• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.9.1989.tde-07052015-112608
Documento
Autor
Nome completo
Marice Nogueira de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1989
Orientador
Banca examinadora
Baruffaldi, Renato (Presidente)
Colombo, Angelo Jose
Lopes, Jose Norberto Callegari
Título em português
Hidrolisados de carne bovina biotecnologia de obtenção
Palavras-chave em português
Biotecnologia
Carne Bovina
Carnes e derivados
Enzimas
Resumo em português
A produção de hidrolisados protéicos visam três propósitos distintos: modificar as propriedades funcionais das proteínas; preparação de pequenos peptídeos ou aminoácidos para uso em dietéticos ou com finalidades especiais e, ainda, como agentes flavorizantes. Os objetivos da pesquisa consistiram em estabelecer as condições de processamento para obtenção de hidrolisados protéicos de carne bovina: estudo da ação enzimática da papaína, da tripsina e da protease microbiana, isoladas e em mistura; determinação do material solubilizado; do grau de hidrólise nas condições pré-estabelecidas e, de algumas propriedades funcionais como viscosidade e capacidade de emulsificação e, ainda, identificação e caracterização das substâncias resultantes da hidrólise. A finalidade do estudo é a elaboração de um preparado formulado para utilização em alimentação enteral. A porção da carne conhecida no mercado pelo nome de "patinho" foi submetida a tratamento prévio para retirada de gordura visível e aponevroses e, moída. Utilizou-se a papaína, a tripsina e a protease microbiana, isoladas e em mistura (papaína : tripsina : protease microbiana, 2: 1: 2), previamente submetidas a determinação de atividade. Preparou-se uma suspensão a 10% de proteína e a valor de pH = 7,0, aqueceu-se a 50-60 °C e após a estabilização da temperatura, acrescentou-se as enzimas na proporção 1:100 de proteína. O tratamento com a mistura de enzimas promove enriquecimento do solúvel em aminoácidos essenciais. Com a papaína ocorre o inverso. O teor de aminoácidos livres existentes na carne é baixo. Em apenas 30 minutos de tratamento enzimático na média a concentração eleva-se em 5,7 vezes. Durante a hidrólise ocorre um aumento na concentração de aminoácidos livres. O aminoácido liberado em maior teor em todos tratamentos foi a arginina. O triptofano foi detectado entre os livres e os teores de fenilalanina sempre estiveram abaixo do valor proposto pela FAO. As análises eletroforéticas revelaram a progressão da hidrólise mostrando as diferentes manchas de pesos moleculares cada vez menores. O hidrolisado é um produto de alto teor de oligopeptídeos solúveis e de aminoácidos livres, isento de contaminação microbiana. Durante o transcorrer do processo hidrolítico há uma variação constante nas características do solúvel e na sua composição aminoacídica. Procedeu-se à hidrólise sob agitação durante 3 horas. Após inativação térmica e filtração determinou-se a concentração de sólidos solúveis; a avaliação do peso molecular dos peptídeos solúveis; o fracionamento por cromatografia em camada delgada e, a análise quantitativa dos aminoácidos. Ainda foram feitas medidas de viscosidade e caracterização do fluido. O produto hidrolisado seco, acondicionado em sacos plásticos, foi analisado com relação a composição química, capacidade de emulsificação de sua proteína e perfil de aminoácidos. A eficiência do ataque das enzimas sobre as proteínas da carne bovina deu-se na seguinte ordem: mistura de enzimas, seguida da papaína e da tripsina e finalmente da protease microbiana segundo os parâmetros solubilidade e grau de hidrólise. Passados 120 minutos de hidrólise nas condições de trabalho os valores de graus Brix, sólidos solúveis e grau de hidrólise mantiveram-se inalterados. Na faixa de velocidades angulares ensaiadas o hidrolisado protéico comportou-se como um fluido não-Newtoniano, pseudoplástico. A viscosidade do hidrolisado é de 1,7 a 36,0 poise a 30 °C e 2,4 a 52,7 poise a 60 °C. Os valores máximos para a viscosidade são alcançados aos 90 minutos de hidrólise. Conforme cresce a concentração de proteína solúvel, aumenta a capacidade de emulsificação de óleo de soja em agua, acarretando uma diminuição do diâmetro dos glóbulos de gordura.
Título em inglês
Hydrolysed beef - obtain biotechnology
Palavras-chave em inglês
Beef
Biotechnology
Enzimes
Meat and meat products
Resumo em inglês
The protein hydrolyzates production has three different aims: to modify the funcional properties of the proteins; the preparation of small peptides or amino acids for its use in dietetic foods or with special purposes and, also as flavoring agents. The objectives of the research consist in establishing the processing conditions in order to obtain the meat protein hydrolyzates: the study of the enzymatic action of papain, trypsin and of microbial protease, separated or in a blend; determination of the solubilized material; the degree of hydrolysis in previously established conditions, and of some functional properties such as viscosity and emulsifying capacity and, finally the identification and characterization of the resulting substances from the hydrolysis. The purpose of the study is the development of a product to be used in enteral nutrition. The cut of meat locally called patinho" was subject to previous handling in order to eliminate visible fat and aponeurosis, and ground. The papain, the trypsin and the microbial protease were used, separated or in a blend, previously subject to the determination of its activity. A 10 % protein solution was prepared with pH = 7.0, then heated at 50 - 60 °C and when the temperature was leveled, the enzymes were added to a proportion of 1:100 of protein. Then we proceeded to the hydrolysis under agitation for 3 hours. After thermic inactivation and filtration, the soluble solids concentration was determined, the molecular weight of the soluble peptides was estimated, then fractioning through thin layer chromatography and the amino acids quantity analysis. Viscosity measurement and fluid characterization were also established. The dry hydrolyzate product was stored in plastic bags and was analyzed according to chemical composition and emulsifying capacity of its protein. The effect of the enzyme action on the bovine meat protein was observed in sequence: blending of enzymes, followed by papain and trypsin and finally of the microbial protease according to solubility and degree of hydrolysis. After 120 minutes of hydrolysis under experimental conditions, the Brix degrees, soluble solids and degree of hydrolysis remained unchanged. In the angular velocity range tested the protein hydrolyzate presented a non-Newtonian, pseudoplastic behavior. The viscosity of the hydrolyzate is 1,7 - 36,0 poise at 30 °C and 2,4 - 52,7 poise at 60 °C. The maximum values of viscosity were reached at 90 minutes of hydrolysis. The increase of soluble protein concentration, increases the emulsifying capacity of soybean oil in water, bringing an a lowering of fat globules diameter. The treatment with the enzyme blend promotes an enrichment of the soluble in essential amino acids. The opposite occurs with papain. The ammount of free amino acids exhisting in meat is Low. After only 30 minutes of enzymatic treatment the ammount increases 5.7 times on average. During the hydrolysis the concentration of free amino acids grows. The most commonly found amino acids in all treatments was arginine. The tryptophan was found among the free and the phenylalanin ammounts were always bellow the FAOs proposed parameters. The electrophoretic analysis revealed the progress of hydrolysis, showing the different bands of molecular weights smaller every time. The hydrolyzate is a product of high soluble oligopeptides and free amino acids, free of microbiological contamination. During the hydrolytic process, there is a constant variation in characteristics of the soluble and its amino acidic composition.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-05-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.