• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Cristiani Burger
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2004
Orientador
Banca examinadora
Campa, Ana (Presidente)
Abdalla, Dulcineia Saes Parra
Brunetti, Iguatemy Lourenco
Souza, Heraldo Possolo de
Ximenes, Valdecir Farias
Título em português
Lipoproteína da alta densidade (HDL) como transportadora da proteína amilóide sérica A (SAA) para sítios inflamatórios: lípides, apolipoproteínas e citocinas inflamatórias em exsudato pleural
Palavras-chave em português
Bioquímica clínica
Lipoproteína (Estudo clínico)
Proteínas sanguíneas (Estudo clínico)
Resumo em português
Resultados obtidos anteriormente pelo nosso grupo mostraram que a proteína de fase aguda amilóide sérica A (SAA) é um potente estímulo para a expressão de mRNA e liberação de TNF-α, IL-1-β e IL-8 em leucócitos humanos, além de atuar como priming para a liberação de espécies reativas de oxigênio (EROs) por neutrófilos. Nosso objetivo, nesse trabalho, foi mostrar a presença de SAA em exsudatos e definir sua origem, além de verificar sua atividade pró-inflamatória in vivo. Para tanto, utilizamos soro e exsudatos pleurais de 32 pacientes com pneumonia. Mostramos primeíramente a presença da SAA no material inflamatório através de SDS-PAGE, immunoblotting e HPLC. A quantificação de SAA nas amostras foi realizada por ELISA. Nestas amostras também foram determinadas as concentrações de proteína total, proteína C reativa (PCR), apo A-I, apo A-II, apo B, colesterol total, triglicérides, TNF-α, IL-1-β e IL-8. A análise integrada dos nossos resultados indica que há uma passagem preferencial da HDL para o foco inflamatório, quando comparada as demais lipoproteínas. A SAA presente em exsudatos é originada do soro e deve sofrer intensa degradação ou associação com células. O efeito da SAA no exsudato é pró-inflamatório, sendo que esta proteína poderia ser um dos alvos para as enzimas proteolíticas e EROs presentes em exsudatos. Acreditamos que este trabalho contribua significamente para a compreensão do, ainda incerto, papel da SAA no processo inflamatório e dá nova abrangência para as funções da HDL e sua participação na reposta imune.
Título em inglês
High density lipoprotein (HDL) as carrier of serum amyloid protein A (SAA) to inflammatory sites: lipids, apolipoproteins and inflammatory cytokines in pleural exudate
Palavras-chave em inglês
Blood proteins (Clinical study)
Clinical biochemistry
Lipoprotein (Clinical study)
Resumo em inglês
Previous results from our lab showed that the acute phase protein serum amyloid A (SAA) is a potent stimulus for the expression of mRNA and secretion of TNF-α, IL-1-β and IL-8 from human leukocytes. Furthermore SAA primes neutrophils for the generation of reactive oxygen species (ROS). Our goal here was to show the presence of SAA in exudates and define its origin, besides the verification of its proinflammatory activity in vivo. To achieve this goal we used serum and pleural exudates from 32 patients with pneumonia. At first, we showed the presence of SAA in the exudate through SDS-PAGE, immunoblotting and HPLC. SAA was quantified by ELISA. Besides SAA, we also determined the concentrations of total protein, C reactive protein, apo A-I, apo A-II, apo B, cholesterol, triglyceride, TNF-α, IL-1-β e IL-8. The integrate analysis of our results indicates that there is a preferential leakage of HDL to the inflammatory focus when compared to other lipoproteins. SAA present in exudates is originated from serum and may be intensively degraded or associated to cells. The effect of SAA in the exudate is proinflammatory and this protein may be a target for proteolytic enzymes and for ROS present in exudates. We believed that this work adds new insights to the, yet undefined, role of SAA in the inflammatory process and gives a broader compreension to the functions of HDL and its participation in the on the immune response.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-09-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.