• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.9.2014.tde-06052015-112126
Documento
Autor
Nome completo
Fernando Henrique Galvão Tessaro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Martins, Joilson de Oliveira (Presidente)
Fernandes, Pedro Augusto Carlos Magno
Vinolo, Marco Aurelio Ramirez
Título em português
Ação da insulina na liberação de citocinas por macrófagos residentes de camundongos diabéticos estimulados com lipopolissacarídeo
Palavras-chave em português
Aloxana
Diabetes
LPS
Macrófago
Resumo em português
Indivíduos diabéticos apresentam incidência elevada de doenças infecciosas. Isto pode estar relacionado às alterações na capacidade da resposta destes indivíduos aos agentes agressores. Em animais diabéticos, algumas destas alterações já foram descritas, assim como sua reversão pela administração de insulina. Este hormônio regula o metabolismo celular, modulando a atividade de proteínas e mediadores inflamatórios envolvidos neste processo. Sabemos que o lipopolissacarídeo (LPS) estimula, em macrófagos alveolares (MA) de animais não-diabéticos, a liberação do fator de necrose tumoral (TNF)-α e do óxido nítrico (NO). O pré-tratamento deste MA com insulina inibiu todos estes efeitos. Assim, neste projeto, avaliamos o papel da insulina em MA e macrófagos peritoneais (MP) de camundongos, tornados diabéticos pela indução com aloxana (60 mg/kg, i.v.). Uma suspensão contendo 1x106 células foi estimulada com LPS (100 ng/mL) na presença ou não de insulina (1mU/mL). Realizamos a evolução temporal (0,5; 1; 3; 6; 24 horas) para a dosagem de NO, TNF-α e interleucina (IL)-10. Nos tempos de maior produção destas citocinas (0,5 e 3 horas), também quantificamos IL-6, interferon (IFN)-γ e IL-4. Nossos resultados mostram que a produção/liberação dos mediadores imunes por MA e MP estimulados por LPS, quando tratados simultaneamente com insulina, tiveram uma redução. Assim, a produção/liberação de NO foi reduzida durante 0,5; 1; 3; 6, 24 horas, em MA e em MP; a liberação de TNF-α foi reduzida durante 0,5 hora, em MP; a liberação de IL-6 foi reduzida durante 3 horas, em MA, e 0,5 hora, em MP. Estes dados mostram que a insulina reduziu a liberação destes mediadores inflamatórios, tanto para os MA quanto para os MP, durante o estímulo com LPS, de animais diabéticos já nos primeiros minutos de estímulo com LPS, com um pico de redução, na maioria das vezes, em 3 horas.
Título em inglês
Insulin actions on release of cytokines by resident macrophages of diabetic mice stimulated with lipopolysaccharide
Palavras-chave em inglês
Alloxan
Diabetes
LPS
Macrophage
Resumo em inglês
Diabetic patients exhibit high incidence of infectious diseases, at least in part, by due impaired immune response against aggressive agents. Lipopolysaccharide (LPS) triggers the releasing of tumor necrosis factor (TNF)-alpha and nitric oxide (NO) by alveolar macrophages (AM) of non-diabetic animals. The pretreatment using insulin inhibited of these cytokine release. The aim in the present study was to evaluate the insulin role on releasing of cytokines by MA and peritoneal macrophages (MP) of diabetic mouse. Resident AM and MP from diabetic (alloxan 60 mg/kg, i.v.) male C57BL/6 mice (CEUA/FCF/USP-339) stimulated by LPS (100 ng/mL). Insulin (1 mU/mL) insulin treatment was simultaneously with stimulus by LPS. Cytokines were measured by ELISA, and NO by Griess reaction. We performed a time course (0,5; 1; 3; 6; 24 hours), and measured NO, TNF-alpha and interleukin (IL)-10. We also measured IL-6, interferon (IFN)-γ, and IL-4 in 0.5 and 3 hours. Results were evaluated by analysis of variance (ANOVA) followed by multiple comparison Tukey-Kramer or the nonparametric Kruskal-Wallis test. P value were considered when <0.05. Before the induction of diabetes by alloxan injection in day 0 animals showed: weight (26±0,3 g) and blood glucose concentration (164±2,6 mg/dL) - and 10 days after the onset of the disease, diabetic mice presented a lower weight gain (24 ± 0,4 g*) and elevated blood glucose concentration (546±9,7 mg/dL*). An increase was seen NO release levels and TNF-alpha in the time course (Figure 1); an increase of IL-6 in 3 hours (Figure 3), and a decrease of IL-4 in 3 hours (Figure 5) after LPS stimulation of MA in diabetic animals. In MP, there was an increase of NO levels, and TNF-alpha in the time course (Figure 2); in 3 hours increased IL-6 levels (Figure 4) - under the same conditions. Insulin treatment under stimulation by LPS in MA reduced the levels of NO, IL-6, and TNF-alpha compared to the group stimulated by LPS. Regarding MP, insulin treatment also decreased NO levels, TNF-alpha, and IL-6. IL-4 levels produced by MP, and IFN-γ levels were not be detected in MA and MP under stimulation by LPS, or in the presence of hormone. These findings suggest that insulin reduce the release of these inflammatory mediators by both resident macrophages of diabetic animals concomitantly stimulation by LPS
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-05-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.