• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.9.2016.tde-08112016-123111
Documento
Autor
Nome completo
Luana Jorge de Sousa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Genovese, Maria Ines (Presidente)
Cogliati, Bruno
Pereira, Isabela Rosier Olimpio
Título em português
Efeito dos compostos fenólicos do fruto camu-camu (Myrciaria dubia (H. B. K.) Mc Vaugh) na doença hepática gordurosa não alcoólica (DHGNA) em camundongos
Palavras-chave em português
Camu-camu
Compostos fenólicos
DHGNA
Dislipidemia
Esteatose
Resumo em português
A incidência da obesidade tomou proporções epidêmicas nos últimos anos, atingindo bilhões de indivíduos mundialmente. A DHGNA é uma manifestação hepática das alterações metabólicas causadas pela obesidade e os casos desta doença vêm crescendo cada vez mais. Alternativas capazes de reduzir estas alterações são fundamentais para minimizar o impacto na qualidade de vida da população e na economia do país. Diversos estudos têm mostrado que os compostos bioativos de alimentos possuem efeitos benéficos à saúde. O camu-camu (Myrciaria dubia (H. B. K). Mc Vaugh) é um fruto nativo da região amazônica com potencial agroeconômico ainda inexplorado, que contém um grande número de compostos fitoquímicos que podem atuar sobre o metabolismo corporal. Desta forma, o objetivo deste estudo foi avaliar o efeito dos compostos fenólicos do camu-camu no desenvolvimento da DHGNA em camundongos C57BL/6 que receberam dieta rica em lipídios e sacarose (HFS). O extrato rico em compostos fenólicos da polpa comercial deste fruto foi obtido através de extração em fase sólida e caracterizado por cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE/DAD). Os extratos obtidos foram testados em doses de 7 mg e de 14 mg equivalentes de ácido gálico/Kg de peso corporal. Foram investigados os efeitos destes compostos sobre as homeostases glicídica e lipídica através de análises séricas, testes de tolerância à insulina e à glicose e conteúdo de glicogênio e triacilglicerol intra-hepático. O extrato do camu-camu apresentou flavonóis, ácido elágico e elagitaninos em sua composição. A suplementação com extrato fenólico de camu-camu diminuiu a intolerância à glicose, independente da dose administrada, e melhorou a sensibilidade à insulina e regulou o conteúdo de glicogênio intra-hepático na maior dose. Não foi observado efeito sobre os lipídios plasmáticos. Entretanto, nota-se que houve uma melhora na função hepática em decorrência da redução da atividade da alanina aminotransferase (ALT), indicadora de dano celular, independente da dose. Além disso, a suplementação com extratos fenólicos do camu-camu na maior dose reduziu o conteúdo de triacilglicerol intra-hepático (p = 0,0001) e de biomarcadores inflamatórios, como Proteína - C Reativa (PCR) (p = 0,0359) e prostaglandina E2 (PGE2) (p = 0,004). Estes efeitos foram associados, principalmente, à menor ingestão alimentar. Portanto, neste estudo, os compostos fenólicos do camu-camu foram eficientes em prevenir a progressão da DHGNA em camundongos alimentados com dieta HFS.
Título em inglês
Effect of camu-camu fruit phenolic compounds (Myrciaria dubia H. B. K. Mc Vaugh) on nonalcoholic fatty liver disease (NAFLD) in mice.
Palavras-chave em inglês
Camu-camu
Dyslipidemia
NAFLD
Phenolic compounds
Steatosis
Resumo em inglês
Obesity has reached epidemic proportions in recent years, affecting billions of people worldwide. Nonalcoholic fatty liver disease (NAFLD) is a hepatic disorder induced by the metabolic changes caused by obesity and its incidence has been growing increasingly. Alternatives designed to reduce such changes are crucial to minimize their impact on the population´s quality of life and countries economy. Several studies have shown that food bioactive compounds have beneficial effects on health. Camu-camu (Myrciaria dubia (H. B. K.) Mc Vaugh) is a native fruit from Amazonan, with unexplored agroeconomic potential, which contains a large number of phytochemical compounds that can act on body metabolism. Therefore, this study was designed to assess the effect of the phenolic compounds of camu-camu in the development of NAFLD in C57BL/6 mice fed with a lipid and saccharose-rich diet (HFS). The phenolic compound-rich extract was obtained from the commercial pulp of this fruit using solid-phase extraction and high-performance liquid chromatography with diode array detector (HPLC/DAD). The resulting extracts were tested at 7 mg and 14 mg gallic acid equivalents/kg body weight. The effects of these compounds on glucose and lipid homeostasis were investigated by serum analyses, insulin and glucose tolerance tests and intrahepatic content of glycogen and triacylglycerol. Camu-camu extract presented flavonols, ellagic acid and ellagitannins in its composition. Supplementation with camu-camu phenolic extract decreased glucose intolerance, regardless the dose, improved insulin sensitivity and normalized the intra-hepatic glycogen content at the highest dose. No effects on plasma lipid were found. However, an improvement in liver function due to the decrease in alanine aminotransferase (ALT) was observed, suggestive of cell damage, regardless the dose. Moreover, the supplementation with phenolic extracts of camu-camu at the highest dose decreased the intrahepatic content of triacylglycerol (p = 0.0001) and inflammatory biomarkers, such as C-reactive protein (CRP) (p = 0.0359) and prostaglandin E2 (PGE2) (p = 0.004). Such effects were primarily associated with lower food intake. Therefore, in this study, the phenolic compounds of camu-camu have shown to be effective in preventing the progression of NAFLD in mice fed with HFS (high-fat/sucrose) diet.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-12-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.