• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.9.2011.tde-09022012-154027
Documento
Autor
Nome completo
Janaina Lombello Santos Donadio
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Cozzolino, Silvia Maria Franciscato (Presidente)
Fisberg, Regina Mara
Ong, Thomas Prates
Título em português
Polimorfismos nos genes da enzima glutationa peroxidase e biomarcadores do estado nutricional relativo ao selênio em população adulta de São Paulo
Palavras-chave em português
Consumo alimentar
Estado nutricional
Polimorfismos
Selênio
Resumo em português
Na maioria das doenças crônicas não transmissíveis (DCNT), consideradas atualmente um sério problema de saúde pública, o estresse oxidativo contribui muito para suas complicações. O principal sistema antioxidante nos mamíferos é o da glutationa peroxidase. Estudos recentes destacaram a relação entre polimorfismos em genes de enzimas antioxidantes e risco para tais doenças. Contudo, como ainda são escassos os dados na literatura sobre a distribuição de diferentes polimorfismos em enzimas antioxidantes na população brasileira, este trabalho se propõe a correlacionar polimorfismos nos genes da glutationa peroxidase com os biomarcadores do estado nutricional relativo ao selênio em uma população adulta. O estudo foi realizado com 124 indivíduos de ambos os gêneros, com idade entre 20 a 50 anos, sem doenças hepáticas, cardiovasculares e câncer. Os participantes responderam um questionário de informações pessoais; o consumo alimentar foi avaliado por três registros alimentares; os marcadores do estado nutricional relativo selênio foram: concentração de Se eritrocitário, Se plasmático e atividade da GPx eritrocitária; e os polimorfismos supracitados foram identificados por PCR em Tempo Real. As médias encontradas para ingestão de Se, foi de 41, I ug/d, para Se no plasma de 54,13ug/L, para Se no eritrócito 56,14ug/L e para atividade da GPx 40,15 U/gHb. Foi observada uma correlação moderadamente positiva entre o selênio no plasma e no eritrócito (r = 0,604). Separando as variáveis entre os gêneros, a média da atividade da GPx foi maior para as mulheres (F = 43,5 U/gHb e M = 34,84 U/gHb, p<0,05). Separando as médias das variáveis bioquímicas entre os diferentes SNPs, só foi encontrada uma diferença significativa para o Se eritrócito e atividade da GPx no SNP Arg5Pro no gene da GPx I, e para o Se plasma e Se eritrócito no SNP4 Pro 126Leu no gene da GPx2. Para os outros SNPs, diferenças estatísticas só foram observadas quando as médias foram separadas pelos gêneros também, e as correlações foram influenciadas tanto pelos genótipos quanto pelo gênero. Os resultados mostrados neste estudo podem ser servir de evidência para destacar a importância em saber a constituição genética dos indivíduos nos estudos utilizando as variáveis Se plasmático, Se eritrocitário e atividade da GPx, como biomarcadores do estado nutricional relativo ao selênio.
Título em inglês
Polymorfuisms Glutathione Peroxidase genes and biomakers of selenium nutritional status in healthy adults of São Paulo
Palavras-chave em inglês
Nutritional intake
Nutritional status
Polymorphisms
Selenium
Resumo em inglês
In the majority of non-communicable chronic diseases (NTCD), considered today a serious public health problem, the oxidative stress contributes much to its complications. The main antioxidant system in mammals is the glutathione peroxidase. Recent studies have highlighted the relationship between polymorphisms in antioxidant enzymes genes and risk for such diseases. However, as there are very few data in the literature on the distribution of different polymorphisms in antioxidant enzymes with the brazilian population, this study proposes to correlate polymorphisms of glutathione peroxidase with biomarkers of selenium nutritional status in a healthy population. The study was conducted with 124 individuais of both genders, aged between 20 to 50 years, without Iiver disease, cardiovascular disease, and cancer. The participants answered a questionnaire of personal information; the food consumption was assessed by three feeding records; the markers of selenium nutritional status were: concentration of erythrocytes, plasma and erythrocyte GPx activity; the polymorphisms have been identified by Real Time PCR. The averages of selenium intake were of 41.1 ug/d, for plasma selenium concentrations 54.13 ug/L, for erythrocyte selenium concentrations 56.14 ug/L and for erythrocites GPx activity 40.15 U/gHb. There was a positive moderately correlation between plasma selenium and erythrocyte selenium (r = 0.604 ). Separating the variables between genders, the average ofthe activity ofthe GPx was higher for women (F = 43.5 U/g Hb and M = 34.84 U/g Hb, p<0.05 ). Separating the averages of biochemical markers between different genotypes, there was only a significant difference in erythrocyte selenium and GPx activity in Arg5Pro (GPxl gene), and for plasma and erythrocyte selenium in Pro126Leu (GPx2 gene). For the other SNPs, statistical differences were only observed when means were separated by the gender, and the correlations were influenced by both genotypes and by gender.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-03-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.