+, bem como de precursores linfóides T, identificados por anti CD2 e anti CD5 e de precursores linfóides B, identificados por anti CD19 e anti CD22. Estes resultados sugerem que a desnutrição protéica induz, in vivo, a redução das células primitivas e bloqueio maturativo em células precursoras esplênicas. Os ensaios clonogênicos indicaram que as células de animais desnutridos não respondem adequadamente aos fatores de crescimento, sugerindo alterações em receptores e, ou processos transducionais e, ou transcricionais.
Título em inglês
Evaluation of cellular populations and proliferative activity of splenic hematopoietic precursors mice undergoing protein malnutrition
Palavras-chave em inglês
Cell proliferation (Experiments)
Hematology (Experiments)
Protein-energy malnutrition (Effects)
Resumo em inglês
Malnutrition usually affects the immune system, most of the times modifying the immunological response to pathogens, predisposing the individuals to infections. In this work the effect of protein malnutrition on splenic hematological precursors were investigated by clonogenic assays and immunephenotyping. Two months old male Swiss Webster mice were fed with chow containing 4% and 20% casein, respectively the deprived and the control groups. The animals were observed in metabolic cages, at 22-25° C and light-controlled during 12 hours. The experimental procedure was started after the animals were accustomed to the environment. The chow and water consumption as well as the weight were recorded every 48 hours. Soon after a 20-25% weight loss, blood samples were collected in order to determine hematological parameters, and serum protein and albumin. The splenic cells were collected and used to do the splenogram, clonogenic assays and immunephenotyping with monoclonal antibodies. Growth factors G-CSG (1 ng) and GM-CSF(0.1 ng) combination were employed to obtain the granulocytic progenitors CFC-GM. The growth factors IL-3 and EPO (5 UI) association were used to obtain the granulocytic and erythroid progenitors (CFC-Mix). The obtained data indicated significative reduction of weight, chow consumption, serum proteins, blood hematocrit, hemoglobin concentration and leucocytes in the deprived group. The deprived group splenic cellularity exhibited decrease in comparison to the control group as well. The clonogenic assays disclosed decreased formation of clusters and colonies at exposure to specific growth factors in the deprived group. In this group the immunephenotyping showed CD34+ cells increase, as well as linfoid T precursors, identified by anti CD2 and anti CD5, as well as linfoid B precursors, identified by anti CD19 and anti CD22. These data suggest that protein malnutrition leads, in vivo, to primitive cells reduction and progenitor cells maturative blocking. The clonogenic assays indicated that the hematopoietic cells from deprived animals did not respond to growth factors, suggesting that receptors, transduction and, or transcriptional modifications may have occurred.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-02-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.