• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Gisele Wendeborn Marçon Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Ribeiro, Sandra Maria Lima (Presidente)
Fisberg, Regina Mara
Previdelli, Ágatha Nogueira
Silva Junior, Clóvis Alexandrino da
Título em português
Associação entre sintomas depressivos e aspectos nutricionais em idosos residentes do município de São Paulo: um estudo de base populacional
Palavras-chave em português
Aspectos nutricionais
Depressão
Idosos
Sintomas depressivos
Resumo em português
Introdução: Depressão ou morbidade depressiva, é uma doença mental complexa que inclui diferentes fenótipos e sintomas, com desfechos negativos na saúde. Os diferentes distúrbios psiquiátricos, assim como a presença de sintomas depressivos, têm sido associados a dieta e hábitos alimentares. Objetivos: Investigar a associação entre sintomas depressivos e aspectos relacionados ao estado nutricional e alimentação, em idosos residentes na da Zona Oeste do município de São Paulo. Métodos: O presente estudo é epidemiológico, transversal, de base comunitária, com 2.643 idosos com idade igual ou superior a 60 anos. Foram consideradas como variáveis: a- Dependente: Sintomas Depressivos pela escala proposta pelo Centro de Estudos Epidemiológicos para identificação de sintomas depressivos (CES-D); Variáveis independentes (preditores): Estado nutricional a partir das medidas antropométricas (peso e altura com posterior cálculo do IMC, e circunferência da cintura); Respostas a algumas questões relacionadas ao hábito de consumir determinados alimentos ou grupos de alimentos, e hábito de fazer as refeições diárias. Foram ainda avaliadas as variáveis relacionadas a presença de doenças crônicas (hipertensão, diabetes e hipercolesterolemia); características sócio econômicas e demográficas (critério de Classificação Econômica Brasileira (CCEB). As variáveis foram analisadas por regressão logística binária, adotando significativos os valores de p <0,05. Resultados: Foi encontrada uma prevalência elevada de sintomas depressivos (38%); associaram-se positivamente aos sintomas depressivos o hábito em consumir frutas, feijões, leites e derivados, azeite, água e vinho. Após ajustes pelas variáveis clínicas, socioeconômicas e demográficas, permaneceram significantes no modelo final o hábito em consumir leites e derivados, azeite e vinho; o hábito em realizar o almoços e jantar; relatar a presença de HAS; pertencer ao sexo feminino e estar divorciado ou separado. Conclusões: O presente estudo mostrou a existência de associações significativas entre sintomas depressivos e o hábito em consumir determinados alimentos (leite e derivados, azeite e vinho). Porém tais dados ainda não são totalmente conclusivos para a população brasileira. Novos estudos fazem-se necessários para esclarecer a relação entre o hábito em consumir determinados grupos de alimentos e a chance em desenvolver sintomas depressivos em idosos.
Título em inglês
Association Between Depressive Symptoms, Nutritional Aspects of Elderly Residents of a City of São Paulo: A Population-Based Study
Palavras-chave em inglês
Depression
Depressive symptoms
Elderly
Nutritional sspects
Resumo em inglês
Background: Depression or depressive morbidity is a complex mental disease that includes different phenotypes and symptoms, with negative health outcomes. The different psychiatric disorders, as well as the presence of depressive symptoms, have been associated with diet and eating habits. Aims: To investigate the association between depressive symptoms and aspects related to nutritional status and feeding, of elderly residents from the West Zone of the city of São Paulo. Methods: The present study is a cross-sectional, community-based epidemiological study with 2,643 elderly individuals aged 60 or over. The following variables were considered: a-) Depedemt: Depressive Symptoms by the scale proposed by the Center for Epidemiological Studies to identify depressive symptoms (CES-D); Independent (predictors): Nutritional status from anthropometric measures (weight and height with subsequent calculation of BMI, and waist circumference); Answers to some questions related to the habit of consuming certain foods or food groups, and habit of making daily meals (Brazil, 2006). The variables related to the presence of chronic diseases (hypertension, diabetes and hypercholesterolemia) were also evaluated; Socioeconomic and demographic characteristics (Brazilian Economic Classification, CCEB) (ABEP, 2011). The variables were analyzed by binary logistic regression, adopting significant values of p <0.05. Results: There was found a high prevalence of depressive symptoms (38%); The habit of consuming fruits, beans, milks and derivatives, olive oil, water and wine were positively associated with depressive symptoms. After adjusting for the clinical, socioeconomic and demographic variables, the habit of consuming milk and derivatives, olive oil and wine remained significant in the final model; The habit of holding lunch and dinner; Have HAS; Belong to the female sex and be divorced or separated. Conclusions: The present study showed the existence of significant associations between depressive symptoms and eating habits (milk and dairy products, olive oil and wine). However, these data are not yet fully conclusive for a Brazilian population. New studies are needed to define a relationship between the habit and consumption of food groups and a chance to develop depressive symptoms in the elderly.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-09-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.