• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.9.2019.tde-08032019-181032
Documento
Autor
Nome completo
Thauany Martins Tavoni
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Maranhao, Raul Cavalcante (Presidente)
Chagas, Antonio Carlos Palandri
Lima, Fabio Bessa
Mansur, Antonio de Padua
Título em português
Metabolismo e função das lipoproteínas de alta densidade (HDL) em indivíduos idosos: efeito da presença de diabetes mellitustipo 2 e doença coronária obstrutiva
Palavras-chave em português
Diabetes mellitus
Doença arterial coronária
HDL
Metabolismo de lípides
Resumo em português
Introdução: A doença arterial coronária (DAC) decorrente da aterosclerose é uma das principais causas de comprometimento do envelhecimento saudável e sobrevida do idoso.Entre os principais fatores de risco da DAC estão o diabetes mellitus tipo 2 (DM) e as dislipidemias. O HDL-colesterol baixo é fator de risco importante, mas aspectos funcionais e metabólicos da HDL devem ser avaliados, já que esta lipoproteína tem várias ações anti-aterogênicas. Neste sentido, a transferência de lípides de outras lipoproteínas para a HDL, mediada pela proteína de transferência de ésteres de colesterol (CETP), é passo importante na formação e metabolismo da HDL e está relacionada com a presença de DAC. Objetivo: Avaliar o impacto da idade nas transferências de lípides para HDL e outros parâmetros relacionados com o metabolismo da HDL em indivíduos idosos e as mudanças nesses parâmetros em idosos com DAC e com DAC e DM. Métodos: Foram estudados 25 jovens (JOV), 35 idosos sem DAC e sem DM (IDS), 35 idosos com DAC (IDS-DAC) e 34 idosos com DAC e DM (IDS-DAC-DM). Foram determinados perfil lipídico e apolipoproteínas plasmáticas, concentração plasmática da CETP e da lecitina-colesterol aciltransferase (LCAT), composição lipídica e diâmetro da HDL e marcadores inflamatórios. A transferência de colesterol esterificado e livre, fosfolípides e triglicérides para a HDL foi realizada por ensaio "in vitro" com uma nanopartícula marcada com lípides radioativos como partícula doadora de lípides. Após a precipitação química das outras lipoproteínas e da nanopartícula doadora, o sobrenadante contendo HDL foi separadoe medida a radioatividade. Resultados: IDS apresentou IMC maior que JOV. LDL-colesterol e não-HDL-colesterol, IL-6 e IL-8 foram mais altos, IL-1β mais baixo e a transferência de fosfolípides para a HDL foi maior em IDS do que em JOV, mas as diferenças desapareceram quando corrigidas pelo IMC. Entre IDS-DAC e IDS não houve diferenças nos lípides plasmáticos, mas no IDS-DAC a transferência de colesterol livre, triglicérides e fosfolípides foi menor e a de colesterol esterificado foi maior. A concentração de CETP foi maior no IDS-DAC, onde houve maior % de colesterol esterificado e triglicérides e menor % de fosfolípides na HDL. Em IDS-DAC-DM, apoB foi maior que em IDS-DAC, mas LDL-colesterol foi igual. Houve menor transferência de colesterol esterificado em IDS-DAC-DM comparado a IDS-DAC e maior de fosfolípides. IDS-DAC-DM teve CETP mais baixa e LCAT mais alta do que IDS-DAC. Em IDS-DAC-DM houve menor proporção de colesterol esterificado e livre e maior de fosfolípides na HDL. Marcadores inflamatórios não diferiram entre IDS-DAC-DM e IDS-DAC. Conclusões: As alterações nos parâmetros de transferência de lípides sinalizaram tanto a presença de DAC nos idosos quanto diferenciaram idosos com DAC associada a DM daqueles apenas com DAC. A redução da transferência de colesterol livre nos idosos com DAC é aterogênica, como foi mostrado em trabalho anteriorem indivíduos de 40-50 anos com DAC precoce. Esses dados podem ter aplicação tanto na prevenção quanto na terapêutica da DAC, por meio de medicamentos que modulem a transferência de lípides para a HDL e assim melhorem a função anti-aterogênica desta lipoproteína.
Título em inglês
Metabolism and function of high density lipoprotein (HDL) in the elderly: effects of type 2 diabetes mellitus and coronary artery disease
Palavras-chave em inglês
Coronary artery disease
HD
Lipid metabolism
Type 2 diabetes mellitus
Resumo em inglês
Introduction: Coronary artery disease (CAD) resulting from atherosclerosis is one of the main causes of compromised healthy aging and lifespan in elderly people. Amongst the main risk factors for CAD are type 2 diabetes mellitus (DM) and dyslipidemias. Low HDL-cholesterol is an important risk factor, but functional and metabolic aspects of HDL must be evaluated, since this lipoprotein has several anti-atherogenic actions. In this regard, lipid transfer from other lipoproteins to HDL, mediated by cholesteryl ester transfer protein (CETP), is an important step towards the formation and metabolism of HDL and is related to the presence of CAD. Objective: To evaluate the impact of age in lipid transfer to HDL and other parameters related to HDL metabolism in elderly individuals and the changes in these parameters in elderly individuals with CAD and with CAD and DM. Methods: 25 young (YOUNG), 35 elderly without CAD and DM (ELDERLY), 35 elderly with CAD (ELDERLY-CAD) and 34 elderly with CAD and DM (ELDERLY-CAD-DM) subjects were studied. The lipid profile, the apolipoprotein, CETP and lecithin-cholesterol acyltransferase (LCAT) plasma concentration,theHDL lipid composition and diameter and inflammatory markers were evaluated.The transfer of esterified and free cholesterol, phospholipids and triglycerides to HDL was assayed in vitro with a donor lipid nanoparticle labeled with radioactive lipids.After chemical precipitation of the other lipoproteins and the donor lipid nanoparticle, the supernatant containing HDL was separated and the radioactivity was measured. Results: ELDERLY presented greater BMI than YOUNG. LDL-cholesterol and non-HDL-cholesterol, IL-6 and IL-8 were higher, IL-1β was lower and phospholipid transfer to HDL was higher in ELDERLY than in YOUNG, but the differences disappeared when corrected by BMI. There were no differences in plasmatic lipids between ELDERLY-CAD and ELDERLY, but in ELDERLY-CAD the transfer of free cholesterol, triglycerides and phospholipids was lower and of esterified cholesterol was higher. CETP concentration was higher in ELDERLY-CAD, where there was higher % of esterified cholesterol and triglycerides and lower % of phospholipids in HDL. In ELDERLY-CAD-DM, apo B was higher than in ELDERLY-CAD, but LDL-cholesterol was equal. There was lower transfer of esterified cholesterol in ELDERLY-CAD-DM compared to ELDERLY-CAD and higher transfer of phospholipids. ELDERLY-CAD-DM had lower CETP and higher LCAT than ELDERLY-CAD. In ELDERLY-CAD-DM there was a smaller proportion of esterified and free cholesterol and greater proportion of phospholipids in HDL. Inflammatory markers did not differ between ELDERLY-CAD-DM and ELDERLY-CAD. Conclusions: The alterations in the parameters of lipid transfer not only signalled the presence of CAD in the elderly but also differentiated the elderly with CAD and DM from those with CAD only. The reduction of free cholesterol transfer in the elderly with CAD is atherogenic, as shown in a previous work on individuals of 40-50 years of agewith precocious CAD. This data may be applied both to the prevention and the therapeutics of CAD, by means of medicines that modulate lipid transfer to HDL and thus improve the anti-atherogenic function of this lipoprotein.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-03-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.