• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.9.2004.tde-04022015-091115
Documento
Autor
Nome completo
Ana Carolina Ramos Moreno
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2004
Orientador
Banca examinadora
Martinez, Marina Baquerizo (Presidente)
Amaral, Tania Aparecida Tardelli Gomes do
Castro, Antonio Fernando Pestana de
Título em português
Caracterização molecular do gene fliC de Escherichia coli enterotoxigênica pela análise de seu polimorfismo de restrição
Palavras-chave em português
Escherichia coli (Estudo clínico)
Gene fliC
Microbiologia
Resumo em português
Neste estudo, mostramos a possibilidade de identificação dos AgH de ETEC pela caracterização molecular do gene fliC pela análise de seu polimorfismo de restrição. Um único alelo de fliC de ETEC foi encontrado para cada antígeno flagelar, utilizando-se a endonuclease RsaI, com exceção do H21. Além de cepas móveis, isolados imóveis também puderam ser caracterizados por essa técnica molecular. A alta tipabilidade da PCR-RFLP foi comprovada por meio de sua aplicação não só a amostras de ETEC com AgH previamente desconhecidos, mas também a outras linhagens de E. coli. Observamos que após identificação do antígeno flagelar das amostras de ETEC pela PCR-RFLP, a determinação do antígeno somático pôde ser direcionada, diminuindo assim, o número de anti-soros utilizados para a pesquisa do AgO. A técnica de PCR-RFLP, em nosso estudo, mostrou uma sensibilidade de 83% e 100% de especificidade. Esta técnica foi mais rápida na identificação do AgH de E. coli (2 dias) em comparação à sorologia clássica (7 ou mais dias, dependendo da motilidade da cepa). Acreditamos que o método de soroaglutinação para determinação do AgH será substituído rapidamente pela PCR-RFLP. Contudo, a soro aglutinação não poderá ser totalmente dispensada em curto prazo. No futuro, com o perfil molecular obtido dos alelos de cepas procedentes de estudos epidemiológicos, novos padrões serão definidos para as cepas diarreiogênicas de E. coli, permitindo o abandono da sorologia para AgH.
Título em inglês
Molecular characterization fliC gene of enterotoxigenic Escherichia coli by the restriction analysis of polymorphism
Palavras-chave em inglês
Escherichia coli (Clinical study)
FliC gene
Microbiology
Resumo em inglês
In this study, we showed that the H antigens of ETEC can be characterised by restriction analysis of the polymorphism of the fliC gene. Only one allele of the fliC gene of ETEC was found for each flagellar antigen when restriction endonuclease RsaI was used, with the exception of H21 . Additionally, non-motile strains could also be characterised using this molecular technique. The high typeability of this technique was demonstrated by the fact that it can not only be applied to ETEC samples with previously unknown H antigens but also to all other lineages belonging to the E. coli species. Moreover, the determination of the somatic antigen was guided by the identification of the flagellar antigen of ETEC strains by PCR-RFLP, thus reducing the number of anti-AgO sera used. In this study, the PCR-RFLP technique showed a sensitivity of 83% and a specificity of 100%. This technique proved to be quicker for the identification of the E. coli AgH, taking 2 days to complete, in comparison to the 7 or more days necessary when using classic serotyping. We believe that the determination of the AgH by seroagglutination will soon be substituted by the PCR-RFLP technique. However, serotyping will still have to be used in the short run, for further studies involving PCR-RFLP must be carried out. In the future, with the determination of the molecular profiles of alleles of strains obtained in epidemiological studies, new patterns will have been described for the diarrhoeagenic strains of E. coli, thus permitting the abandonment of AgH serotyping for good.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
AnaCRMoreno_M.pdf (1.47 Mbytes)
Data de Publicação
2015-02-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.