• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.9.2013.tde-08092015-092556
Documento
Autor
Nome completo
Vivianne de Sousa Rocha
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Colli, Celia (Presidente)
Cozzolino, Silvia Maria Franciscato
Peraçoli, José Carlos
Sachs, Anita
Shinohara, Elvira Maria Guerra
Título em português
Avaliação do status de magnésio e da sua associação com o estresse oxidativo e as citocinas inflamatórias na pré-eclâmpsia
Palavras-chave em português
Estresse oxidativo
Inflamação
Magnésio
Pré-eclâmpsia
Resumo em português
O objetivo deste trabalho foi avaliar o status de magnésio (Mg) e a sua relação com o estresse oxidativo e as citocinas inflamatórias na pré-eclâmpsia (PE). Participaram do estudo, 18 gestantes saudáveis (controle - CT) e 18 gestantes com PE, diagnosticadas com pressão arterial >= 140/90 mmHg, proteinúria >= 0,3 g/24 h e sem doenças associadas. Sangue e urina de 24 horas foram coletados para análise de status de Mg, estresse oxidativo [malondialdeído (MDA), 8-isoprostano urinário e a atividade antioxidante das enzimas catalase (CAT) e glutationa peroxidase (GSH-Px)], a concentração de óxido nítrico (NO), e das citocinas inflamatórias [proteína C reativa, interleucina 6 (IL-6) e fator de necrose tumoral (TNF-α)]; Foi aplicado um questionário quantitativo de frequência alimentar para gestantes. As comparações entre os grupos foram feitas pelos testes Qui-quadrado, t-Student ou Mann Whitney. O coeficiente de correlação de Spearman foi usado para verificar associação entre as variáveis. A análise do Receiver Operating Characteristic (ROC) foi realizada para identificar as variáveis que melhor discriminassem os grupos (α=5%). As concentrações de Mg plasmático e eritrocitário, bem como a concentração de NO, a atividade da CAT e as concentrações de TNF-α e IL-6 foram maiores na PE do que no CT. Associações positivas entre o Mg plasmático e a proteinúria (p=0,04), o TNFα (p=0,03) e a IL-6 (p=0,02) foram verificadas; associações negativas foram encontradas entre a atividade da CAT e a concentração de 8-isoprostano urinário (p=0,02) e entre a atividade da GSH-Px e os níveis de pressão arterial diastólica (p=0,01). A análise ROC mostrou que o Mg plasmático e o TNF-α foram as variáveis que mellhor discriminaram as gestantes com PE das CT. Os resultados mostraram que o estresse oxidativo não foi evidente na fisiopatologia da PE, possivelmente devido aos mecanismos antioxidantes compensatórios do organismo. A inflamação e os eventos inerentes à PE, como vasoconstrição, podem ter promovido as alterações no status de Mg.
Título em inglês
Assessment of the magnesium status and its association with oxidative stress and inflammatory cytokines in preeclampsia
Palavras-chave em inglês
Inflammation
Magnesium
Oxidative stress
Preeclampsia
Resumo em inglês
The aim of this study was to assess the magnesium (Mg) status and its relationship with oxidative stress and inflammatory cytokines in preeclampsia (PE). Were included 18 healthy pregnant women (CT- control) and 18 PE, diagnosed with blood pressure >= 140/90 mmHg, proteinuria >= 0,3 g/24 h, and without other diseases. Blood and 24h urine were collected for analyses of the Mg status, oxidative stress [malondialdehyde (MDA), 8-isoprostane urinary and activities of the antioxidant enzymes: catalase (CAT) and glutathione peroxidase (GSH-Px)], nitric oxide (NO) and inflammatory cytokines concentrations [protein C reactive, interleukin 6 (IL-6), tumor necrosis factor-α (TNF-α); Furthermore, a quantitative food frequency questionnaire was applied to pregnant women. The comparisons between groups were done by Chi-square, t-Student or Mann Whitney tests. Spearman correlation coefficient was used to verify association among variables and the Receiver Operating Characteristic (ROC) analysis was performed to identify variables that better discriminated the groups (α = 5 %). The Mg concentration, in plasma and in erythrocyte, as well as NO concentration, CAT activity and TNF-α and IL-6 concentrations were higher in PE than CT group. Positive associations between plasma Mg and proteinuria (p=0,04), TNF-α (p=0,03) and IL-6 (p=0,02) were verified; Negative associations were found between CAT activity and 8-isoprostane urinary concentration (p=0,02) and between GSH-Px activity and diastolic blood pressure levels (p=0,01). ROC analyses showed that plasma Mg and TNF-α were the variables which better discriminate pregnant women with PE from CT. The results showed that oxidative stress was not evident in physiopathology of PE, possibly due to compensatory antioxidant mechanisms present in the body. The inflammatory and the events inherent to PE, such as vasoconstriction, possibly have promoted changes in Mg status.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Liberação
2017-09-07
Data de Publicação
2015-09-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.