• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Adriana Hitomi Matsuda
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Muradian, Ligia Bicudo de Almeida (Presidente)
Bastos, Deborah Helena Markowicz
Nascimento, Elizabeth de Souza
Título em português
Caracterização e controle de qualidade de própolis proveniente de diversas regiões do Brasil
Palavras-chave em português
Produtos naturais (Controle de qualidade)
Própolis (Controle de qualidade)
Resumo em português
A própolis é uma resina de coloração e consistência variada coletada por abelhas da espécie Apis Mellifera de diversas partes da planta como brotos, botões florais e exsudados resinosos, sendo transportados para a colméia com a finalidade de defesa e vem se destacando por suas atividades terapêuticas, como atividade antimicrobiana, antiinflamatória, cicatrizante, anticaríogênica e anticancerígena. Estudos realizados com a própolis brasileira mostraram a presença de muitos compostos fenólicos, sendo o mais recente, a identificação de derivados prenilados do ácido cumárico. Dentre estes, o mais estudado é o ácido 3,5-diprenil-4hidroxicinâmico (Artepillin-C), separada da própolis produzida em áreas cuja flora é rica em espécies de Baccharis. A sua quantificação tem se tornado um fator importante como indicador da qualidade da própolis brasileira. O objetivo deste estudo foi o desenvolvimento e a validação do método de determinação de Artepillin-C, assim como a caracterização e quantificação dos principais parâmetros relacionados ao controle de qualidade da própolis preconizada pela legislação brasileira vigente, foram realizadas análise de: umidade, cinzas, teor de cera, teor de massa mecânica, teor de sólidos solúveis em etanol, índice de oxidação, f1avonóides totais e fenólicos totais. O trabalho foi complementado com análise polínica e determinação da atividade antioxidante Amostras de própolis foram obtidas de apicultores e entrepostos totalizando 33 amostras procedentes das regiões Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul do Brasil, no período de 2003 a 2005. As amostras de própolis analisadas apresentaram resultados, na quase totalidade, de acordo com os limites estabelecidos pelo Ministério da Agricultura. A maioria das amostras apresentou alta atividade antioxidante inibindo a oxidação da reação acoplada de β-caroteno a ácido linoléico em torno de 86,0%. O método de análise de Artepillin C atendeu a todos os parâmetros preconizados para a validação do método cromatográfico (linearidade, precisão, exatidão, limite de detecção e limite de quantificação) podendo ser recomendado para análise de rotina em laboratórios de controle de qualidade. A análise estatística mostrou uma forte correlação entre os seguintes parâmetros: cinzas e massa mecânica; compostos fenólicos e solúveis em etanol assim como os compostos fenólicos e atividade antioxidante. Também foi constatada uma variação nos valores dos outros parâmetros analisados em função da procedência das amostras de própolis.
Título em inglês
Identification and quality control of propolis from several regions of Brazil
Palavras-chave em inglês
Natural products (Quality control)
Propolis (Quality control)
Resumo em inglês
Propolis is a resin of varied color and consistency collected by honeybee, Apis Mellifera, from several parts of the plant such as sprouts, f10wer buds and resinous exsudatos, being transported to the hive with the intent of defending and it has become really popular for its therapeutic properties, such as antimicrobial, anti inflammatory, healing anti-carcinogenic and anti-cancerigenous properties. Studies performed with the Brazilian propolis showed the presence of several phenolic compounds, as the most recent brings the identification of prenyl derivative of coumaric acid. Among them, the most studied one is 3,5-diprenyl-4-hydroxycinnamic acid (Artepillin-C), isolated from the propolis produced in areas which flora is rich in Baccharis species. Its quantification has become an important factor as indicator of Brazilian propolis quality. The aim of this study was to develop and validate a method to determine Artepillin-C, as well the identification and quantification of main parameters related to quality control of propolis forecasted in the current Brazilian regulation (moisture, ashes wax content, mechanic matter, content of solid soluble in ethanol, oxidation rate, total f1avonoid and total phenolic).The polinic studies and antioxidant activity determination were also performed to complement this work. Propolis samples were obtained from beekeepers and warehouses summing up 33 samples from the Northeast, Southeast, Mid-West and South of Brazil from 2003 to 2005. The propolis samples studied presented results which were almost all in accordance to the set limits by the Brazilian Agriculture Department. Most samples presented high antioxidant activity preventing oxidation from the coupled reaction of βcarotene to linoleic acid around 86,0%. The analysis method for Artepillin C addressed all the forecasted parameters for the validation o f the chromatographic method (linearity, precision, accuracy, detection limit and quantification limit) as it can be recommended for the routine analysis in labs to control quality. The statistics showed a strong relationship between the following parameters: ashes and mechanic matter; phenolic compounds and soluble in ethanol as well as phenolic compounds and antioxidant activity. It was also observed a variation in the figures for other studied parameters due to the origin of propolis samples.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-11-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.